Cabaré

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Francia d.JPG ALLONS EN₣ANTS DE LA PUTARIE!!

Este artigo è ₣rancês! Ele não toma banho, come camembert e faz biquinho. O autor já mendigou na Avenue Champs-Elysèes e è xenofòbico.

Cuidado! A qualquer momento um alemão pode invadi-lo!

O boióla aí no meio tá o-di-an-do, mas é tudo pelo espetáculo.

Cquote1.png Você quis dizer: Puteiro Musical? Cquote2.png
Google sobre Cabaré
Cquote1.png Você quis dizer: Taberna? Cquote2.png
Google sobre Cabaré
Cquote1.png ...nas raias da loucuraaaa. Cquote2.png
Cláudia Raia dançando e jogando os pernões sobre Cabaré.
Cquote1.png Ooooohhh que saudade da belle époque... je pegava muitas gatas... Cquote2.png
Pepe Le Pew sobre Cabaré.
Cquote1.png As putas do acampamento cantam, cantam... As putas do acampamento dançam, dançam Cquote2.png
Piu Piu e véia Vovó sobre Cabaré.

Entrando no Cabaré[editar]

Cabaré vem do francês Cabaret e não pode-se dizer que ainda exista os verdadeiros cabarés como foram nos idos de 1817, até o início do século vinte, muito menos ainda, pode-se compará-los ao que eram na França, mas foi tal o sucesso que décadas depois, em quase todos os países, ao menos as cantorias, indecentes ou não, eram copiadas, e era o máximo que conseguiam copiar, assim mesmo nem sempre tinham o mesmo charm.

Imaginando...[editar]

Perceba a infeliz decadência do cabaré.
Versão Argentina do cabaré: o nome já diz tudo.

Ao entrar no cabaré tudo, era um misto de vulgar com requintado, nunca apenas um ou outro, apesar de em qualquer outro caso isso lembrar uma mistura de Champagne com Tang, não era nada disso, no caso do cabaré dava muito (e dava-se muito) certo. Os musicais da Broadway, mesmo com aquelas dançarinas boas, são só uma tentativa de alcançar oque era visto nesses suntuosos puteiros, e falando nas putinhas, que não tem como falar de cabaret sem falar das putinhas francesas, eram oque hoje deixariam a melhor streeper ou a melhor dançarina de polly dance no chinelo, é sério eu estava lá pode acreditar. As jogadas de perna eram as melhores de todos os tempos, e a pagação de calcinha era não era só bom de ver, mas muito elegante, de modo que era mesmo um milagre com direito a cinta liga. Provavelmente muitas coisa que se conhece nos dias de hoje, tipo polly dance (mesmo o nome sendo inglês), luzinhas vermelhas, streep-tease (outra palavra inglesa, mas os ingleses não inventam nada, mas são campeões em patentear), e praticamente quase tudo que se refere a sacanagem mais chic, vem dos franceses, e quase tudo disso tinha nos cabarés. Chegava mesmo a ter orquestra, mas parece que a atração principal eram mesmo as putinhas dançando e cantando músicas com letras indecentes, que até os Mamonas Assassinas ficariam vermelhos... cá pra nós, elas dançando e entoando sacanagem é bem melhor que eles, mas isso não importa agora, os mamonas morrerram e o cabaré também, embora o cabaré tenha deixado suas influências sacanas, esses acima e outras coisas que se pode imaginar.

Todos bailando[editar]

Sim todos bailavam, remechendo as bundas de forma elegante, cantando óperas e afins... mas baile mesmo foi quando a falange de Adolfinho foi nos cabarés e acabou com a festa, tudo porque ele não conseguiu uma vaga no grupo das vedetes safadas (e ele fez questão de tentar o das menos recatadas pra poder se soltar), e assim foi a queda dos cabarés, mas não totalmente, uma vez que seus resquícios se espalharam por todo o globo, salvo alguns dos países asiáticos, isso porque é o único lugar que em que se superava a elegância e talento dos cabarés... ora, eles têm gueixas, que são putinhas deusas completas.