Bruxelas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.pngExperimente também: Inferno Cquote2.png
Sugestão do Google para Bruxelas
Cquote1.png Tenho Medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre Bruxelas
Cquote1.png Aqui não é como dizem. É uma cidade bonita. Somos alvos de preconceito só por que comemos gente viva, vamos lutar contra o preconceito Cquote2.png
Belga sobre Bruxelas
Bruxelas é a principal e maior cidade da Bélgica, sendo assim sua derradeira capital. Pelo fato de ser uma cidade historicamente rica, ela até hoje não foi destruída mas tal fato é cobiçadamente esperado por muitos.

Uma cidade muito protegida.

Por ser extremamente sinistra a cidade geralmente atrai poucos turistas e seus habitantes são extremamente canibais legais com a população. Os Belgas em geral apesar de não admitirem nunca sequer tem uma razão mínima para poder reclamar apesar de a maioria não se orgulhar muuito de sua tremenda e macabra história.

[editar] História

O desperdício de dinheiro não existe de forma alguma na cidade.

A cidade Belga de Bruxelas apesar de ser a maior e ocupar quase todo o minúsculo território de tal país; é extremamente odiada pela maioria dos meliantes Belgas. Há serias probabilidades de a maioria dos belgas serem automaticamente frustrados por não terem nascido do outro lado da fronteira; na França.

Por ser uma cidade quase que extremamente desconhecida ela é muitas vezes visitada por turistas famosos que de alguma forma conseguiram achar esse pequeno nome no mapa. A história de Bruxelas; é extremamente macabra; sendo originada por uma pequena tribo de canibais que migraram na tribo de Bengalelê Motumbo á Inglaterra. Porém a terrível influencia húngara em tal cidade influenciou não só a maioria da população de tal pequeno vilarejo como também de toda a tribo; fazendo a maioria se tornar tão macabros quanto.

Na época a Bélgica ainda fazia parte de dos Gays revolucionários franceses; que atiravam purpurina venenosa na tribo com o objetivo de extinguir todo o machismo lá existente. Porém a grande surpresa era que a masculinidade ainda ficaria em pé; fazendo os franceses se separarem bruscamente de tal território onde havia minúsculos sinais de masculinidade.

Os rituais macabrísticos de tais romanos transilvânicos foi cada vez mais crescendo em tal cidade e logo sendo predominantemente predominante e sendo não só paricado por tais habitantes como também pelos turistas que levavam tais rituais aos seus países. Apesar do sonho dos belgas ser destruir todo o sistema Gay revolúcionário europeu concentrado na França, na Escócia e na Letônia; os Bruxelenses que até então eram Do vilarejo Buringüeller; convocaram uma espécie de mensageiras da prática e doutrina bruxelense. Elas eram mais especificamente as bruxas.

[editar] As bruxas nos países revolucionários

Uma bruxinha belga de Bruxelas saindo em missão para trazer os homens dos países revolucinários de volta á masculinidade.

As bruxas belgas eram geralmente habitantes da região que seguiam doutrinas de magia e bruxaria herdadas das doutrinas Romenas que já chegaram até tal província. As bruxas belgas em geral eram ruivas e em sua maioria tinha como objetivo intimidar o povo. Porém em um certo dia o cara lá de baixo levou uma importante mensagem ao reino belga avisando á todos em relação da possível intimidação dos países revolucionários e de sua masculinidade.

Até hoje não se sabe o que levou cara lá de baixo á se preocupar com a vida daqueles despreocupados mas há probabilidadespossível de o simples motivo ser de que ele não quisesse Gays no inferno. Sendo assim; os belgas tentaram de alguma forma tentar influenciar a vida dos meliantes revolucionários medievais mas aparentemente nada os fazia parar. Assim as bruxas belgas tiveram uma ideia. Cada uma sairia em missões por todos os 3 países; levando um exércti consigo; com o objetivo de re-emasculinizar os homens os tornando homens de verdade e livrando o inferno de futuros possíveis Gays.

Por serem extremamente capitalistas as belgas porém para devolver a masculinidade aos homens dos países revolucionários agiam muito socialisticamente cobrando sempre pelos seus serviços e não sendo solidário em relação á serviços extras e em relação até á contação dos centavos. Porém com a chegada do socialismo porém isso teve de acabar e foi difícil para as bruxas poderem satisfazer á todos sem receber um centavo para ajudar. Porém sempre tinha um que dava 5 reau pra faze caridadi.

[editar] Ver também


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas