Córrego Novo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Córrego Novo é uma cidade fantasma que está bem longe de ser uma cidade de verdade localizada no estado das cidades pequenas e fantasmas, Minas Gerais. Córrego Novo é uma igreja azul, e não passa disso. Outras definições para a cidade são: bairro, mato, floresta, província, vila, asilo-cidade, distrito, município invisível.

História[editar]

Padaria e Igreja de Córrego Novo.

Dois irmãos, os irmãos Albano, após descobrirem uma coisa chamada Cocaína, completamente doidões resolveram ir atrás da sua erva. Eles resolveram ir atrás depois que venderam a Albânia para um traficante de drogas dos tempos modernos, após ter gastado todo o estoque que tinham comprado eles pegam o que sobrou e vão para um fim de mundo produzir a própria Cocaína.

Os irmãos compram uma passagem para a Bolívia mas como a Bolívia não tem saída para o mar, eles nunca tinham andado pela região e eles não saberem onde fica a Bolívia eles simplesmente chegaram no Rio de Janeiro, pegaram sua bagagem e pegaram a carona com um senhor que ia para a Bolívia.

No meio da viagem, esse senhor os dopou e os violou enquanto dormiam, quando eles acordaram pensavam que tinham caído da carroça e tinham chegado à bolívia devido a imensa semelhança daquele lugar com a Bolívia, eles chamaram o lugar de Cocaínalândia (que em espanhol significa Bolívia) e fundaram uma cidade.

Apesar de tudo, eles não conseguiram plantar a coca pois não é só por o pó no chão que vai crescer as coisas. No fim, se ferraram.

O município se emancipa de outro fim de mundo e vira Córrego Novo, um nome sem origem histórica ou ligação com o município.

Geografia[editar]

Na geografia a cidade é uma piada. É impossível de acreditar que um bairro conseguiu virar um município do nada. Mas é só você olhar os documentos de Córrego Novo e descobrir que "houve um apoio do juiz após a doação de uma linda mulher que fez 2 meses de atividades extra-curriculares para conseguir a emancipação de Córrego Novo. Nós jamais conseguiríamos a emancipação sem sua ajuda Dona Célia!".

É evidente que foram dois meses de boquete para um juiz começar a apoiar a emancipação da cidade. E aliás, essa dona célia não trabalha em um bordel... Não trabalha AGORA em um bordel, todo mundo sabe que ela é aposentada nesse ramo. Aliás, todo o velho que mora em Córrego Novo é avó ou avô de alguém. Dona Célia e sua avó não é? Isso explica aquele boquete maravilhoso que tive aqui em Casa ontem.

Enfim, vamos ao censo que perdeu tempo nessa cidade.

  • População total: 3 mil e quem se importa
    • Homens: Poucos, já que a maioria prefere se comer a se casar com uma mulher do município
    • Mulheres: Muitas, apesar de tudo,m pela falta de homem tenta conseguir um otário via Orkut
    • ETs ou de gênero indefinido: Metade da população.
    • Rural: Todo o município é na zona rural
    • Urbana: Existe uma cidade em Córrego Novo?

Ver também[editar]