Cadeira do Stephen Hawking

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira da Inglaterra.png GOD SAVE THE DESCIC£OPEDIA!!

The Merlim's Order First Class garante que este artigo é 100% inglês. Ele é industrializado, casto, vitoriano e tem a aprovação de Câmara dos £ordes.

The £ondon Royal British Association of England vigia este artigo.
Rainhavitoriapre.jpg
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Você pode adquiri-la por 899 parcelas de R$19,99, tudo isso, somente na Polishop!
Eis a cadeira.

Cquote1.png Você quis dizer: Cadeira Máxima? Cquote2.png
Google sobre Cadeira do Stephen Hawking
Cquote1.png Você quis dizer: Deusa das cadeiras? Cquote2.png
Google sobre Cadeira do Stephen Hawking
Cquote1.png É apenas uma cadeira, tolos... Cquote2.png
Stephen Hawking sobre a cadeira
Cquote1.png Significa PRE-RI-GO! Cquote2.png
Seu Madruga sobre caveira (e a cadeira, também)

A Cadeira do Stephen Hawking (conhecida também como Suprema Cadeira Universal Max Payne Turbo Ação) é um dos artefatos mais raros do universo.

Stephen Hawking tem poder igual a cadeira e é o único digno de botar o próprio traseiro nela, por ter estudado na Escolinha Acarajé Feliz (após ser reprovado na Escolinha do Professor Raimundo) e ser graduado no Castelo de Greyskull. A cadeira ainda tem a sua composição desconhecida, mas suspeitam que ela seja fruto do maior buraco branco já registrado na história. Desconfia-se que ela também seja uma das entidades mais inteligentes deste mundo (ou da Terra número 42), tendo profundos conhecimentos de Matemática, Física, Química, Astronomia, Astrologia, Desciclopediologia, Cadeirologia, Nerdologia, entre outras logias. Segundo a própria, o nome "cadeira" vem do indiano neandertal arcaico: "CA", "DEI", "RÂ" que, juntos, significam "cadeira".

A origem da cadeira[editar]

Estudos sugerem que a cadeira surgiu quando Deus ainda usava fralda, fruto de um buraco negro invertido supremo das trevas malignamente malévolo do mal malegno malegnoso da malegnidade malegnamente malegnosa & Knuckles, a cadeira então deu origem ao homem e Deus ficou com todo o crédito, pois ela era muito humilde.

Um dia, Deus, depois de descansar após ter realizado toda a criação (que não existiu, segundo Stephen Hawking), resolveu tentar quebrar a cadeira nas costas do Satã, que já tava enchendo o saco com aquela história chata pra caralho de "coma maçã que não engorda". Mas antes de derrubar o tinhoso lá do alto, ele sentou na cadeira e, enquanto usava uma pequena parcela do poder dela para exterminar alguns alienígenas, resolveu então prender o capeta no Inferno, impedindo assim a dominação dos vogons endiabrados na Terra. Ficou com os créditos novamente, enquanto a cadeira ficou na dela, como sempre.

Quando resolveu criar a mulher, decidiu antes prototipar e construir o primeiro homem (na verdade, Adão foi o segundo). O resultado foi um cadeirante retardado chamado Abel, o que deu certo e foi um grande sucesso, é claro, não fossem os problemas de locomoção... mas Adão (que na verdade se chamava Caim), indignado por ter sempre que "dirigir seu irmão", um dia perdeu a paciência e o empurrou ladeira abaixo, com cadeira e tudo. Depois, tomou pra si a primeira e única mulher do pedaço, e nascia então Caim Júnior.

A cadeira, então, passou milênios no fundo do abismo, esperando um novo dono, com todo o seu potencial guardado, e foi descoberta por um nerd tetudo gênio chamado Antedeguemon, cujo nome de espião era Stephen Hawking, e assim os dois formaram uma amizade digna de filme da Sessão da Tarde.

Infelizmente, Stephen morreu de lambimia no ano de 69 d.C. (depois da cadeira), e agora a cadeira está no Acre, festejando com dinossauros da espécie Memesaurus rex.

Poderes[editar]

Os poderes da cadeira são vários, mas os mais famosos são:

. Editar uma página da Desciclopédia sem perder o humor

. Dar humor pra uma página da Desciclopédia

. Acabar com a corrupção brasileira

. Deixar a sua mãe bonita

. Fazer o Neymar ficar de pé pelo jogo inteiro

E por último, mas não menos importante, temos o poder supremo da cadeira, que é comer o cu de quem tá lendo.