Campeonato Brasileiro de Futebol de 1979

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Motel 5 cavalos.jpg Passa a certeira! Perdeu, preibói!

Aê, meu, este artigo é verde-amarelo, mano! Ele joga futebol, come feijoada, exporta diplomatas, puxa o saco dos EUA, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela ausência de Prêmio Nobel.

Aviso importante: Clubismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o ABC, o CRB, o Brasiliense ou o Gama. Seja engraçado e não apenas idiota.
O time de Internacional em 1979, onde naquele ano até crianças podião jogar no brasileirão.

Cquote1.png Aqui a gente eramos a elite do Brasil! Cquote2.png
Londrina sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 1979
Cquote1.png Mas aqui não somos nada. Cquote2.png
Vasco da Gama sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 1979

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1979 foi vencido pelo Internacional, que se tornou o primeiro clube brasileiro a conquistar três títulos nacionais através de muitas faltas e cartões vermelhos (já havia vencido antes em 1975 e 1976 quando usavam muito o impedimento que naquela época não era proibído, ou sim). Além disso, o Internacional de 1979 é o único caso de campeão invicto da história do Campeonato Brasileiro que nenhum time o desafiavam para não ficarem com o corpo todo quebrado.

O que rolou neste ano?[editar]

Foi o último campeonato organizado pela CBD (Confederação Brasileira de Desportos), que, por determinação do Chuck Norris, uma semana após o início do certame desmembrou-se em CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e outras entidades, dedicadas aos demais esportes que a Ditadura Militar não interfeririam nos jogos, o que não deu muito certo. Neste ano, o maior inchaço de clubes promovido pela política militar transformou o campeonato em uma única divisão contando com 94 clubes, onde quem desobedecesem as regras levariam balas na cara.

A Formula da disputa[editar]

  • Primeira Fase: 80 clubes divididos em oito grupos de dez, jogos em turno único dentro de cada grupo. Houve muito bate-bate e quebra-quebra, invasão de quadras quando o time perdia, mais os quatro melhores entre os não classificados em seus grupos que jogarão mais e fizerão menos farra.
  • Segunda Fase: O campeonato recebe nessa fase mais 12 clubes (seis do Rio de Janeiro e seis de São Paulo) que, não havia tanta farra ou revolta de jogadores, mas em compensação houve muitas faltas e cartões vermelhos nesta fase. Classificam-se para a Terceira Fase os dois primeiros colocados de cada grupo que sabiam realmente jogar futebol.
  • Terceira Fase: Além dos 14 classificados na fase anterior, entram nessa fase o Guarani e o Palmeiras, respectivamente campeão e vice-campeão de 1978. Dessa forma, os 16 clubes dessa fase são divididos em 4 grupos com 4 clubes em cada para ficarem de 4 e terminarem de fazer o meia nove. Classifica-se para as semifinais apenas o que aguentarão o tranco.
  • Semifinais: Quatro clubes divididos em duas duplas, com jogos de ida-e-volta, classificando para a final o vencedor de cada dupla na soma de placares que fez o rival pedir água.
  • Final: Jogos de ida e volta (de novo), mas sem lubrificante desta ves, tornando-se campeão aquele que, na soma de placares, obtenha o melhor resultado. que foi o Internacional após muito esforços mais pelas pancadarias no campo quanto no campo de futebol.