Buriácia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Buriácia (em russo, Бypiacя), terra dos charcos russos e manufacturas artesanais.

História[editar]

Um apartamento buriaciano burguês.
Um apartamento buriaciano popular.

A área da Buriácia foi ocupada apenas por volta de 1600 por russos andarilhos (antes disso o local sempre foi apenas um charco - é um charco até hoje porém, mas com gente por ali). Esse povo primitivo era caça de mongóis e sonhavam em achar ouro e peles de animais.

Com o tempo o povo da Buriácia foi ficando chateado por causa do tédio e frio. No início muitos se suicidavam de depressão, até que em 1900 surgiu uma mania entre os buriacianos que era a de colecionar coisas. O tédio era tão grande, que a mania de colecionar bugingangas se tornou febre em toda a República da Buriácia.

Posteriormente a mania de colecionar, surgiu a mania de bagunçar o país pintando tudo com cores vibrantes, além de espalhar e desarrumar qualquer coisa. Um fenômeno para a cultura russa que passa o ano todo apenas observando a cor branca da neve e a transparente da vodka.

A característica fundamental em Buriácia é a poluição visual do interior de suas casas que contrasta fortemente com a paisagem naturalmente sem graça da república.

Etnia[editar]

Conhecidos como baderneiros. Os buriácios adoram estudo de layouts, reformas de casa e o principal: É proibido na Buriácia varrer casas, arrumar qualquer coisa, guardar roupas ou qualquer outros objetos em gavetas e organizar algo. Recomenda-se também que pregue, cole e parafuseie qualquer coisa na parede e quanto mais peculiar for o que se pendurar na parede melhor.

Foi em função da Buriácia que surgiu o costume de criar aqueles castelos coloridos e chamativos em todo o território da Rússia com o objetivo de tornar o efeito visual russo mais feliz.

Economia[editar]

O local sobrevive da exportação de manufaturas, flâmulas, lembrancinhas, entulhos de estantes e imãs de geladeira.

Geografia[editar]

Fora das espalhafatosas casas buriacianas, a república é formada apenas por charcos, gramados e esse tipo de coisa sem graça.