Briga de galo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sonic VS. Mario.JPG K.O!

Este artigo envolve algo relacionado a brigas. Se você é homem o suficiente para encarar, vá em frente, mas não se esqueça de levar gelo!


Briga de Galo (não confundir com rinha de galo, que é aquele jogo muito apreciado pelo Duda Mendonça que põe galos de verdade pra se matarem) é um saudável esporte aquático, normalmente praticado durante churrascos. Para uma partida, normalmente é necessário um mínimo de quatro pessoas (nunca menos que isso, embora seja possível um número maior de participantes - existem registros de partidas envolvendo até doze pessoas, quando a Briga de Galo se transforma numa agradável suruba aquática).
Briga de galos de verdade, que não permite a mesma diversão de sua modalidade aquática


Fundamentos[editar]

Briga de Galo, o filme.

(extraídos do livro Briga de Galo para Dummies)

Para a prática do esporte, os participantes devem se organizar em duplas (de no máximo dois componentes) e estar dentro de um local que contenha água, como uma piscina ou um lago. Os integrantes de cada dupla devem, então, subir um nos ombros do outro e tentar derrubar na água o integrante da(s) dupla(s) adversária(s) que estiver em cima. Quem fizer isso primeiro é o vencedor.

Atenção! As seguintes dicas podem aumentar suas chances de um divertimento sadio:

  1. Para facilitar seu colega a subir nos seus ombros, fique abaixado. Evita o risco de ele partir seu pescoço escalando suas costas. Depois que ele estiver bem acomodado, fique em pé - a não ser que consiga respirar embaixo d'água.
  2. Se for ficar por baixo, procure um lugar em que consiga manter pelo menos a cabeça (aquela parte do seu corpo em cima do seu pescoço) fora d'água. A brincadeira fica bem mais divertida se você não se afogar.
  3. Se for ficar em cima, tenha consideração com seu colega: não leve mais que quarenta segundos para acomodar-se, sob o risco dele ir brincar de Briga de Galo no Céu.
  4. Procure só levantar alguém que tenha peso igual ou inferior ao seu. Excesso de peso sobre a coluna vertebral (esse conjunto de ossinhos que você tem no meio das suas costas) pode fazer com que você só possa brincar de Corrida em Cadeira de Rodas.
  5. Nunca, mas nunca mesmo pratique Briga de Galo numa Piscina de 1000 litros, apesar de o esporte ser essencialmente praticado por pobres. Uma queda pode ser fatal.


O verdadeiro objetivo da Briga de Galos[editar]

Galo sendo treinado para briga.

Tudo bem que sempre é divertido ver alguém se esborrachando na água ou batendo a cabeça na borda da piscina (ou em pedras, se você estiver lutando no mar). Porém, muito mais interessante é ter uma bela garota sentada sobre seus ombros, enquanto você segura em suas coxas e mantém o centro do amor da garota que é sua adversária em seu campo de visão. Por isso, Briga de Galo é um passatempo sempre bem cotado em churrascos de universidade ou em festas de fim de ano.

O quê? Você sempre brinca com seu amiguinho nas suas costas?

Cquote1.png Tu num é um cara cabrêro, meu! Cquote2.png
Boça sobre você

Modalidades[editar]

Dependendo de quem está participando, existem três modalidades de Briga de Galo:

  1. Mista: participam homens e mulheres (normalmente, com elas por cima);
  2. Masculina: participam somente homens (também conhecida como "segura-cipó");
  3. Feminina: participam somente mulheres. Pode ser praticada também num ringue coberto de lama ou de gel.

Origens[editar]

Como quase tudo que conhecemos, a Briga de Galo teve origem na Grécia Antiga. Na edição original de seu livro O Boquete O Banquete, o filósofo Platão relata uma experiência muito semelhante às Brigas de Galo atuais, vivida numa praia deserta do Mar Gemeu Egeu com outros três filósofos.
Aristóteles (atrás) e Sócrates comemorando um momento de bola dentro

Segundo Platão, depois de comerem (pela boca) bastante churrasco de carneiro e tomarem (pela boca - é sempre bom esclarecer quando se trata de filósofos) muito vinho, ele, Aristóteles, Sócrates e Harripóteres, o Desconhecido, resolveram se divertir nas águas. As túnicas brancas que vestiam logo se tornaram transparentes e pensamentos de safadeza invadiram as mentes do fantástico quarteto.

Harripóteres então sugeriu: Πλαίσιο επιτραπέζιου χρώματος ύφους σκυλιών que, em grego, significa algo como Vamos montar um no ombro do outro (por enquanto, só no ombro) e ver quanto tempo conseguimos manter essa formação! Os outros três aceitaram a ideia e começaram a trepar (opa!) nas costas dos colegas.

A falta de experiência circense fez com que a tentativa não desse certo. Resolveram então repeti-la em duplas, o que funcionou melhor. Assim, Platão sentou nos ombros de Harripóteres e Aristóteles, no de Sócrates. Ficaram assim por algum tempo, até que Aristóteles, só de sacanagem, resolveu derrubar Platão. Ele ainda lutou para permanecer em seu lugar, mas foi vencido e caiu de bruços na areia. Vendo-o naquela posição, a equipe vencedora resolveu obter ali mesmo seu prêmio.

Mas por que esse nome?[editar]

Assim como os filósofos gregos, o escritor inglês Oscar Wilde foi também um adepto da Briga de Galo Masculina. Como ele e seus amigos costumavam praticar o esporte nus, o objetivo era mesmo um agarrar no piu-piu do outro. Por isso, costumavam referir-se a ele como Cock Fight (em português, Briga de Pirocas). No entanto, como Cock também pode significar "Galo", preferiu-se essa versão para não ofender as famílias.


Ver também[editar]


v d e h