Caderno relaxado

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Caderno)
Ir para: navegação, pesquisa
Thumb

Caderno relaxado possui o
Certificado Dedão Bottini de Qualidade!

Na compra do Caderno relaxado, você recebe o Certificado Dedão Bottini de Qualidade,
o que garante a qualidade e a durabilidade do produto. Então, compre! Compre! Compre! DICA: não se esqueça de adicionar a "Garantia Plus Shoptime"


...e mais uma folha bem usada.

Cquote1.png Experimente também: Orelhas de burro Cquote2.png
Sugestão do Google para Caderno relaxado
Cquote1.png Você quis dizer: Seu caderno Cquote2.png
Google sobre Caderno relaxado
Cquote1.png Você quis dizer: Caderno baiano repousando Cquote2.png
Google sobre Caderno relaxado



Caderno relaxado é o que o nome diz, e você, ao ler o título desse artigo pode até se perguntar: "Por que não Caderno ao ínvés de Caderno relaxado? Simples: Por mais zeloso que o aluno seja, no fim do ano, qualquer caderno é relaxado. Claro que há alguns, como o seu por exemplo, que já o são na primeira semana de aula. Agora já sabe que esse artigo é sobre: manchas de gordura, borrões, orelhas de burro, etc. A sua chance de procurar algo mais interessante pra ler é essa.

Abrindo as infelizes páginas[editar]

Vamos deixar de lado a celulose, porque senão esse artigo acabará por se tornar ecológico.
Na capa, um exemplo a não ser seguido.
Não se sabe porque existe o tal de "bloco rascunho", sendo que ninguém o usa, quando alguém ainda se presa a pré-escrever antes de passar ao caderno, escreve em versos de provas, no verso das páginas que não gostou de sua agendinha (gurias no geral), ou na contracapa do próprio Caderno Relaxado.
Um ser que devora os livros.
A única forma da Turma da Mônica ir pra escola.
Todo caderno no fim do ano está três vezes com a espessura menor do que no início, isso porque as folhas são arrancadas para fazer aviõezinhos, mísseis desde pequenos que são grudados no teto da sala de aula, no quadro negro e na tela dos computadores, até mísseis maiores, que são arremessados na cara dos colegas e, quando se tem certeza de não ser descoberto, até em um professor ou professora. O principal motivo, porém, da maior parte das folhas serem arrancadas, é que, pra quase todas as provas, os alunos tem que arrancar folhas e copiar o conteúdo, e isso já leva quase metade do tempo do exame, e todos ficam a se perguntar: onde cargas d'água foram parar aquele bloco sulfite de cem ou duzentas folhas que foi pedido na lista a cada aluno?
Lição feita, mesmo à meia-luz.
No interior de um caderno encontram-se muitas coisas interessantes, não as matérias, claro, pois todos sabem que mais da metade do que é ensinado não vai ser usado nunca, mesmo em matérias da faculdade. Revistas de vários tipos são aí encontradas, tais como Playboy, Sexy, Hentai, Turma da Mônica (jovem ou tradicinal), mas não apenas isso, toda espécie de coisas estranhas: chicletes mascado, fios de cabelos daquele gatinho, nos cadernos das gurias... ou de alguma biba da sala de aula.
Isso atrai professores tipo Snapes...

Falando nos cadernos das gurias, aí há bilhetes com uma verborréia que você nunca imaginou existir: A fulana é uma puta, a outra lá já deu a boceta praquele vesgo, e muitas outras poesias desse tipo. Elas também os usam para bater em pessoas como eu e você, pelos motivos mais tontos ou não.

As capas dos cadernos relaxados são tão variadas que nem é possível falar sobre todas, mas quando o dono tem a possibilidade de escolher seu próprio caderno, isso pode revelar algo de suas preferências, inclusive sexuais, mas é melhor eu nem me por a escrever sobre isso, porque sou bem parecido com você.

Ainda sobre a capa, não sei para que tanto design, concorrência e capricho dos fabricantes e tanta escolha dos consumidores, se todos eles em poucos meses viram brochura completa. Apesar disso, lá estão, desfilando nas prateleiras: paisagens, animais, homem aranha, abelhas podrosas, Barbie, Bob Esponja, Mônica, Shrek,
Típico fã de Naruto mostrando o que faz nas aulas.
Harry Potter, atores e atrizes da Malhação (ou algo ainda pior), bundas molhadas (quando é de muié é bom), bundas secas, descabelados, capeta, satanás...
...mas, pensemos bem: Antes usar cadernos, do que viver com a mão numa vara endurecida.

Caso você esteja resfriado em aula, jamais limpe esse seu nariz com as páginas, porque vai ficar em carne viva logo nas primeiras aulas: absolutamente não é o tipo de papel feito pra isso. Use de preferência a camiseta, principalmente as de uniforme que são feitas de algodão, ou falte mesmo. Não é aconselhável, também, para limpar uma certa região, caso falte papel no banheiro, por sinal use o banheiro do estabelecimento de ensino apenas em casos urgentes: até mesmo nos melhores colégios, escolas e faculdades, se encontram coisas inimagináveis, mesmo que, de primeira olhada, pareça limpo. Inclusive aí você pode encontrar aquela biba que é apaixonada por você, que deve ser grato por ela emprestar os cadernos (bem menos relaxados que os seus), sempre que você precisa faltar por sérios motivos pra gazear.

Cquote1.png Não esqueçam de tirar as arestas! Cquote2.png

Avaliação, sim, como poderia não escrever sobre ela? Não, não, mas não escreva sobre ela, que os borrões no seu caderno vão piorar o conceito do(a) professor(a) a respeito dele. Servindo de consolo, você sabe ao menos, que essa coisa vai diminuindo conforme você passa de ano, sim, no ensino fundamental isso é inevitável, e você não é dono do seu nariz nem da aparência de seu caderno, e ainda costuma valer nota, ou pior: não valer nota depois que o mestre corrige. Se você não tem saco para manter seus cadernos em ordem até estar com um grau de cultura (ao menos no histórico) em que a responsabilidade do seu caderno é só sua, e ele pode ser o que é: relaxado, então estude visando um dez, para as provas e, capriche mesmo no trabalhinhos, sim trabalhinhos: aquela sua fofura cheia de bichinhos kawai, aquela letrinha maravilhosa revelando um texto de cópia pura, e sem entender nada do conteúdo... mas, os mestres e mestras são mongos, mesmo parecendo espertos e vão fácil na sua onda.

No ensino médio é quase impossível um professor ou professora avaliar cadernos, mas se acontecer não esite: arranque uma folha de caderno, anote o nome do querido(a) professor(a) e leve naquele lugar especial.


Esp01.jpg
Esp01.jpg
Esp01.jpg



Pensa que acabou?


Não, não acabou nada, e essa frase é chata de se ouvir quando o professor ou professora de matemática diz que tem mais coisas sobre um cálculo, mas sobre o caderno relaxado, continue lendo e descubra que significa algo tão chato quanto isso.

Aloka recomenda esse caderno.
...e esse ela usa.

Quando você volta das férias do meio do ano, ainda se conforma em usar os mesmos cadernos, mas se você volta às aulas em outro ano letivo, e seus pais aliando a mão de vaca ao castigo por você ter reprovado, querem que você use as folhas restantes, até que não reste mais nenhuminha, para só então comprar novos cadernos, sim, sim, faça cara de bunda, mas existem truques. O mais simples deles é se o ano ou as férias estiverem acabando faça aquela letrinha que pega duas linhas, use a folha de um lado só com a desculpa de que faz fantasma. A melhor forma ainda é guerra de pelotas de papel com as indesejadas folhas: acerte todos: emos, nerds, fraquinhos, sérios, palhaços, valentões, mas esses últimos você deve evitar que saibam quem jogou. Já se você for o valentão, sem problemas, até os outros brigões irão dar uma risadinha amarela do torpedo que levaram no meio da cara.

Se não escapar de ter que repetir cadernos, tendo ou não repetido de ano, seja por razões financeiras ou o que for, então descarregue sua revolta, pegue um dos cadernos relaxados, e porque não dizer agora, muito relaxados, e fique em um dos corredores para dar cadernada em quem passar, jurando que foi sem querer. Uma bela cadernada que decarregará sua ira. Melhor ainda quando em um professor ou professora, e não tem coisa que melhor teste sua inteligência do que ter uma desculpa que os faça acreditar que foi sem querer, sim você mostra nessas horas o quanto é um aluno aplicado.
Repare pelos furos centrais que até as cartas importantes começaram sendo um caderno... relaxado.
Use o caderno também para tapar sua cara quando ri, ao fazer coisas desse tipo, ele é ótimo para isso desde que você saiba fazer. O caderno relaxado é o utencílio que mais prova o quanto se está aprendendo, mas não é necessariamente ao escrever nele. Sobre cadernadas, você já deve estar letrado nisso de tanto levar das gurias, aquilo que foi descrito acima, mas nunca sabemos os motivos do porque de tantas cadernadas da parte delas, se passar a mão na bunda ou nos peitinhos e peitões é por cima da roupa não há troca de fluidos, o caderno relaxado é testemunha disso, não, o beijo sim troca saliva mas um belo de um amasso naquela bunda gostosa não tem fluido nenhum, não, não dá pra entender porque as cadernadas, que mais parecem pedradas, claro que isso é pra quem leva, pra quem dá é carinho.

Bom, você pode se vingar delas, descubra quando estiverem menstruadas (é mais fácil do que se imagina), e com aquela cara de cretino, mostre uma folha de caderno com uma enorme mancha vermelha, elas entendem na hora e ficam com mais vergonha do que os pais daquele veadinho quando têm que ir no estabelecimento de ensino.

Você pode até ter um diário (ui), mas jamais use o caderno relaxado, que você já deve ter percebido que é o didático, para anotar algo comprometedor sobre sua pessoa ou, que criatura for que você conheça, a chance de ser descoberto e lido por quem não era pra ler, se multiplica, mesmo que o caderno não seja de matemática.

...caderno de matemática faz lembrar miolos queimando, o que também faz lembrar dos pneus de Ferrari e consequentemente das capas com ferrari para dar uma bela viajada, nas horas daquela aula chata e que você já entendeu tudo que tinha que entender... ou nem entendeu muita coisa, mas tem horas que o TDAH não permite mesmo muita concentração e o pensamento corre de um lado a outro, então melhor que rode em uma ferrari imaginária. Há desatentos... ou bem atentos, que gostam de uma gostosa no banco ao lado nessas viagens, mas outros querem curtir só. Curtir até que alguém interrompa, quendo é um colega ainda vai de ferrari mas, se for quem está dando a aula, pode se preparar que talvez você se ferrari, sem chance de reclamação, aliás quem vai ouvir reclamação são seus pais, de que você estava dormindo em aula...
Só pra ter a sensação de estar rodando para fora da aula chata.
mesmo estando sonhando em cima do caderno, sem dormir necessariamente.
Se o caderno já vai estar ferrado, que ao menos tenha uma Ferrari na capa.

O mesmo vale para os papéizinhos comprometedores, que podem ferrar legal. O último lugar em que você deve por é dentro do caderno relaxado, ele adora aremessar esses papéis para fora dele como uma rajada de porra nas horas mais inadequadas, e você que se foda lasque Falando em lascar, para não manchar seu caderno, é bem simples, é só não escrever nele. Sim, a própria caneta dá umas belas gorfadas, sem que você faça nada para que aconteça, mas comer lendo ou escrevendo, já é relaxo multiplicado, sim, manchas de gordura, ou de Bis, ou de porra... mas, nesse último caso você apenas imagina que está comendo, mas enfim, caderno manchado que não seja das acidentais canetas, é mais feio que professor gay... bom, tem coisas mais feias só pra não ser homofóbico.

Agora chega de tanto relaxo, mas fique esperto e não deixe a lição atrasar para ter que fazer tudo de uma vez depois, e ficar vendo linhas de caderno relaxado em todo lugar para onde olhar: isso pode causar confusões do tipo: sua mãe pedir para guardar a louça e você ver uma linha no lugar errado e pensar que é a base do armário derrubando um copo em seu pé, que fará sua mãe se lamentar pelo copo, mas não pelo pé... ou ainda, achar que está pegango na cintura de sua ficante regulada, mas achar que a linha da calça ou da saia é mais embaixo e mandar-lhe a mão na bunda...

...e as linhas de caderno são mesmo sinistras, elas demoram mais para sumir do que o efeito de horas seguidas de game ou computador.

Galeria[editar]

Ver também[editar]