Caiena

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Caiena é a gloriosa e orgulhosa capital da Guiana Francesa. Quando você chega no Oiapoque e acha que chegou ao fim do mundo está enganado, ainda tem Caiena bem mais adiante, e acredite, é muito mais fudida.

História[editar]

Governador de Caiena fazendo um famoso pronunciamento pela televisão.

A cidade surgiu quando aquela zona toda não passava de um canto ignorado por espanhois, portugueses, britânicos e holandeses, que não viam futuro naquela poça de malária e calor infernal de terras inférteis. Todavia, foi um local onde os franceses encontraram a oportunidade de montar uns barracos para fazer um número na América do Sul.

Cidade daquelas bem fudidas, de fazer o Amapá ser um lugar bom para você ter a ideia do nível. Caiena até chegou a ser tomada pelo Brasil entre janeiro de 1809 a novembro de 1817. Como se pode notar o governo brasileiro não precisou de muito tempo para se arrepender de adquirir aquela porcaria. Rapidamente devolveram para os franceses com a promessa de nunca mais querer pegar aquilo.

Atualmente consegue a façanha de ser pior que as capitais vizinhas Georgetown e Paramaribo.

Economia[editar]

Economia forte, baseada na produção de camarão e malária.

A atividade turística outrora uma grande fonte de renda da cidade tem decaído muito depois que o canibalismo voltou a ser liberado após lei aprovada no Congresso.

Cultura[editar]

Caiena é uma cidade de imensa diversidade étnica, reconhecida pelos carnavais, bacanais e orgias mais badaladas ao norte da Linha do Equador na América do Sul.

A cidade mantêm a forte tradição da culinária francesa, todavia pela dificuldade logística de alguns ingredientes, há muitas substituições, como por exemplo o escargot é substituído por lesmas encontradas sob troncos velhos de árvores, o camembert é substituído por mussarela e o vinho trocado por pinga.