Cássia Eller

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Dorgas melocoton.png Cássia Eller dá um tapa na pantera!

E é aprovado pelo Tio Bob!

Clique aqui se você quiser dar um tapa também.

PoR-Death.gif
Cássia Eller já morreu!

Não era sapateiro, mas bateu as botas!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

Emblem-sound.svg.png Cássia Eller
Cassia Eller.jpg
Cassia Eller ao ver o cacete de Motumbo
Nome Cássia Tarugo Eller
Origem Bandeira do Brasil Brasil Bandeira do estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro
Sexo Hermafrodita
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Cavaco, apito, pandeiro e bunda
Gênero Masculino
Influências Roberta Miranda
Nível de Habilidade Alto Macho
Aparência Traficante do Morro Dona Marta
Plásticas Aumento de clitóris e de língua
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Chulé, pileques e melancia
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Sula Miranda

Cquote1.png Quem sabe ainda sou uma garotinha... Cquote2.png
Cássia cantando o hit que a tornou conhecida
Cquote1.png Pera lá, fui eu que compus a porra dessa letra pra ser cantada pela Ângela Rô Rô. Cquote2.png
Cazuza sobre a música cantada acima
Cquote1.png Tanto faz! É ruim que eu ia cantar essa merda. Cquote2.png
Ângela Rô Rô sobre a letra feita pelo Cazuza pra ela e cantada pela Cássia Eller

Cássia Borgas Eller era uma grande cantora proveniente da cidade de Brasília, onde as mulheres adoram ficar se pegando e os homens queimando a rosca (tudo no maior respeito, é claro). Outra característica de Eller, e de todo povo de Brasília, é cheirar (com moderação) 15g de cocaína diariamente. Inclusive nos domingos e dias santos.

Carreira[editar]

Duas por dia... Famosa pelo seu vozeirão e seus peitos caídos tais quais os de uma indígena do Acre, Cássia começou a cantar pelas ruas sem esquinas de Brasília, enquanto tentava pegar umas gatinhas cantando "eu só peço a Deus um pouco de malandragem".

Descoberta por alguma gravadora multinacional que sacou o crescente ( e bota crescente nisso) mercado para cantoras lésbicas de voz grossa, Cássia se lançou no Brasil cantando músicas acústicas, enquanto tentava descobrir onde estava seu pau.

Exportada de Brasília para o Rio de Janeiro, Cássia logo assumiu abertamente a sua opção sexual, mas nunca desistiu de procurar por um pau no meio das pernas, o que a levava a sempre dar uma esfregada naquela região no meio das pernas onde os homens tem pau e as mulheres pereca. Reza a lenda que o costume de pegar o "pau imaginário" no palco veio de imitar seu ídolo de infância ,Michael Jackson. Para quem não sabe, Michael tem o costume de apertar seu pênis minúsculo no palco e gritar "Aaauuuuu" (grito posteriormente imitado por Frank Aguiar).

Cássia, sempre calçando um All Star azul, detonou no Rio, onde cantava MPB com uma voz bem grossona, inspirada por Jerry Adriani e Renato Russo. Mas o que ela queria mesmo era cantar Rock'n'Roll, o que a deixava muito triste.

A sua tristeza profunda (afinal ela era uma roqueira frustrada) a levou ao clássico cheiramento de gatinhos, o que pode ser arriscado, especialmente para homens sem pau e mulheres que ficam procurando um pau imaginário no meio das pernas.

Fim de carreira[editar]

Cássia Eller em um raro momento de descontração.

Mesmo cheirando muito, Cássia se apresentou no Rock In Rio (que agora não é mais no RIo) no início de 2001. Em seu show histórico, o público foi brindado com a visão de seus lindo seios, os quais poderiam ser usados pela própria Cássia para fazer embaixadinhas.

Pouco tempo depois, Cássia veio a falecer (foi para o andar de cima, como diria Miguel Fallabela). A sua morte foi suspeita, sendo que alguns (especialmente a percussionista metida a cantora desafinada e que parece um tamanduá no cio Lan Lan) dizem que foi causada pelo cheiramento de excessivo de gatinhos (o que faz mal à saúde).

Mesmo assim, o legado de Cássia(o) continua. Milhares de cantoras de voz grossa que cantam MPB despontaram nos últimos anos, mostrando que tem que ser muito macho para cantar esse estilo!

Suas influências podem ser sentidas (em todos os SENTIDOS) em Ana Carolina (É ISSO AÍ) e em Zélian Duncan (outra cantora desafinada lésbica vinda de Brasília). Seus discos ainda vendem trilhões de cópias e Michael Jackson, ídolo da musa(o), resolveu homenageá-la em sua próxima turnê, na qual ele promete que apertará muito mais vezes o seu pau imaginário antes de fazer AUUUUUUUUUUUUUUUUU!

Legado[editar]

Aqui, Cássia Eller era só uma garotinha esperando o ônibus da escola, sozinha com suas meias três quartos e...

Ela também ganhou cinco Emmys, quatrocentos Grammys e dois Oscars! TODOS PÓSTUMOS!

Seu legado de cantoras lésbicas de voz grossa perdura ate os dias de hoje, influenciando, também , cantores e cantoras do naipe de Marlene Mattos, Max Cavallera e Lindsay Lohan.

Sua beleza influenciou todas as índias do alto Xingu, que resolveram deixar de usar sutiã (que é muito ocidental) para deixar os peitos naturalmente livres e caídos, bons o suficiente para a prática de embaixadinhas.

Sua delicadeza influenciou as gerações seguintes, em especial as roqueirinhas metidas a lésbicas de Brasília e arredores.

Cássia também influencia artistas americanas tais como Lindsay Lohan (já citada anteriormente) e Britney Spears. Madonna chegou a confessar que "queria pegá-la".

Por causa de Cássia, não existem mais cantoras de voz fina na MPB. As que existiam foram devidamente exterminadas em campos de concentração criados para este fim pelas gravadoras. A única sobrevivente do chamado HOLOCAUSTO DAS SOPRANOS foi Marisa Monte que, dizem, teria feito um acordo com algum executivo de gravadora para ser poupada do massacre. Esse acordo consistiria em pagar mico fazendo propagando de cosméticos de baixa qualidade e gravar pelo menos um cd com artistas decadentes que não vendiam nada (leia-se Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown).

Reza a lenda que Cássia não morreu, mas sim ficou de saco cheio de tudo e resolveu se mudar para o Acre. Outros dizem que ela finalmente conseguiu um pau e gravou o disco "Tribalistas" usando o nome de Arnaldo Antunes. Mas isso não pode ser verdade, pois Cássia poderia muito bem ter conseguido um pau, mas isso não a levaria a desaprender a cantar e a ficar repetindo palavra por palavra o que Marisa Monte (a última sobrevivente do HOLOCAUSTO DAS SOPRANOS) cantava. Cássia não era robô, porra!

Curiosidades sobre Cássia Eller[editar]

  • Cássia Eller pegou mais mulher que você, e por mais que você empate com ela você ainda vai perder porque Cássia ja pegou sua mãe e essa você não pode pegar
  • Cássia Eller, quando viva, tinha seu DNA usado como base para criação de hormônios masculinos
  • Cássia Eller já engravidou uma jovem na adolescência
  • Cássia Eller tinha cabelo no saco

Ver também[editar]


Grandes sapatas cantoras
v d e h
Botina.jpg
002.png

Mulheres másculas que mudaram a voz da música brasileira
Adriana CalcanhotoAna CarolinaÂngela Rô RôCássia EllerDaniela MercuryGal CostaIvete SangaloMarina LimaMaria BethâniaMaria GadúMarisa MonteMart'NáliaRoberta MirandaSimoneVanessa da MataZélia Duncan