Caio Castro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do Estado de São Paulo.svg.jpg Salve, mano! Este artigo é paulista, que não gosta de Gaúcho e Carioca e se acha um puta trabalhador né, meu! E não tá completo pois o vacilão foi tomar um chôps e dois pastel, meu!
Caio Castro Castanheira
Caio Castro Castanheira
Nascimento 22 de janeiro de 1989
Bandeira do Brasil Brasil link={{{3}}} São Paulo Praia Grande
Ocupação Ator, modelo e apresentador
Signo Aquário
Cabelo Ruim

Cquote1.png Esse cara é um prodígio, consegue castrar os outros ao mesmo tempo em que está caindo! Cquote2.png
Idiota sobre Caio Castro

Caio Castor é uma versão genérica do Cauã Reymond, diferenciando-se unicamente por não ter aquela boca inchada de quem paga boquete o dia inteiro. De resto, ambos são praticamente iguaizinhos: atores medíocres que começaram a carreira trabalhando como modelos e ficaram conhecidos por interpretar personagens ridículos em Malhação. Fora que tanto um quanto outro tem um cabelo horrível pior que Bombril, mas tiveram uma reformulação no visual em que cortaram as jubas e deixaram a barba e o bigode por fazer, transformando-se assim em autênticos galãs idolatrados por uma legião de fãs gurias retardadas.

Pré-carreira[editar]

Antes de ser a merda que é atualmente, Caio Castro foi um jovem aprendiz de mendigo, que passou a infância inteira aprendendo as melhores técnicas para pedir esmola e assaltar velhinhas indefesas na rua. Sua vida parecia estar fadada à mediocridade, até que foi pego no flagra pela polícia enquanto cometia um de seus delitos. Para escapar, ele correu muito, mas muito mesmo, tanto que foi parar a pé no Rio de Janeiro, onde conseguiu infiltrar-se facilmente em meio às bocas de fumo controladas por traficantes locais.

Certo dia, enquanto andava tranquilamente pela favela planejando o que fazer para seguir adiante mendigando sem ser reconhecido, foi encontrado acidentalmente por Luciano Huck, que estava à procura de algum pobre qualquer para encher linguiça participando daqueles quadros marmelada de seu programa em que ele ajuda os infelizes a realizar sonhos. Assim, Castro foi escolhido, e topou participar em troca de um bom suprimento de comida vencida.

Parecia estar ocorrendo tudo tranquilamente, mas na hora em que o Caldeirão do Huck ia ao ar, a produção incompetente do programa confundiu Castro com um dos participantes de um concurso que iria escolher o novo protagonista de Malhação. Após um bom banho, ele ficou com uma aparência até que apresentável, e acabou ganhando a competição, mesmo sem estar realmente concorrendo. Pudera, era cada lixo de candidato!

Carreira[editar]

Caio Castro soltando a franga.

Assim como vários outros projetos de galã, Caio Castro estreou como ator em Malhação, graças ao concurso do qual participou acidentalmente no Caldeirão do Huck. Mesmo sem saber atuar porra nenhuma, conseguiu fazer sucesso entre as aborrecentes alienadas leitoras da Capricho, já que a revista tem um conchavo com a Globo para promover o elenco daquela novela tosca e logo estampou Castro em suas capas.

Após participar de três temporadas consecutivas de Malhação, Castro acabou ficando convencido de que realmente tinha algum talento, já que não parava de ouvir elogios vindos de um seletivo público com uma média de 15 anos de idade. Com avaliações críticas tão primorosas e confiáveis, ele acreditou estar no direito de exigir ser promovido para uma novela menos pior, e por incrível que pareça, teve seu pedido atendido. Foi então colocado para encher linguiça em Ti Ti Ti, um remake homônimo de uma outra novela antiga que ninguém mais lembrava.

Nos anos seguintes, continuou interpretando papéis irrelevantes nas telenovelas globais, até ser convidado para estrear no cinema. Atuou então em diversos filmes de baixo orçamento até finalmente retornar à televisão, desta vez participando de uma série exibida pelo GNT, uma das muitas subsidiárias da Globo.

Retornou às novelas recentemente, atuando como o vilão insosso de I Love Paraisópolis, onde finalmente sua canastrice ficou mais do que evidente. Desde então, seu contrato com a Globo expirou, e ainda não há sinais de que vá ser renovado.

Vida pessoal[editar]

Sua primeira namorada famosa foi Sophie Charlotte, que interpretou a mocinha da mesma temporada de Malhação que ele protagonizou. Antes dela, Caio Castro comia apenas barangas anônimas.

Desde o término do namoro com Charlotte, Castro vem colecionando outras atrizes globais como peguetes, sendo as mais notáveis Monique Alfradique, Adriana Birolli e Ísis Valverde. Sua mais recente conquista foi Maria Casadevall, com quem já contracenou algumas mais de 8000 vezes.