Bug do Milênio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Bug do milênio de 2000
BugdoMilenioFAIL.jpg|
Classificação científica
Reino: Animala
Filo: Artrophoda
Subfilo: Uniramia
Classe: Insecta
Espécie: Buggilus Millenarius

Cquote1.png Shinji não vai lutar, temos que nos virar! Cquote2.png
Neon Genesis Evangelion sobre Bug do Milênio
Cquote1.png Hora de Morrer! Cquote2.png
Power Rangers sobre Bug do Milênio
Cquote1.png Why? Cquote2.png
Exterminador do Futuro sobre Bug do Milênio
Cquote1.png Foi o nosso fim! Cquote2.png
Boy Band/Girl Group sobre Bug do Milênio
Cquote1.png Eu estava pronto! Cquote2.png
Linux sobre Bug do Milênio
Cquote1.png Radecdekfuligem! Cquote2.png
Ryu sobre Bug do Milênio
Cquote1.png Tiger Robocop! Cquote2.png
Sagat sobre Bug do Milênio
Cquote1.png Eu tenho medo! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Bug do Milênio
Cquote1.png Eu não faria isso Cquote2.png
Chuck Norris sobre Bug do Milênio
Cquote1.png 07 traz o saco Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Bug do Milênio
Cquote1.png Vou dar um kamen-hamen-ha nele. Cquote2.png
Goku sobre Bug do Milênio
Cquote1.png FAIL! Cquote2.png
Ano 2000 sobre Bug do Milênio

60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Bug do Milênio.

O Bug do Milênio foi à coisa mais horrenda e assustadora e ruim e maligna e macabra e maléfica depois do ano de 1999 e antes do ano 2000. Todos os nerds da Microsoft temiam que o mundo descobrisse que o Windows Millenium só tinha um monte de pastinhas coloridas a mais que o Windows 98.

E como todos os programas da Microsoft são apenas os mesmos lixos com mais cores e mais músicas, os programadores não tinham percebido que todos os computadores do mundo poderiam travar naquela noite, e Bill Gates ficaria sem internet – que despertaria sua fúria e ele explodiria o mundo com o botão secreto que explode as malditas quatro bombas escondidas que podem explodir o mundo.

A maldita profecia veio graças à Nostradamus com suas outras dezenas de profecias apocalípticas furadas e ao sem graça extinto Programa do Ratinho, que fez mais de 5906580 testes de DNA durante sua maldita jornada de oito anos no ar, ou melhor, no vácuo, porque quem produziu aquilo é vazio por dentro.

Algumas tribos pagãs falavam que seria o dia em que grande “deus barata gigante” desceria a Terra e comeria toda a população mundial, mas achamos que ele se perdeu.

O resultado do bug do milênio foi uma reestruturação de 100% de todos hardwares do mundo

[editar] O que realmente aconteceu?

Fontes mais confiáveis que o aka SBT contam que o evento foi evitado graças a vários grupos praticantes de magia negra ocultismo, feitiçaria, bruxaria e afins reuniram-se em todos os cemitérios, ruínas de igrejas, beiras de rio e encruzilhadas para realizarem suas macumbas e conseguiram reunir tanta energia sobre a face da Terra que tal energia manteve todos os computadores funcionando durante todo o Reveillon.


O Bug não ocorreu, e o “deus barata gigante” ainda não chegou. Portanto não aconteceu nada. Mas como? Fizeram tanto barulho e nada? É! Não aconteceu nada, e você foi enganado novamente, esperamos que você não caia nesta outra vez.


[editar] Efeitos Colaterais

Seu computador em 1 de janeiro de 2000
  1. O Brasil foi o único país que se importou com o possível fim do mundo, culpa do Ratinho.
  2. Toda esta energia negativa alterou as paradas de sucesso matando todas as Boy Bands e Girl Group. (Que com certeza seriam menos ruins do que nós somos obrigados a ouvir atualmente).
  3. Bill Gates continua rico e com o botão que pode destruir o mundo.
  4. O Cinema passou a lançar lixos pseudo-intelectuais como Matrix.
  5. Não sabiam os feiticeiros que tanta macumba alteraria nossas vidas para sempre, como a criação do PlayStation 2, Teletubbies, Bob Esponja e Bush presidente no ano 2000.

[editar] Referências e Artigos Relacionados

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas