Brinquedo Assassino

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
SBTTV.JPG Este artigo é coisa da ex-vice maior audiência do mundo! Seu programa é chato e ruim, dá menos audiência que o Vídeo Show e usa os produtos Jequiti. Se vandalizar, você será forçado a aguentar a Camila Uckers no programa da Eliana. Conheça outros plágios mal-disfarçados clicando aqui.
Night creature.JPG Brinquedo Assassino surgiu das trevas!!

E à meia-noite vai levar a tua alma!

Puro osso.gif


Placa80.svg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 80's!
Provavelmente ele se refere a coisas daquela época, tais como Atari 2600, Balão Mágico e Plano Cruzado.

Cquote1.png Onde já se viu uma pessoa normal fazer isso? Cquote2.png
Sílvio Santos sobre Maísa, o Brinquedo Assassino

Cquote1.png Você quis dizer: Coisa costurada Cquote2.png
Google sobre Boneco Assassino

Olhar de Chucky querendo me matar.


Chucky não é um "Cara Legal", apesar de sua embalagem afirmar isto.


Brinquedo Assassino é uma série de filmes de terror onde um boneco ganha vida própria e vive tirando a dos outros. A história conta que "Chucky" - o protagonista e serial killer da série - passava muito frio no natal e ao ver o Papai Noel chegando pediu para ser um menino de verdade, mas o bom velhinho deu-lhe uma manta! Insatisfeito com isso, matou o bom velhinho a facadas e queimou tudo quanto era resto de brinquedo. Só o sino do "bom-velhinho" ficou intacto mas como Chucky era o "Mal-encarnado" o queimou também alimentando a fogueira que fizera, e saciando assim sua sua sede de matança e seu frio exterior (corporal). Daí, podemos dar sequência a diversos assassinatos que começam após a introdução do brinquedo que ASSAVA-SINOS, O "Brinquedo Assassino"


Brinquedo Assassino[editar]

É assim que Chucky sangra depois de tomar um soco na cara.

Charles Lee Ray (cujo os amigos chama de Chucky!) é perseguido pela polícia devido a uma série de assassinatos dos quais é acusado de ser autor, co-autor e coadjuvante. Leva uma par de tiros mas nem a morte pode com ele! (-Não falei que ele era o mal encarnado?.) A sorte do desgraçado é tanta que ele encontra uma loja de brinquedos com um boneco que era a cara dele quando ainda ASSAVA-SINOS. Daí, transfere a alma de seu corpo humano para este boneco. Com muita magia e vodu tenta atingir o policial com uma espada-relâmpago que ele mesmo invocou, mas na distração do show de luzes tudo o que conseguiu fazer foi transferir sua alma para o boneco. Mas para alívio dos fãs, o policial nem se deu conta e Chucky segue matando desde entaum. No aniversário de 6 anos de Andy Babarclay, Karen, sua mãe (a dele não a tua), compra Chucky de um mendigo pé-rapado que achou o boneco na rua, e o dá o boneco para o menino. A partir daí, seu filho começa a falar sozinho sem que ninguém desconfie que seu "Good guy Doll" (Boneco Cara Legal") está vivo. A babá que cuidava do menino até começa a desconfiar mas quando percebe cai da janela e morre. A próxima vítima de Chucky, foi também seu ex-parceiro sexual no mundo dos crimes e assassinatos-vodurísticos: Eddie Caputo. Este, como muitos outros jáz descansa em paz, pois ao tentar atirar em Chucky acabou acertando seu próprio botijão de gás ocasionado sua morte em uma catastrófica explosão. À partir daí o assassino aos poucos começa a se revelar. Quando a mãe do pentelho Barclay (Babacão), apesar de ser louca loira, começa a desconfiar que não é normal um boneco sair pra matar à dias sem pilha.


Elenco (Vítimas)[editar]

  • Maggie Petterson (Tia Maggie): Também conhecida como a babá-safada! É arremessada por Chucky da janela do último andar. Morre em cima de um Corvett importado amassando-o
  • Eddie Caputo (Conhecido também como Eddie-tà-Puto ou Eddie É Puto do Charles Lee Ray ) : Ex-comparsa de Charles Lee Ray e ex-cônjuge também pois tinham um caso nas horas vagas, quando não estripavam pessoas) . Morreu numa explosão junto com seu botijão de gás.
  • Jhon Simon, conhecido também como "Dr. Morte" - agora já sabemos o porque: Morre quando sua miniatura-vodu que continha toda sua energia vital também morre. Chucky arranca os dois pés, os dois braços as duas mãos e as duas pernas do cara e depois depois de torturar seu boneco dà uma facada em seu no coração.
  • Dr. Ardmore : Eletrocutado com uma de suas próprias máquinas de sentenças. Irônico, não?!
  • Andy Babarclay: Menino chorão que além de mijão é um pela-saco que vive fugindo de Chucky depois de descobrir que seu miguxo quer mesmo é roubar a sua alma. Vive caindo e tropicando a cada cena, fora que dá nos nervos.
  • Karen Barclay: Conhecida como Sra. Barclay. É a mãe do menino mela-cuecas que vive fugindo de Chucky. Protagonista do filme, ou seja, não morre.
  • Detetive Mike: de sobrenome, Noris. Parente do Chuck Norris, não sabe se ao certo deve matar o brinquedo por ser possivelmente seu parente. Decide atirar no coração do boneco ao descobrir que sua verdadeira identidade é Charles Lee Ray. Também não é morto.
  • Jack Santos: Parceiro policial de Mike, portanto inimigo de Chucky. É estrangulado pelo mesmo. É quase

morto.

  • Peddler: morador de rua que vendeu o boneco para a senhora Barclay.


Brinquedo Assassino 2"- O Regresso de Chucky[editar]

Nesse filme xexelento e mirrado (-que ainda assim foi bom!) Chucky, disposto a se vingar volta já ressuscitando e matando. Trata-se de um de um ex funcionário da fábrica de brinquedos assassinos que morreu eletrocutado por outro raio que Chucky invocou e que a partir daí volta a perseguir o moleque. Como sua mãe loira Karen BaBarclay ficou maluca ao acreditar nessas histórias de "bonecos assassinos", o garoto está em tutela pependente um um orfanato. Chucky descobre seu endereço e o moleque adotado recentemente passa a ser perseguido pelo maníaco em forma de brinquedo (de novo). Lá (dentro da casa) faz várias novas vítimas. Dentre elas estão:

  • Funcionário: Já citado acima, morto por um raio invocado por Charles Lee Ray.
  • Mattson: Um puxa-saco, provavelmente acionista daquela empresa fechada por criarem "Good guy Dolls". Morto por uma embalagem de plástico (estrangulado).
  • Srta Ketwell: Professora nota zero, morta por uma de suas réguas (de métodos disciplinares).
  • Phil Simpson: Pai adotivo de Andy Barclay, morto por descer depressa demais as escadas. Quebrou o pescoço.
  • Joanne Simpson: A Sra. Simpson morreu com os pulsos costurados e um corte na garganta.
  • Grace Pool: Dona de um de orfanato, morre após abraçada a uma máquina de xerox após tomar 3 facadas.
  • Don Pugslay; Outro funcionário. Chucky o acerta com uma facada na cara mas o que o mata mesmo é um equipamento responsável por colocar olhos em bonecos.


  • Personagens que não morrem
  • O pirralho protagonista Andy Barclay (claro) infelizmente .


  • Kyle: Adotiva do senhor e da senhora Simpson. Torna-se irmã adotiva e de Andy e. É uma outra loira-burra que percebe que Chucky está vivo e acaba por escapar dele.
  • Policiais figurantes: Não morrem (preferem não entrar no caso).Acham que foi o menino quem matou as vítimas até entaum.
  • Outro funcionário. Já é o terceiro da mencionado na lista e segundo a escapar de Chucky, o brinquedo que ASSAVA-SINOS.
  • Motorista do caminhão: Só dirigia e entregava jornais.
  • Dono do bar: (vendedor de bebidas)

Só vendia bebidas. Não aceitava cartões de crédito.

  • Sr. Sullivan: Dono da Tec Toy fábricas de brinquedos "Play Pall". Não morre nesse filme ainda .


Brinquedo Assassino 3- Agora é Guerra!!![editar]

Nessa super pré-produção (nenhum filme do "Chucky" é tão bom assim), Chucky estréia sua nova sequência de assassinatos. 8 anos após ter *morrido (de novo), Charles Lee Ray regressa num clima bem terrorista. Esse filme se passa em um quartel-general, onde Chucky muito parece se sentir muito à vontade usando diversos tipos de armas para acabar com suas vítimas.

O primeiro a morrer dessa vez é o dono da fábrica e magnata - Sr. Sullivan - que ao refabricar Chucky foi forçado pelo Inmetro a citar as seguintes informações em seu bonecos "Good Guys" - agora, chamados de "bonzinho".

Recomendações do Inmetro[editar]

ATENÇÃO: Chucky não é recomendado para menores de 5 anos, pois contém um pênis solto partes pequenas que podem ser engolidas.

ATENÇÃO: Este brinquedo possui materiais tóxicos em sua composição que podem fazer você perder sua cabeça ou cérebro sem você perceber </s> sua própria execução. Risco de intoxicação também via saco plástico na cabeça !

ATENÇÃO: Esse boneco é um assassino do mal que é amigo do Jason, Freddy Krueger, Michael Myers, Jessica Simpson e Maísa.

Recomendações do Fabricante[editar]

Andy Barclay é apenas um menino perturbado... Não acredite no que ele diz ele apenas dá asas a sua imaginação e sua mãe é uma louca . Os bonecos da linha "Cara Legal"/"Bonzinho" jamais foram possuídos por Charles Lee Ray ou por qualquer psicopata do do gênero. Foi pura coincidência 135 pessoas, 136 agora morrerem após seu contato com Chucky, mesmo que algumas personalidades juvenis confirmem ter visto isto.

  • Elenco do filme
  • Sr. Sullivan: Já citado e agora morto. Morreu por coincidência ao levar seu ***good guy doll anos 90*** para casa. Foi presenteado com um destes. Como seus empregados o detestava Foi presenteado com um desses em comemoração a nova linha de assassinos bonecos que estava para ser lançada.

Em seu Ap. Sr. Sullivan passa pelas mesmas situações estranhas que a babá [do filme 1]. A TV liga e desliga, o boneco já saiu da caixa, a iluminação baixa e ele está sozinho em casa. Chucky lhe dá uma paulada (com um bastão de beisebol) na cabeça e o degola sufoca com um iô-iô! fora ter acionado todos os brinquedos do cara durante a execução de seu assassinato.

  • Motorista do caminhão de lixo: É triturado com o junto com o lixo enquanto Chucky se borra de rir.
  • Coronel Cochrane: Gordo. Morre de infarto-fulminante ao ver Chucky.
  • Tenente-Barbeiro Botnick (Robotinick): Tem a garganta contada por uma navalha e morre se olhando no espelho.
  • Cadete Tenente Coronel Shelton Senhor!: Um pirralinho metido a macho. Morre ao saber que Chucky está vivo (como todos), mas o que o mata mesmo é um tiro de bala perdida que sai de uma arma que deveria ser paintball.
  • Haroud Aubrey Whitehurst : Zé ninguém pobre-coitado . Morre ao pular em cima de uma granada.
  • Policial do parque: Morre sangrando no chão ao ter seus miolos estourados.
  • Outros personagens
  • Andy Barclay: Dessa vez imterpretando um babaca de 16 anos que vai servir o exercíto, e lá, rala muito para sobreviver mas não pelos testes de sobrevivência mas sim ao seu inestimado miguxo de infância: Chucky.
  • De Silva: Só pra constar seu nome é Kristen. A única rebelde no "Colégio Militar Kent": Desafia "Shelton", faz 25 flexões com uma mão só e ainda por cima atira bem. Beijou o Babarclay, maquia o Chucky, o provavelmente foi um erro, e acaba tomando um tiro na perna. Não morre.
  • Ivers: Amiga inútil de De Silva, só serve para contracenar com alguém. Não serve para nada mesmo.
  • Major Ellis: Melhor amigo gay de Shelton no exército. Ficou puto quando seu Shelton morreu. Comandava o time azul no jogo de paintball.
  • Major Clarck: Não fazia nada. Liderou o Comando Vermelho time vermelho (de boiolas, gays) num jogo de paintball.
  • Ronald Tyler Soldado Primeira Classe: O menino MAIS chato (irrevogavelmente) da série! Ela MUITO, mas muuuuuuito buÚurro mesmo. É o novo de Chucky, quando o infame boneco descobre que carne fresca é melhor do que carne ultrapassada. Isso porque Andy já não é mais necessário para seu plano mirabolante de transferir sua alma. Agora serve o crioulo Tyler mesmo.
  • Patterson: Tentou impedir o projeto "Chucky" mas acabou por não ser ouvido e o filme continuou tendo sequências e matanças até agora! Muitas mortes e MUITAS vítimas ainda estão por vir.


A Noiva de Chucky[editar]

Psycho.jpg Este artigo é sobre um filme de terror! É melhor nem lê-lo, a menos que queira encontrar a menina do exorcista. Se vandalizar, a Samara virá te comer pegar daqui à 7 dias!

Chucky e Tiffany, uma dupla que esbanja beleza... Cquote1.png E aqui começaram a foder com Brinquedo Assassino... Cquote2.png Nerd sobre A Noiva de Chucky

A Noiva de Chucky é um filme tosco da série de filmes sobre um Brinquedo muito louco que curte matar pessoas chamado Fofão. Nesse aqui, como o título já sugere bem obviamente, ele terá a ajuda de uma versão feminina dele mesmo chamada Tiffany, uma vagabunda e vadia que é interpretada por uma atriz chamada Jennifer Tilly, que sempre faz esse tipo de papel de baixa categoria (talvez porque ela seja mesmo uma vadia...).

História

Andy, arrependido por ter assassinado seu antigo amor de infância, decide ressuscitá-lo. Faz um ritual de magia negra para ressuscitar Chucky e consegue. Mas Chucky, ainda puto, decide se vingar de Andy, transferindo-o de seu antigo corpo para o de uma bonequinha japonesa de porcelana, e em seguida, acerta uma marretada no fedelho, pondo finalmente fim ao moleque. Chucky então tem conhecimento da morte de sua ex-namorada, também anã e Serial Killer. Chucky prepara um ritual voodoo que aprendeu durante sua estadia no Inferno, e transfere a alma da mulher para o corpo de uma Barbie versão cafetina. Juntos, ambos se reconciliam e decidem ter uma vida normal como dois anões assexuados (já que dessa vez, eles se tornaram mesmo bonecos) e pais de família. Para isso, decidem capturar o corpo de duas bichas e matá-los, para poderem possuir seus corpos. Mas fracassam e acabam indo para a vala juntos...


Uma loira vagabunda consegue convencer a troco de uma possível noite de prazer grátis um policial fracassado a ir buscar uma sacola com evidências bizarras (que eram na verdade os pedaços do Chucky) e levar pra ela. Quando o cara decide descobrir o significado de "a curiosidade matou o gato" (não, eu não tou dizendo isso porque a Tiffany disse no filme. Tá, eu tou dizendo por causa disso), ele descobre isso da pior forma, sendo morto pela loirinha.

Tiffany costura seu amado namorado e consegue o ressuscitar. Obviamente Chucky fica muito feliz com isso e ao ver que era sua amada loira e gostosa, aí que ele ficou feliz (e como). O problema é que a vadia queria deixar a vida fácil e casar com o cara. O cara morreu de rir e a chamou de otária por ter acreditado durante mais de 20 anos de noivado deles que algum dia eles iam mesmo casar. Putassa da vida, Tiffany coloca o Chucky numa gaiola sem popozudas, apenas com uma boneca morena vestida de noiva pra zoar com o Chucky. Fulo da vida, Chucky consegue sair da prisão e encontra Tiffany numa banheira, matando-a na hora e antes que ela pudesse morrer (coerência zero), ele faz o mesmo ritual (música da xuxa ao contrário) que tinha feito da vez que ele virou boneco e enfiou a alma dela dentro da boneca. É claro que a vadia ficou putassa né? xD

Aí o Chucky, pra não perder umas noitadas de sexo com sua bonequinha de lixo luxo (uma das cenas mais bizarras do cinema, não só do terror como em geral: dois bonecos fazendo sexo. Tá bom, teve filme pior...), ele fala pra Tiffany de uma coisa que pode os tornar humanos de novo: o Coração de Damballa, um troço que o Chucky usava quando fez o ritual que o tornou um boneco. Mas o troço ficou enterrado com o cadáver dele mesmo (hã?). Eles conseguem pegar carona com um casal que fugia de casa depois que o muleque tinha embarrigado a namorada, tudo para chegar ao cemitério lá, mas no caminho causam uma avalanche de mortes para ficar na história de tão absurdas. E no final, quando eles fracassam miseravelmente e todos morrem, Tiffany antes de morrer ainda POR CIMA dá a luz um pirralho chamado Glen Tilly (ou Glenda, sei lá... isso vamos descobrir apenas no próximo filme... SIM, terá um próximo...).

A família reunida

O Filho de Chucky[editar]

Na verdade, essa foto foi manipulada pelo Photoshop. A foto real mostrava Chucky e seu filho/sua filha/sei lá o que mostrando o dedo médio um do outro. Cquote1.png Você quis dizer: Glen ou Glenda versão Disney Cquote2.png Google sobre O Filho de Chucky O Filho de Chucky (ou A Filha de Chucky, sei lá) é o quinto filme da série Brinquedo Assassino, e é ruim pra cacete, até pra um terrir. O criador desse filme conseguiu tornar a história da franquia, que já tava uma bosta em A Noiva de Chucky, num cocô ainda mais fedorento e sujo. Quem assistir esse filme e disser pra mim que ficou com medo eu vou mandar internar essa pessoa em algum hospício, porque acho que nem um doido surtado tem medo disso.

História

Como vimos no final do filme anterior, sabe-se lá como diabos a Boneca da Xuxa Tiffany engravidou e deu a luz um pirralho chamado Glen. Ou Glenda. Isso ainda vai dar muita complicação não só na sua cabecinha, como na minha também...

Seguindo os passos de um filme tosco dos anos 50, Glen ou Glenda?, do "mestre" do cinema Ed Wood, mas numa versão ainda mais tosca, esse filme basicamente explora a dramática situação de Glen. Com seu amor por David Bowie, ele acaba, tal como seu ídolo, adotando uma postura confusa em relação a sua sexualidade. Ora ele queria ser piloto de F1, ora estava com um vestidinho de balé dançando pela casa. Isso deixava os pais desconfortáveis. Ora, como fazer o menino se decidir logo? Pro Chucky, não tinha opção: o muleque tinha que ser macho feito ele, já a Tiffany queria ver sua bonequinha num corpinho de menina. Além disso, Glen (ou Glenda) é frouxo e não gosta de matar nem uma barata.

Pra piorar, óbvio, os papais queriam desesperadamente voltar a ser humanos, de qualquer jeito. Com o Coração de Damballa nas mãos, eles foram pra Hollywood. Lá, a Tiffany encontra a mulher que ela era fã eterna: Julia Roberts, mas como a mesma não deu bola nenhuma pra ela, teve que se contentar com uma outra atriz que ela encontrou por lá: Jennifer Tilly (esqueçam, por favor, que no filme anterior a Jennifer foi a atriz que fez a Tiffany versão carne e osso e peitos e que ela ainda era a voz da boneca). Na sanha por conseguir a força o corpo também do bundão do motorista da Jennifer, o Chucky desiste ao ver que ia virar um palerma naquele corpo.

Antes de morrer, a noiva psicopata de Chucky pare (não sabemos se foi reprodução sexuada ou assexuada ainda) um moleque andrógeno chamado Glen (ou Glenda, não se tem certeza). Órfão e carente, Glen decide ir ao cemitério onde se encontram seus pais e ressuscitá-los. O ritual é um sucesso e a família fica feliz por estar reunida. Mas há um problema. Glen havia se transformado num emo! Decidido a resgatar seu filho do mau caminho, Chucky passa a seu rebento seus valores familiares; ensina-o a esquartejar, estripar, mutilar e outras artes de sua profissão para que Glen se tornasse útil à sociedade -e também um cabra omi. Mas Glen, rebelde, não aceita o conselho dos pais e decide-se por matá-los, encerrando temporariamente a série. Mas o filho da puta querido Chucky sobrevive e ainda consegue sufocar o coitado (ou coitada) de seu filho.

O filme é uma merda, porque cada morte que acontece lá é cópia de outro filme, como Psicose, O Iluminado. A única coisa legal desse filme é que o Chucky, tal como eu, odeia Britney Spears e a manda pro inferno - literalmente - jogando o carro dela precipício abaixo. VALEU CHUCKY!!!

No final... bem, a Tiffany e o pirralho conseguem entrar no corpo de quem eles queriam (no caso do Glen, ele se decidiu e virou um menino efeminado mesmo) e o Chucky - como sempre - se f****.

Projetos para o futuro[editar]

Um sexto filme da série já está sendo encaminhado. Dessa vez rodado nos estúdios do SBT, no Brasil, vai se chamar Brinquedo Assassino 6(66): Projeto Maísa e narrará as aventuras de um mega-empresário inescrupuloso que se decide por vender anões transformistas e pedófilos fantasiados de bonecas de última geração. O filme já vem desbancando gigantes do ramo, como a pioneira no mercado, Xuxa.


Ver também[editar]


v d e h
Olá, eu sou o Chucky, vamos brincar?
Chucky-boneco-assassino.jpg


v d e h