Buriti de Goiás

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Buriti de Goiás é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Provavelmente, esta cidade não tem mais do que dez anos.

Sciences de la terre.svg.png


Buriti de Goiás é mais uma bostinhazinha mínima de cidade perdida no interior de Goiás. Seu nome deriva da pequena frutinha buriti, da qual se apelidam os boiolas no interior de Goiás, e no caso são abundantes nas várias nascentes das redondezas.

Gosta de fumar capim? Falta de chuva? Doenças em geral? Calor excessivo? Tédio? Mulheres feias? Filas em postos de saúde? Outros males? Se respondeu sim, venha para Buriti de Goiás agora! Vem!

História[editar]

Uma típica família de Buriti de Goiás.

A cidade tem um histórico completamente desconhecido baseada apenas em rumores, nem os habitantes que moram lá sabem como surgiu essa cidade. Acredita-se porém que foi fundada por um grupo de caipiras em 1949, quando estes se perderam do caminho para Belo Horizonte, a capital mundial da festa junina.

Devido à inexistência completa de documentos oficiais pelo fato do analfabetismo ser comum na época do início de Buriti de Goiás (problema presente até hoje), a história da cidade é formada através de lendas, contos e mitos, com diversas anetodas contadas com credibilidade pelas velhas da cidade, citando a existência de Saci Pererê, Curupira e relatos de passagens de gente do Acre.

Passa a existir em 1992 quando torna-se município na época que o Brasil é criado. Desde então é só mais uma minúscula cidade a ser evitada a todo e qualquer custo.

Demografia[editar]

De acordo com os respeitáveis dados da Wikipédia[1], a sua população estimada em 2004 era de 125.646.212 habitantes.

Economia[editar]

Economia... Acredita-se que a maior nota encontrada na cidade foi uma de 5 reais. Com economia quase inexistente, insignificante e fraquíssima, Buriti de Goiás subexiste vendendo galinhas na GO-326. Só.

A cidade também é uma grande exportadora de remédios para impotência sexual, cujo os maiores compradores são os habitantes da cidade vizinha Mossâmedes.

Lazer[editar]

Com várias opções de tédio (como "lazer" é chamado no dialeto de Buriti de Goiás), a cidade possui vários rios para pesca, banho, afogamento e devoramento por piranhas. Onde destaca-se a Cachoeira do Paredão, um dos locais naturais que ninguém visita mesmo.

Várias festividades fazem parte do calendário local, destacam-se a Festa Junina de Abril, a Festa Junina, a Festa Junina de Agosto, a Festa Junina de Outubro, o Encontro de Motoqueiros sem Motos e a Festa de Peão Pedreiro e Carpinteiro.

Notas[editar]

  1. [1]