Camargo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg
Camargo que você pensava

Camargo é uma cidade do Rio Grande do Sul que é conhecida por ser a terra natal de todos os Camargos... Sim, objetivo muito tosco o dessa cidade. Noutras vezes, por nunca ter ouvido falar na cidade, mas por já ter ouvido falar da cidade fabricante de cadernos (Serafina Corrêa)e na empreiteira Camargo Corrêa, logo lembram dessa última (nada anormal, uma vez que o faturamento dessa empresa supera, consideravelmente, a arrecadação do município).

Projeto muito complexo feito por Stronda.

Antigamente havia cablocos que imploravam esmolas a pessoas que passavam por um rio da região. Eles imploraram tanto que quando os italianos (os que fundaram a cidade) pararam para dar esmola, eles nunca mais deixaram eles saírem. Começaram a dormir em cavernas e eles não sabiam nem fazer fogo. Sr. Strondo, o fundador de Camargo, queria morar em um lugar onde não perderia a virgindade dignidade de se humano. Por isso, fez o primeiro esboço do Rio Grande do Sul.

Cquote1.png Mas eu pensava que cidades assim nem eram projetadas! Cquote2.png
Você sobre sua burrice

Strondo criou o esboço com as ruas e casas de Camargo, assim fundando a cidade mais tarde.

Projeção[editar]

Para projetar Camargo, Stronda pegou um guardanapo sujo que achou no chão e depois uma caneta que estava com pouca tinta para projetar as ruas e as casas.

Assim, desenhou uma casa com a caneta e depois pegou um pouco de catchup para fazer o sol vermelho e alguns arbustos vermelhos ao redor da casa. O único erro de Stronda foi fazer os arbustos e o sol vermelhos, pois ele deveria ser daltônico e não soube diferenciar as cores.

Assim ele convenceu seus guardas a criarem a cidade para pelo menos dar uma vida digna para Stronda que seria o primeiro italiano burro a pagar esmola para cablocos.

História[editar]

A história seguiu após a projeção feita por stronda. Desde 1906 não aconteceu mais nada de importante na cidade e ela permaneceu no anonimato por um longo período de tempo. Nisso, veio que na metade dos anos 70 e surge do nada um cantor chamado Zezé diCamargo que causou muita repercussão por suas músicas causarem vômitos repentinos e sua voz esguiçada causar rachaduras em vidros e inclusive em paredes. Era uma Raio Negro brasileiro a dupla.

Isso fez com que Camargo voltasse a ser famosa, porém a cidade ainda continuava na sombra dos cantores causadores de destruição de mentes.

O prefeito tomou medidas de colocar nas rádios que Camargo é uma cidade e não apenas cantores sertanejos que são usados como armas de destruição em massa.

Ninguém ouviu o aviso, por isso até hoje a cidade não é lembrada por ninguém... Mas os Camargos do Brasil ainda são lembrados como um sobrenome muito comum.

Ver também[editar]