Brigada de Operações Especiais (Exército Brasileiro)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...O Exercito, Aeronaltica, Marinha, tem arsenais secretos que assustam até o Demo?

Cquote1.pngVocê quis dizer: Forças Especiais GinyuCquote2.png
Google sobre Brigada de Operações Especiais (Exército Brasileiro)
Cquote1.pngVocê quis dizer: Comandos em AçãoCquote2.png
Google sobre Brigada de Operações Especiais (Exército Brasileiro)
Cquote1.png SELVA! Cquote2.png
FE sobre qualquer coisa
Cquote1.png Gringo aqui não entra... Cquote2.png
FE sobre americanos, franceses, israelenses, e outros, sobre o curso de FE
Cquote1.png Na cara não.. para não estragar o velório.. Cquote2.png
Baiano sobre FE
Cquote1.png Nem vi.. Cquote2.png
Oscar Wilde sobre levar um hs de facada voadora lançada a 20m da escuridão por um FE
Cquote1.png Você traiu o movimento.. DESCULPA DESCULPA!!! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre FE
Cquote1.png Já pedi para Deus para não deixar nenhum morrer.. não quero essa porra aqui não! Cquote2.png
Capeta sobre FE
Cquote1.png Ele está morto! Cquote2.png
Inimigo sobre ele mesmo
Cquote1.png O que você chama de inferno.. ele chama de casa.. Cquote2.png
Coronel Trautman sobre FE
Cquote1.png Counter Terrorists wins! Cquote2.png
Aviso tosko do cs sobre FE
Cquote1.png Era pra ser um artigo engraçado e não baba-ovo... Cquote2.png
Leitor sobre FE

Soldados das Forças Especiais num dia tranquilo

A Brigada de Operações Especiais do Exército Brasileiro, quase que completamente desconhecida, porém bastante perigosa, é a elite das Forças Armadas Brasileiras. A Bda Op Esp é a maior força especial da América Latrina, e dentro dela comporta-se dois batalhões: o 1o Batalhão de Ações de Comandos, mais conhecidos como Comandos em Ação (Não, não funiconou? Não lembra não aqueles bonequinhos... Tá bom) ou como "Caveiras" um nome mais desgastado no ramo militar que bota de recruta; e o 1o Batalhão de Forças Especias, parece redudante, não? Mas não é, depois explico; e também, um monte de destacamentos e outras coisas administrativas que ninguém liga se existe, ou não.

Tabela de conteúdo

[editar] Nomenclatura

O Comando de Operações Especiais não é COE, deixa essas siglas para Polícia Militar, é COpEsp, o 1o Batalhão de Forças Especiais NÃO É 1-BFE, é 1oBFEsp. O 1o Destacamento de Contra Terrorismo não é DCT, isso sôa como algo ruim sexualmente transmísivel... Chame-o de DescConTer, agora, o 1o Batalhão de Ação de Comandos é 1oBAC mesmo...

Acho que o exércíto deveria ter passado por um departamento de publicidade e propaganda antes de inventar esses nomes... Os Comandos são Comandos mesmo, os Forças Especiais são Forças Operacionais Especiais, o que segundo meu tio FE os FE é uma grande diferença... Para mim não faz nenhuma, é só mais coisas técnicas para te irritar.

[editar] Os Comandos

Operadores de Comandos do Exército, eles precisam de máscras para proteger a identidade.

Cquote1.png Essa galerinha da pesada irá infernizar uma galera do mal, aprontando altas e boas atrás das linhas inimigas fazendo um Deus nos acuda na casa dos bandidos Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre Comandos

Os Comandos do exército brasileiro são inspirados nos Rangers americanos, que se inspiraram nos britânicos, que se inspiraram nos sul-africanos da tribo Boer. Funciona como uma infantaria leve, ou seja, não aceitam obesos, que realizam as missões mais difíceis e em terreno mais perigoso.

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...o Exercito Brasileiro mantém essa brigada em sigilo para pegar você de surpresa e fazer aquele Créu?

Eles são treinados básicamente em: coisas de infantaria, sabotagem, técnicas de invadir alguma coisa em algum lugar e técnicas de inteligência; isso inclui tortura, interrogatório e assitir Zorra Total e A Praça É Nossa ineterrupitamente por 24 horas. Fica claro que só quem passa no treinamento de Commandos é macho, macho de verdade. São especialistas em "Ação Direta", termozinho que quer dizer "foder o inimigo de qualquer jeito(de preferência o mais brutal), de forma que soldados comuns não foram treinados".

Os Comandos, são treinados para levar a guerra - portanto não têm nem ideia do que se significa defender-se e não é incomum agirem feito um Rambo ou coisa parecida, isso porque eles são ensiandos a acharem que são Chuck Norris, algo que o campo de batalha acaba mostrando que não é verdade da pior forma possível.

De forma geral, os comandos servem para infernizar o inimigo física e psicologicamente, o objetivo deles é isso, eles atacam a infra-estrutura inimiga por um lado, pelo outro, por cima, por baixo, por fora, por dentro, de dentro para fora, de fora para dentro, da direita para esquerda, da esquerda para cima e de várias combinações de uma forma que o inimigo não saiba onde se defender, aliviando a barra para os infantes normais e sem-graça penetrarem nas linhas inimigas. Uma característica fundamental, suas operações são implacavéis, rasteiras e de curta duração.... Ufa!

[editar] As Forças Especiais

Operadores de Forças Especiais, estes não precisam de máscaras para proteger a identidade

Cquote1.png Tenho medo... Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde

As Forças Especiais do Exército Brasileiro são inspirados nos Green Berets (Boinas-verdes para quem não sabe) do exército estadunidense, em geral, ninguém explica direito como funcionam, talvez seja porque são secretas (ou talvez não). FEs são unidades especializados em fazer guerra irregular, como guerrilha e contra-guerrilha. Ou seja, eles não têm regras. Ao contrário dos Comandos, que vencem o inimigo cansando ele, os FE vão vencê-los destruindo a capacidade de reação (tô me sentindo quase um soldado agora). As Forças Especiais (FE) são treinadas para fazer guerra psicológica.

Cquote1.png mediunidade? Cquote2.png
Leitor Aloprado

Não, não, eles não são médiuns... Ou seja deixa o inimigo desistimulado, destruindo o que eles acham que tem de melhor (Não, não tem nada haver com SEXO)... Obviamente, um FE tem que ser mais treinado que um Comandos. O Brasil levou isso a sério, e no exército brasileiro você só pode entrar na FE se for um Comandos condecorado(tava demorando para gente acertar né?).

Os FE agem atrás das linhas inimigas, sem frente de combate definida, em locais onde não há distinção de amigo e inimigo; os FE não recebem apoio dos amiguinhos; eles se viram, dão seus pulos, e podem passar meses em missões de longa duração, passando maus bocados e comendo coisas que nem Bear Grylls aguentaria. São especialistas em tudo relacionado a matar, não só para praticar, mas são capazes de treinar outros também. Aprendem a usar tudo como arma, de shuriken à Mico Azul, passando por cigatinhos explosivos. Como já disse, agem em grupos pequenos e solitários. As missões, são:

  • Várias ações diretas ao longo de um período, organizadas de dentro do território inimigo,
  • Inteligência, vigilância e reconhecimento especial (para mim é tudo a mesma coisa)
  • Ações psicológicas
  • Eliminação de alvos ditos como importantes
  • Guerra não convencional, ou Irregular.

[editar] História

Os brasões do COpEsp do Exército. A elite do exército, o 1 B A C os "faca na caveira" e a elite da elite do exército, os 1 B F Esp os... "Faca no Paraquedas"?

O Comando de Operações Especiais (COpEsp), foi criada em 2002, foi planejada inicialmente para ser instalada na cidade do Rio de Janeiro, porém com medo de que por baixos salários, alguns soldados debandasse para o lado de lá do Rio de Janeiro em setembro de 2003, sua sede foi alterada para Goiânia, com sua primeira grande operação, roubando as instalações da 3ª Brigada de Infantaria Motorizada. Além disso a capital de Goiás foi escolhida, após a conclusão de minuciosos estudos comparativos que incluíram vários outros municípios, mas todos foram desclassificados:

Nesse caso, Goiânia foi selecionada em razão de sua privilegiada posição geográfica, já que fica extamente no meio do Brasil (medidas que o Exército conseguiu com exatidão, usando réguas e conscritos no ano de serviço obrigatório), pela existência de dois aeroportos nas proximidades dos aquartelamentos (Aeroporto Internacional Santa Genoveva e Base Aérea de Anápolis), que não atrasam os voos e permitem mobilização imediata para qualquer parte do país e pela proximidade da Capital Federal (já imaginou ir de avião para proteger Brasília..? Estaríamos fodidos).

Atualmente, o Comando de Operações Especiais se encontra com 12 bandas sertanejas, foi um efeito colateral com a escolha da cidade, porém o nível operacional da unidade, continua alto o qual é reconhecidamente equiparável ao das melhores e mais treinadas tropas do mundo. Entre os amiguinhos de nossos operadores, encontram-se os afamados Boinas Verdes, que durante as férias fazem fila para poder ter intercâmbio com os brasileiros, e é comum haver showzinhos de Coun-nejo, uma mistura de Country e Sertanejo, fechado para familiares.

[editar] Treinamento

Operador indo durmir no alojamento, o treinamento nunca para
Operadores na fila do refeitório, o treinamento nunca para

O Brasil é um país pacífico, por isso mesmo os nossos super soldados tem uma palavra que idolatram: Treinamento. Os soldados estão 24 horas por dia, 7 dias por semana, 4 semanas por mês, 12 meses por ano, o tempo inteiro "em treinamento". Dizem a prática leva a perfeição, se isso é verdade, o Brasil tem a melhor força especial do mundo nunca em ação de todos os tempos!

Os soldados tentam sempre adaptar seu treinamento as tarefas de seu cotidiano. Nesse processo, ir para o alojamento pode se tornar uma "simulação de contra-terrorismo". A fila do refeitório é aproveitada para se rever os tópicos sobre "avanço tático em fila indiana", entre os cozinheiros, a simples escolha da comida do dia se torna em uma operação de "caça e escaramuça".

Para alcançar a maestria nas táticas especiais os BFEsp e os BAC treinam com os melhores do mundo; americanos, israelenses, ingleses, colombianos e bopeianos. O Destacamento de Contra Terrorismo por exemplo treina em Israel durante 2 meses, os destacamentos de Comandos para "Contra-Guerrilha" fazem treinos na Colômbia. Os soldados de Ação Direta dos destacamentos de "Força de Operações Especiais" treinam nos EUA. E obviamente, os soldados de "Combate Urbano" são treinados no Rio de Janeiro, a quem diga que depois do Haiti, o Exército Brasileiro ficou melhor que o BOPE - só não sabemos o ponto de referência da comparação, já que com a variante do ponto de vista, isso pode significar algo melhor ou pior. Além disso, os soldados são treinados para combater na selva, no cangaço, na caatinga, na montanha, na montanha russa, no parque de diversões, no Aerolula, no inferno, enfim, em qualquer lugar acessível(ou não) ao ser-humano dentro ou fora de nosas fronteiras.

A ideia da Brigada está sempre pronta para agir, em qualquer lugar, em qualquer hora, de qualquer jeito. Talvez a versatilidade da força seja uma herança do jeitinho brasileiro de sempre arranjar um modo de fazer as coisas. Torcemos para que funcione quando precise...

[editar] Galeria de Fotos

[editar] Ver Também

[editar] Ligações Externas

Forças Militares Brasileiras
Nuclear-explosion.jpg

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas