Cafelândia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Cafelândia é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Na União Soviética a cidadezinha não conheçe VOCÊ!!!

Sciences de la terre.svg.png
Cafelândia Cidade de ferrovia
CapuccinoDE BOSTA.jpg
Bandeira
'Algum dia seremos os maiores exportadores de café'
Hino Xi...
Local No meio do nada
Idioma Analfabetismo completo
Geografia
Clima De dia, um calor infernal. De noite, um frio que não tem quem aguente
Locais de Referencia Inexistente, afinal, lá não tem nada para ver
Economia Baseada somente na venda de cafés
Produtos Exportados Café
Política
Governo
Nuvola apps core.png
Ditadura parlamentar
Atual Prefeito
Nuvola apps core.png
Qualquer um que saiba escrever pelo menos o próprio nome
Vice-Prefeito
Nuvola apps core.png
Se já é difícil ter um prefeito...
Mídia
Cidadãos Ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Tumbleweed.gif
Esporte Símbolo MWAHAHAHAHAHA!
Santo Local Satã

Cquote1.png Você quis dizer: Campo aberto Cquote2.png
Google sobre Cafelândia
Cquote1.png O senhor não quer nos visitar para tomar uma xícara de café? Cquote2.png
Dona Florinda, telefonando para o Professor Girafales, para ver se consegue atrair pelo menos um turista
Cquote1.png Se a senhora me disser onde fica... Porque o mapa não conseguiu me dizer Cquote2.png
Professor Girafales respondendo


Smile xicara.JPG

Cafelândia, assim como o próprio nome já sugere, é um vilarejo uma cidade que tem como principal fonte de renda o cultivo de café - Ou não. Localizada bem no interior do Estado de São Paulo, Cafelândia é considerada uma cidade bastante tranquila, visto que nenhum bandido consegue sequer chegar lá. Na verdade, ninguém consegue chegar lá, o que torna Cafelândia uma verdadeira cidade de um homem só.

História[editar]

Para podermos explicar como se deu o surgimento de Cafelândia, é necessário primeiro explicar todos os fatos que aconteceram um pouco antes. De acordo com algumas fontes fiáveis [carece de fontes], Cafelândia surgiu quando um doido resolveu construir uma ferrovia naquele fim do mundo. Como esse doido não queria que a sua preciosa ferrovia ficasse jogada aos fantasmas, ele resolveu construir um barraco de madeira ali por perto, e inventou que aquilo era p começo de uma cidade, que algum dia seria quase do tamanho de Nova Iorque (MWAHAHAHAHAHA!).

Cafelândia em horário de pico.

Depois de ele ter feito isso, ele conseguiu atrair alguns moradores para a cidade todos membros do MST que não tinham mais para onde ir. Seja como for, ele conseguiu aumentar a população daquele monte de terra que ele chamava de cidade, de 1 pessoa para 24. Para começar, já estava bom. Porém, o sujeito ainda precisava arrumar um jeito de fazer a cidade crescer à longo prazo, afinal, como só tinha cueca naquela cidade, não haveria reprodução.

Então, depois de muito pensar, o doido arrumou uma solução sensata - Ou não: Ele iria contratar a irmã e a esposa do Chefe O'Hara, que são duas putas pagas, para dar para todos os homens da cidade. Dessa forma, as putas pagas teriam filhos, e, se pelo menos uma das crianças fosse mulher, a cidade estaria (quase) salva, pois, no futuro, ele apenas precisaria fazer com que a garota desse para todo mundo e tivesse pelo menos mais 24 mulheres e começar o ciclo vicioso.

Placa que indica com perfeição a atual situação de Cafelândia.

E assim foi: A irmã e a esposa do Chefe O'Hara foram para o esboço de cidade com muito prazer (obviamente, após terem procurado no Google Maps e de terem feito uma macumba forte e perguntado a localização dessa cidade para algum demônio). Depois delas chegarem na cidade, elas fizeram exatamente aquilo que as putas pagas fazem, e, depois de nove meses, elas tiveram os filhos. E, para a sorte de todo mundo, a criança era uma mulher!!

Após ter resolvido esse problema com a taxa de natalidade, o doido que fundou essa cidade decidiu que era hora de resolver em que seria baseada a economia daquela cidade, afinal, sem uma economia, por mais que a cidade crescesse, ela nunca conseguiria se manter. Isso era um real problema, porém, a solução não demorou muito para aparecer: Um caixeiro viajante que estava chegando na cidade (não me pergunte como), ofereceu algumas sementes de café para o doido, em troca de alguma coisa que o doido não iria precisar muito. Após terminarem de fazer o "acordo", o doido plantou as sementes, e, após algumas semanas, começaram a nascer os primeiros pé de café.

Com o nascimento desses pé de café, a economia da cidade estava salva. Então, considerando que foi o café que salvou a café de falir por completo, o doido nomeou a cidade como "Cafelândia", além de que ele, finalmente, se nomeou o prefeito (sim, antes desse dia, ele ainda era apenas um simples cidadão comum).

População[editar]

É bastante difícil saber o número exato de pessoas que moram em Cafelândia, afinal, apesar de ter poucos moradores nessa cidade (pra não dizer nenhum), nenhum funcionário do IBGE conseguiu chegar até lá... Bem, eles até tentaram, porém, eles nunca mais voltaram... Talvez ele tenham se perdido enquanto estavam atravessando a esquina entre a Casa do Caralho e o Cu do Mundo. Bem, ninguém sabe o real paradeiro desses bravos funcionários.

Por conta do desaparecimento de todos os funcionários do IBGE que tentam chegar em Cafelândia, o governo já pensa em contratar o Bear Grylls, afinal, ele é o único que tem experiência em sobreviver por vários meses no meio do mato... Uma coisa é certa: Se o Bear Grylls não conseguir chegar até lá, com certeza ninguém consegue.

Pontos turísticos[editar]

Monumento artístico no centro de Cafelândia. Apesar de toda essa imponência apresentada, ele demorou apenas 1 dia para ser finalizado, afinal, mesmo sendo poucos moradores, ele não tinham nada para fazer, e se dedicaram o dia todo.

Bem, apesar de não ter nada de bom em Cafelândia, de acordo com algumas mensagens enviadas por supostos moradores de Cafelândia, a cidade tem alguns pontos turísticos que você com certeza nunca ouviu falar, e, provavelmente irá morrer sem tomar conhecimento. Bem, vamos à lista, mas lembre-se: Tudo o que aqui foi escrito é baseado apenas em estórias da carochinha. Ou seja, ou é mentira de pescador ou é apenas mais um trote de gente que quer aparecer na Desciclopédia.

  • Carnaval de Cafelândia: Este é um dos principais eventos de Cafelândia, pois consegue atrair um número recorde de turistas para a cidade: 1 pessoa, que viu os fogos enquanto estava perdida no meio do mato. Com esse bêbado visitante adicional, os poucos moradores de Cafelândia se reúnem, e ficam ouvindo Pena Branca & Xavantinho e tomando pinga até o Sol raiar... Bem, pelo menos, quando eles dirigem após beber, não tem perigo de atropelar ninguém, afinal, não tem ninguém na rua.
  • Rodeio em Cafelândia: Um rodeio no mínimo exótico, pois, ao invés de cavalos, a população amarra formigas nas costas de galinhas, e ficam apenas observando e apostando o toba para ver quem acerta quanto tempo a formiga vai conseguir se aguentar. De fato, este é um rodeio animado.
  • Cafeartes: Com certeza, um dos melhores eventos da cidade como se existissem muitas opções. Bem, nesse evento, todos os moradores da cidade (e qualquer um que queira, apesar de nunca aparecer ninguém), entram em um casebre de madeira, e ficam expondo as suas obras de artesanato e algumas pinturas em que eles utilizaram tinta feita com extrato de café. Bem, essa é uma das competições de mais alto nível de todo o Brasil, afinal vale lembrar que os moradores de Cafelândia tem todo o tempo do mundo para trabalhar em suas obras, visto que na cidade não se tem absolutamente nada para se fazer.

Ver também[editar]