Campeonato Argentino de Futebol

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Argentinapre.jpg
Argentina.jpg
¡¡NO LLORES POR MI, DESCICLOPÉDIA!!

Como Maradona és muy merrór que Pelé y La Bombonera és más grande que el Maracanã, esto artículo és lo más merrór de la Desciclopédia. La torcida del Boca Runiors há assegurado que és un lerrítimo artigo arrentino porteño y por eso LO MEJOR, SIEMPRE...
Cquote1.pngVocê quis dizer: UFCCquote2.png
Google sobre Campeonato Argentino de Futebol

Cquote1.png Segue o lance! Cquote2.png
Juiz argentino sobre carrinho com a sola do pé na canela do adversário
Cquote1.png Como eles não caem? Cquote2.png
Retardado sobre torcedores dentro do La Bombonera
Cquote1.png Marado, Marado, Marado! Cquote2.png
Torcedores de Argentinos e do Boca (ambos juniors) sobre um baixinho qualquer
Cquote1.png Por que veríamos isso? Cquote2.png
Times brasileiros sobre Campeonato Argentino
Cquote1.png Pra ver se param de perder Libertadores Cquote2.png
Torcedor realista sobre frase acima

Wikisplode.gif
Para os fanáticos religiosos entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Campeonato Argentino de Futebol.

O Campeonato Argentino de Futebol, chamado por de Primera División (que segundo o Google Translate significa Primeira Divisão, mas eu ainda tenho lá minhas dúvidas) é o principal campeonato de mixed martial arts futebol argentino, organizado pela AFA. Tem um método risível de disputa, no qual existem dois torneio dentro de um só, uma total confusão: O Torneo Clausura e o Torneo Apertura (que, depois da minha segunda visita ao Google Translate, percebi que significam Torneio Fechamento e Torneio Abertura). O Clausura é jogado no primeiro semestre e o Apertura, obviamente, no segundo. É disputado por 1 time (Boca Juniors) e por 19 animadores de festa.

Como ficou o jogador do San Lorenzo, após sofrer um simples puxão de camisa

O Campeonato Argentino, tal qual o Brasileiro, é conhecido por ser um estábulo celeiro de craques, que são vendidos a preço de banana para os principais campeonatos europeus, como o italiano e o espanhol. Fazendo uma analogia, vendem laranja pra comprar o suco. Os ingleses não gostam dos sul-americanos, então preferem contratar jogadores africanos ou franceses descendentes de africanos, muito mais fortes, mas que não conseguem driblar cones.


Tabela de conteúdo

[editar] Método de dizer puta disputa

Como já citado, há dois torneios em um, Clausura e Apertura. Looooogicamente, há dois campeões numa temporada River e Boca (ou não), o que é algo extremamente besta, se bem que no Brasil aconteceu o mesmo, já que o Palmeiras foi campeão duas vezes no mesmo ano. Curiosamente, como esse método foi copiado dos europeus, há um estranhamento por parte dos argentinos, pois na Argentina, as temporadas escolares e de outros esportes têm início e final no mesmo ano (por exemplo: temporada de 2010, e não temporada de 2009-10).

Infelizmente, ficamos assim quando tentamos entender a fórmula para o rebaixamento na Argentina

[editar] Rebaixamento

Agora é foda. Explicar isso é pra quem sabe. Aliás, nem os argentinos sabem calcular direito, senão o Racing teria sido rebaixado há muito tempo, além do que é quase impossível que um time grande caia, já que pode fazer duas temporadas ruins e na terceira pode ser favorecido pela arbitragem. Mas nem assim o River Plate conseguiu se manter na Primera A, e caiu na temporada 2010-2011. Veja:

Cquote1.png Para definir o rebaixamento, soma-se os pontos da temporada em questão aos das duas anteriores e divide-se pelo número total de jogos. Os clubes que disputaram todas as três temporadas têm seus pontos divididos por 114, os clubes que disputaram duas das três temporadas têm seus pontos divididos por 76 e os recém-promovidos têm seus pontos divididos por 38. O nome deste sistema é promedio de puntos e é bastante criticado, já que prejudica bastante os recém-promovidos, forçando-os a marcar um bom número de pontos, cerca de 48 pontos em 38 jogos para poder escapar do descenso, o que significaria uma décima posição. Cquote2.png
Wikipédia sobre algo que você provavelmente não lerá

Mais uma roubada de bola no jogo entre Racing e Independiente

É um jeito um tanto quanto curioso, porque um time, além de contratar jogadores de futebol e lutadores de caratê, precisará investir boa parte de suas economias em matemáticos (que precisarão saber como fazer divisão por 114, que provavelmente dará um número quebrado). A justificativa do cara que inventou isso é motivar os clubes para que façam boas equipes para que não se preocupem com rebaixamento, portanto, nem em como pagar matemáticos. Como é uma ideia de jerico, só funciona na Argentina.

[editar] Libertadores

Grande jogador do Boca, Riquelme esbraveja por conta das faltas sofridas

Um pouco mais fácil. Os dois campeões do ano (não da temporada) garantem a vaga na Libertadores do ano seguinte, além dos dois melhores pontuadores da tabela unificada da TEMPORADA anterior. Ou seja, pra entender a tabela do nosso amado campeonato argentino, há de se usar muitas drogas.

[editar] Segunda Divisão

Cquote1.png Não conheço. Cquote2.png
Boca y Independiente sobre Primera B, né River?
Na Argentina há outro método de motivação, no qual eles não chamam a segunda divisão de segunda divisão ou série B, esses nomes usados no Brasil, que tentam ridicularizar e humilhar os times que disputam esses campeonatos. Lá, eles dão o suave nome de Primera Nacional B. Difere da Primera División pelo fato de ser jogada com 20 clubes, que se matam numa jaula para ver quem sobe para a primeirona. Campeão e vice sobem direto; terceiro e quarto jogam com o 17º e 18º da Primera de verdade, em um torneio chamado Promoción y Descenso. Quem ganha sobe. Pra quem fica abaixo do quarto colocado:

Cquote1.png NÃO VAI SUBIR NINGUÉM! Cquote2.png
Capitão Nascimento

Anúncio do Argentinão 95-96. O quarto jogador, da esquerda para a direita, era o craque do Outros Clubes FC, cujo o nome falta na memória

[editar] Menores perdedores

Os maiores vencedores da Argentina são aqueles mesmos que você sempre vê ganhando Libertadores e também eliminando Times brasileiros(Independiente não seu velho) e imaginando como seria se seu time ganhasse uma.

[editar] Clássicos

Na Argentina são muito comuns os clássicos. Jogos assim costumam parar o país, deixando sempre um rastro de sangue nas arquibancadas dos estádios. Eis os principais:

Campeonato Argentino de Futebol 2013-14
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas