Budweiser

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bud ou "companheiro", uma cerveja para machos

Cquote1.png Você quis dizer: Skol Cquote2.png
Google sobre Budweiser
Budweiser, a mais famosa cerveja americana "e agora brasileira comprada pela ImBev" e a mais vendida no mundo e a sua versão light, a Bud light é a segunda cerveja mais vendida do mundo. Com uma imagem fortemente masculina, é popularmente chamada de Bud que é mais ou menos a contração da palavra Buddy ou companheiro,amigo.
Os brasileiros chamam cerveja de loura e os americanos preferem chamar de companheiro. Vai entender...

História da Budweiser[editar]

Budweiser na verdade é uma marca de cerveja checa que foi roubada pelos americanos, que ainda tiveram a pachorra de processar a "homônima". Segundo a Anheuser-Busch (ó o nome, ó o nome), a "Budweiser" é a forma de se referir à cidade boêmia e claro, cachaceira de Budweis, ex-império austro-húngaro e atualmente... República Checa!
Mas apesar de brigas judiciais mundo afora, George W. Bush ainda não alegou suspeita de armas químicas como desculpa para invadir a República Checa. Não se sabe o motivo, mas Bush e os americanos não querem invadir a Checa.

Novo logotipo da Bud.


Budweiser no Brasil[editar]

Apesar da fama de mais vendida no mundo, a Budweiser não é um sucesso de vendas no Brasil, exceto por alguns importadores independentes que a trazem da Argentina.
Provavelmente só deve vender em São Paulo, o único lugar do Brasil onde existem pessoas mais paga-paus dos Estados Unidos do que os argentinos.

Sabor da Budweiser[editar]

Feita de arroz, o sabor da Budweiser é peculiar, assim como o café dos americanos: sem gosto, ou com gosto horrível, depende do seu paladar.
Se difere das brasileiras Brahma e Skol por não apresentar o mesmo gosto de mijo.

Imagem da Bud[editar]

Venha para o mundo de Bud
Propagandas da Bud, sempre exaltando o companheirismo macho.

Assim como a Marlboro, a Bud ou "companheiro" sempre teve a imagem ligada a temas essencialmente masculinos ou machos como o companheirismo masculino, os cavalos clydesdale e os esportes de machões.

Mas para alcançar o público mais 'delicado', a marca lançou a Bud Light, cujos comerciais são praticamente os mesmos da Budweiser tradicional, mas voltados aos gays.


Bud Gay[editar]

Bud Light e seu comercial voltado ao público mais light, "alegre"
O consumidor tradicional de Bud é assim, macho de verdade. Mesmo que debaixo de outro macho

Visando o mercado GLBT, a Budweiser tem feito propagandas voltadas ao público gay, mas obviamente que para não chocar o seu tradicional público machão, mesmo que a lá Brokeback Mountain, a marca tem patrocinado eventos tipicamente machões dos EUA como a NASCAR, a liga americana de futebol e o campeonato inglês de futebol, que não tem nada a ver com os Estados Unidos mas é considerado um campeonato de macho.

Além é claro, de investir no Superbowl, aquele evento em que homens altos e fortes se esbarram, se empurram e se agarram o tempo todo.