Call Me

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg
Kiss.jpg

Chuck Berry deu sua benção a este artigo!

Obrigado! Este artigo se sente mais forte agora :)

Clique aqui para mais abençoados.

Punkaosairdeshopping.jpg Este ser curte Panque Roque.

E deve praticar cheiramento de gatinhos ouvindo The Clash,
assim como todos os revoltados listados aqui.

Babel fish.gifTraduzindo: Me Liga
Babel Fish sobre Call Me
Cquote1.png Essa música é familiar! Cquote2.png
Ozzy Osbourne e integrantes do Black Sabbath sobre Call Me
Cquote1.png Se você aceitar a cobrar até vai! Cquote2.png
Pobre sobre Call Me
Cquote1.png Quantas homenagens ao ouvir essa música! Cquote2.png
Teu pai e sua intimidade do banheiro sobre Call Me
Cquote1.png Será que surgiu daí o colorido no rock? Cquote2.png
Alguém sobre o 1º verso da música

A rivalidade entre as Frontwomen do rock setentista era tensa. De um lado, tinha uma lésbica, do outro, uma mulher que não queria que a entendessem errado, e do outro, uma mulher que só queria que acabassem com as piadinhas de loira, sendo que esta ainda está na luta por isso, e, em mais um passo pra finalmente conseguir seu objetivo na música, os diretores de Gigolô Americano a confiam pra fazer a música tema do filme, mas, como estava sem inspiração pra fazer um instrumental e muito menos uma letra, recorrem ao bom e velho plágio, que, quando não descoberto, ajudava muito (e ainda ajuda) músicos a completarem seus CDs, e até sonhar com rádios, paradas e lucros consequentes.

Viu que uma banda chamada Iron Maiden havia plagiado outra chamada Black Sabbath numa música chamada “Chldren of the Grave”, e, Debinha e Seus Blue Caps resolvem entrar na onda de plagiar essa música do Black Sabbath também, já que eles nem perceberam o do Iron Maiden, imaginavam que também não perceberiam esse que estavam arquitetando pra colocar nesse filme. Feito isso, pensaram em “Hanging On The Telephone”, e pensaram em fazer uma espécie de parte 2 da música, assim, surgindo “CALL ME”, música que, devido as atuais tecnologias, não seria viável, já que se chamaria outra coisa (talvez “Send Me An E-Mail”, “Tweet Me” e outras coisas)

Enredo:[editar]

É uma história romântica original do New Wave: uma garota sentiu um amor do tipo “amor de pica quando bate fica” por um rapaz que trampava de pintor, e tenta ganhar o amor dele usando linguagem incompreensível, metafórica e corporal.

Letra:[editar]

Original:[editar]

Colour me your colour, baby
Colour me your car
Colour me your colour, darling
I know who you are
Come up off your colour chart
I know where you're comin' from

Call me (call me) on the line
Call me, call me any, anytime
Call me (call me) my love
You can call me any day or night
Call me

Cover me with kisses, baby
Cover me with love
Roll me in designer sheets
I'll never get enough
Emotions come, I don't know why
Cover up love's alibi

Call me (call me) on the line
Call me, call me any, anytime
Call me (call me) oh my love
When you're ready we can share the wine
Call me

Ooo-oo-oo-oo-oo, he speaks the languages of love
Ooo-oo-oo-oo-oo, amore, chiamami, chiamami
Ooo-oo-oo-oo-oo, appelle-moi mon cherie, appelle-moi
Anytime, anyplace, anywhere, any way
Anytime, anyplace, anywhere, any day-ay

Call me (call me) my love
Call me, call me any, anytime
Call me (call me) for a ride
Call me, call me for some overtime
Call me (call me) my love
Call me, call me in a sweet design
Call me (call me), call me for your lover's lover's alibi
Call me (call me) on the line
Call me, call me any, anytime
Call me (call me)
Oh, call me, oo-hoo-hah
Call me (call me) my love

Call me, call me any, anytime

Tradução boa:[editar]

Pinte-me com sua cor, garoto,
Pinte-me em seu carro
Pinte-me com sua cor, querido,
Eu sei que é você
Apareça com sua palheta de cores
Eu sei de onde você veio

Me ligue (me ligue) na linha
Me ligue, me ligue a qualquer, a qualquer hora,
Me ligue (me ligue) meu amor
Você pode me ligar em qualquer dia ou noite
Me ligue

Cubra-me com seus beijos, garoto,
Cubra-me de carinho
Rode-me em suas folhas de desenhista
Eu nunca consegui tanto
Emoções vêm, e eu não sei por que
Esconda o álibi do amor

Me ligue (me ligue) na linha
Me ligue, me ligue a qualquer, a qualquer hora,
Me ligue (me ligue) meu amor
Você pode me ligar em qualquer dia ou noite
Me ligue

Ooo-oo-oo-oo-oo, ele fala os idiomas do amor
Ooo-oo-oo-oo-oo, amor, me ligue, me ligue
Ooo-oo-oo-oo-oo, meu amor me ligue, me ligue
A qualquer hora, em qualquer lugar, em qualquer lugar, de qualquer maneira
A qualquer hora, em qualquer lugar, em qualquer lugar, de qualquer maneira
Me ligue (Me ligue) meu amor
Me ligue, Me ligue a qualquer, a qualquer hora,
Me ligue (Me ligue) para um passeio
Me ligue, Me ligue para algum serão
Me ligue (Me ligue) meu amor
Me ligue, Me ligue em um doce desígnio
Me ligue (Me ligue), me chame para o álibi amoroso de seu amante
Me ligue (Me ligue) na linha
Me ligue, Me ligue a qualquer, a qualquer hora,
Me ligue (Me ligue)
Oh, Me ligue, oo-hoo-hah
Me ligue (Me ligue) meu amor

Me ligue, Me ligue a qualquer, a qualquer hora

Babel Fish:[editar]

Colora-me sua cor, bebê
colorem-me que seu carro
me colore sua cor, querido
eu sei quem você é
vindo acima fora de sua carta de cor
eu sei onde you' re comin'
da chamada que eu (me chame) na linha

me chama, chame-me,
chamam-me a qualquer momento
(me chame) meu amor você pode me chamar todo o dia ou a chamada de noite

mim cobre-me com os beijos, bebê
cobre-me com o amor
rola-me nas folhas I& 039 do desenhador;
o ll nunca começ bastante
emoções vem, I don' t sabe
porque o encobrimento love' o álibi de

s cham-me-ar (me chame) na linha
chama-me, chama-me, chama-me a qualquer momento
(me chame) oh meu amor quando you' re pronto nós podemos compartilhar do vinho
chamamos-me

Ooo-oo-oo-oo-oo, ele falamos as línguas do amor
Ooo-oo-oo-oo-oo, amore, chiamami, chiamami
Ooo-oo-oo-oo-oo, cherie de segunda-feira do appelle-moi, appelle-moi
a qualquer momento, em qualquer lugar, em qualquer lugar,
toda a maneira a qualquer momento, em qualquer lugar,
em qualquer lugar, qualquer dia-ay

chamamos-me (me chame)
minha chamada de amor mim, chamamos-me, chamamos-me a qualquer momento
(me chame) para um passeio chamamos-me, chamamos-me para algumas horas extras
chamamos-me (me chame) minha chamada de amor mim, chamamos-me em um projeto doce
chamamos-me (me chame) chame-me para seu lover' s lover' o álibi de s
chama-me (me chame) na linha chama-me, chama-me, chama-me a qualquer momento
(me chame) oh, chama-me, oo-hoo-hah

chama-me (me chame) minha chamada de amor mim, chama-me, a qualquer momento

Análise da Letra:[editar]

  • Alguns acreditam que o começo da música indica a praga proliferação de coloridos no rock atual e o começo do tuning;
  • "Cover me with kisses, baby, Cover me with love" mostra que talvez (TALVEZ) não seja por dinheiro esse amor;
  • O que é um "Álibi do amor"? O Ricardão no caso das mulheres?
  • Anytime, anyplace, anywhere, any way" mostra que essa música é caso de MADA. E urgente...

Legado:[editar]

Após o sucesso dessa música, muitas músicas sobre telefonema foram feitas: a principal delas é do Evanescence, que temendo que ligassem chapado pra protagonista da música, a batiza de “Call Me When You're Sober”, Eric Prydz deu as caras com "Call On Me" e, até o grupo de pagode do Casseta & Planeta fez uma também: a “Liga Pra Mim”. E a banda começou a sofrer com trotes por muito tempo.

Mução não sabia o que fazer da vida, então, após ouvir essa música, decidiu seu futuro: fazer milhões passando trote pros outros.

2 anos depois, de saco cheio dos trotes que Debbie recebia, aliado a outros fatores, a banda acaba.

Quem já estragou a música:[editar]

A banda Franz Ferdinand, num momento onde faltava algo a fazer, resolve fazer sua versão pro hit. Pensando na hipótese de que sua versão seria um fracasso, resolvem chamar uma banda iniciante, sem que soubessem que levariam a culpa pela música ter ficado ruim, escolhendo assim, o La Roux, que, apesar do nome, é inglesa (se bem que, Indimente falando, não deveríamos nos surpreender com isso...).