Camboja

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
●Kambuj Kamboj Cambodge
●Kampuchea
●Carambola

Bandeira do Camboja.png Brasao camboja.png
Bandeira Brasão
Lema: Peguem seus detectores de metais
Hino: Digdig Kah Boom (O barulho da bomba explodindo em seus pés)
LocationCambodia Vietna.png
Capital Phnom Penh
Maior cidade Phnom Penh
Língua Phnom Pehn
Tipo de Governo Monarquia Pretensiosa
Rei Byrant Cheng
Heróis nacionais Lara Croft
Independência Foi o dia que o país explodiu
Moeda Phnom Penh
Religião Phnom Penh
População Gente pá caralho (1 zilhao +ou-)
Área Um círculo no meio da Indo-China (Pouco% de água)
Analfabetismo 90%
PIB per Capita 20.000(Phnom Pehn rende bastante dinheiro) USD/hab.
IDH 0.Pagani
Fuso Horário
9
Clima Úmido de matas subtropicais onde rola muita guerra
Site do Governo Os servidores do Camboja foram destruidos por um tsunami
Cquote1.png It's a holiday in Cambodia! Cquote2.png
Dead Kennedys sobre Camboja

Cquote1.png Welcome to the rice fields motherfucker Cquote2.png
Filthy Frank sobre Camboja
Cquote1.png Todo mundo morre no final Cquote2.png
Historiador sobre a história do Camboja
Cquote1.png La a levolução deu celto, veja você, agola todos no Camboja são iguais, igualmente pobles Cquote2.png
Chinês sobre Camboja

O Camboja é uma terra entre a Tailândia e o Vietnã. Já foi uma colônia francesa e foi transformado nos anos 70 pelo regime do Khmer Vermelho e seu líder visionário Pol Pot num grande shopping center de garotinhas (e camarão, mas isso não é importante).

História[editar]

Império Funan[editar]

O Império Funan foi a antiga civilização de ewoks que habitou e governou as florestas do Camboja 3000 a.C. Como não existe na vida real nenhum C3PO para traduzir os antigos hieróglifos dessa pitoresca civilização, pouco ou nada se sabe sobre o império funan.

Império Khmer[editar]

Angkor Wat erguido na época do Império Khmer.

O século IX foi marcado pelo florescimento do Império Khmer, um rascunho de Camboja que surge no ano de 802 com o glorioso rei Jayavarman II que foi sucediso por Jayavarman III que foi sucedido por Jayavarman IV que foi sucedido por Jayavarman XD que foi sucedido por Jayavarman LOL que morreu de ataque de babuínos com raiva e não deixou descendentes marcando o fim do Império Khmer. Foi nessa época que construíram belos templos como o famoso Angkor Wat, onde turistas do mundo inteiro visitam para apreciar suas antigas estátuas e relevos retratando dançarinas de topless interpretando a versão cambojana de a dança do siri.

Declínio[editar]

Durante séculos a família real do Império Khmer formada pelo rei, pela rainha, pelo príncipe e seus bailarinos e seus elefantes, alternaram períodos de paz e prosperidade, com períodos de fome e da guerra com os vizinhos. Enquanto Khmer enfraquecia devido a uma crise na produção de palitinhos de arroz, o vizinho Reino Sião evoluía economicamente graças ao comércio de prostitutas, até que no ano de 1400 o Império Khmer é derrotado por Sião que sequestra todas suas mulheres para exportar à Europa. A capital do Império Khmer "Ankor" é renomeado para "Siem Rath" que significa em sião "Ownado por Sião". O povo khmer é transformado em escravo e quase são extintos. Siem Rath ficou abandonada e o povo foi se esconder em Ankor Wat que estava escondido nas profundezas da floresta desde então.

Indochina francesa[editar]

O domínio de Sião durou até 1863 quando "Siam Khmer" é conquistada pelos franceses que chegaram para colonizar a região com o objetivo de dominar o mercado mundial de menininhas. Entre 1863-1953 o Camboja era um "protetorado francês", um termo que se aplica apenas muito vagamente e que ainda causa muita alegria entre os cambojanos. Além de explorar e explorar um pouco mais, a única coisa que os franceses deixaram que o povo cambojano adotou foi a mania de vestir boinas. A OMS até considera uma doença epidêmica a vontade incontrolável de querer vestir uma boina,. costume esse que se alastrou por todo Camboja e permanece até hoje mesmo com a saída dos franceses.

Independência[editar]

Camboja torna-se independente em 1945 quando a França completamente fudidaça após a Segunda Guerra Mundial não tinha condições de mandar nem soldados feitos de papelão para o Camboja que facilmente conquistou sua independência, bastou todos tomarem banho e passarem um desodorante. Norodom Sihanouk assumiu o poder do país entre 1955 e 1966, época em que tentou utilizar o capitalismo para tirar o país do atraso, investiu em escolas e educação, mas o povo não queria saber de desenvolvimento econômico e muito menos ir para escola, era muito mais divertido ficar vadiando na roça plantando um arroz ali e um trigo acolá, e por isso rebeliões e revoltas comunistas surgem em todo país.

Khmer vermelho[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Khmer vermelho

Quando Norodom Sihanouk viajava para o Quirguistão fechar um negócio de compra de 5 iaques leiteiras. O então general Lon Nol aplica um golpe militar e assume o poder do Camboja instaurando o comunismo, modelo de governo inspirado na mecânica do Age of Empires. Lon Nol não durou muito tempo, e Pol Pot deu um golpe militar sobre um golpe militar e assumiu o Khmer Vermelho que caçou por todo Camboja qualquer tipo de professores, médicos, estudiosos, advogados, engenheiros, técnicos em informática, matou todos e obrigou todo mundo a ir plantar arroz. O Vietnã (que é o Vietnã) em 1979 intervém e invade o Khmer Vermelho cujo exército armado com sacas de arroz não foram páreos para os vietcongues. O objetivo vietnamita era colocar fim nas atrocidades cometidas pelo regime de Pol Pot, ação que causou indignação ao governo da China pela violação da soberania do Camboja.

Fatos recentes[editar]

O Kampuchea Sadocrático caiu e o Camboja se tornou uma província da Tailândia. Por isso o Camboja não é muito conhecido atualmente.

Geografia[editar]

Metade do país é um pântano despovoado e a outra metade é um pântano com plantações de arroz e pequenas vilas de agricultores atolados na lama. O clima é tropical, oque facilita a criação de dengue e malária, que é a segunda maior fonte de renda do país depois da exportação de garotinhas e acima da plantação de arroz.

Subdivisões[editar]


Economia[editar]

O segundo principal monumento do país: Uma estufa de plantar batatas.

O Comércio de Garotinhas é o grande motor da economia do Camboja. O Povo, após o governo do grande socialista capitalista Pol Pot, resolveu que aquelas garotinhas e garotinhos que nasciam todos os dias, poluindo seus ouvidos e consumindo alimento e água, poderiam ter alguma utilidade maior que dublar as músicas do RBD e transformou o Camboja no maior exportador de crianças do Mundo, atendendo a demanda de pedófilos dos seis continentes incluindo a Antártida onde os exploradores contam com uma pequena leva de garotinha ninfetinhas cambojesas.

Bandeira do Camboja[editar]

Devido a exportação de crianças ter se tornado a base de toda a economia nacional a atual bandeira do país exibe orgulhosamente a entrada do templo prostíbulo de Angkor Wat.

Flag-map Camboja.png
Camboja
HistóriaPolíticaSubdivisõesGeografia
EconomiaCulturaTurismo


Boratasiacentral.jpg
Ásia
v d e h

Países: Afeganistão | Arábia Saudita | Armênia | Azerbaijão | Bahrein | Bangladesh | Brunei | Butão | Camboja | Cazaquistão | China | Chipre | Coreia do Norte | Coreia do Sul | Egito | Emirados Árabes | Filipinas | Geórgia | Iêmen | Índia | Indonésia | Irã | Iraque | Israel | Japão | Jordânia | Kuwait | Laos | Líbano | Malásia | Maldivas | Mongólia | Myanmar | Nepal | Omã | Paquistão | Qatar | Quirguistão | Rússia | Singapura | Síria | Sri Lanka | Tadjiquistão | Tailândia | Timor-Leste | Turcomenistão | Turquia | Uzbequistão | Vietnã

Territórios: Abecásia | Caracalpaquistão | Caxemira | Chipre do Norte | Coreia | Curdistão | Estado Islâmico | Goa | Hong Kong | Ilhas Spratly | Macau | Manchúria | Nagorno-Karabakh | Ossétia do Sul | Palestina (Cisjordânia e Faixa de Gaza) | Taiwan | Território Britânico do Oceano Índico | Tibete