Caeté

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Caeté é uma conhecida cidade de Minas Gerais. Podemos fazer uma metáfora envolvendo Caeté e filhotes de pombas: você já ouviu falar mas nunca viu. A maior citação e atenção que Caeté teve do resto do mundo foi em uma lista da revista Veja que mentia (isso é obvio) que a região era um dos 9 lugares para se praticar práticas radicais como um atentado terrorista ou fundar um partido extremista.

História[editar]

Caeté em clima cagado.
O trânsito ajustado e organizado de Caeté.

A história da cidade se resume aquelas explorações escrotas que exploradores faziam para o meio do nada, rumo ao meio do país. A cidade acabou sendo considerada o lugar perfeito pois os exploradores achavam que na época precisavam de um lugar que estivesse o mais longe possível do Rio de Janeiro que não teria sua economia afetada e mais alguns blá blá blás.

Então fizeram uma igreja no topo de um dos morros mais altos que circundam a região. Tudo isso, claro é uma simbologia: os padres queriam mostrar que estavam vendo tudo e tal como o grande Irmão faria, iria punir duramente quem estivesse fazendo coisas ruins como se masturbar e ficar pulando a cerca.

Geografia[editar]

  • Relevo: o relevo de lá varia entre: morros sem nada de especial e terreno plano. É realmente como uma aula de artes em que você tem que diferir risco grosso de risco fino. O relevo é a parte menos interessante de Caeté, ninguém se importa com ele. Ele só serve para algo quando temos que achar algo de útil para a região e dizem que o lugar é perfeito para fazer esportes radicais.
  • Hidrografia: índice pluviométrico: chove pelo menos 500 litros de água por dia, por isso quando você for ver fotos de Caeté vai ver sempre fotos mostrando clima nublado. Alguns falam que é por causa da umidade do ar que é grande, devido as lágrimas das pessoas loucas para sair de um buraco como Caeté.
  • Clima: Dizem que Caeté tem dois climas, esses dois climas fazem com que a cidade seja uma cidade bipolar, tal como seus habitantes: no lado feliz, o clima é sempre quente, tem pessoas fazendo sexo na rua e gente bebendo cerveja enquanto ficam rindo da cara de alguém que fez alguma besteira grande. O outro clima é o clima cagado: sabe naquele domingo sem-graça em que o clima está nublado e não chove? Esse é um clima cagado. Nesse pólo, os habitantes tem todos cara-de-cu.

Atualmente[editar]

Permanece sendo melhor que Sabará. Grandes bosss...