Campeonato Brasileiro de Futebol de 1991

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
P ronaldinho.jpg Ordem para os pobres, progresso para os ricos.

Oxi, meu rei, este artigo vem do Brasil, visse? Ele joga futebol, come feijoada, exporta diplomatas, puxa o saco dos EUA, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela ausência de Prêmio Nobel.

Aviso importante: Clubismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o América de Natal, o Botafogo-SP, ou o Paraná Clube. Seja engraçado e não apenas idiota.
Cquote1.png Chupem que aqui vem golaços de chocolate! Cquote2.png
Paysandu Sport Club sobre receber o titulo no Campeonato Brasileiro de Futebol de 1991

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1991 teve como campeão da Primeira Divisão o São Paulo Futebol Clube, mas isto não importa nada, já que o campeão mesmo foi o Paysandu Sport Club.

O que rolou neste ano?[editar]

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1991 foi o terceiro vencido pelo São Paulo, que já havia conquistado os títulos de 1977 e 1986, quer dizer, venceu só no primeiro turno, pois perderão feio no segundo.

Foi a segunda final consecutiva entre dois times paulistas. O São Paulo chegou pela terceira vez seguida à final, e desta vez foi campeão, com uma vitória e um empate contra o Bragantino com muitas faltas e expulsões, em ambos os times de bambis. O jogo final, disputado em Bragança Paulista, teve o menor público entre as decisões de campeonatos brasileiros até hoje (2007), vindo todos os torcedores da Parada Gay para torcer pelo seu time de coração e pelo prazer.

Pela quarta vez consecutiva, foi mantido o sistema de acesso e descenso recomendado pela Fifa, que adora tava mais dificil de cometer faltas por perigo de não poder mais participar em partidas de Futebol (ou não). Pela primeira vez desde a criação do campeonato, dois certames seguidos tiveram o número considerado ideal de clubes participantes (24) Para o time São Paulo (20). Foi também a fórmula mais simples da história do campeonato até então. Tudo indicava que, finalmente, o Campeonato Brasileiro de Futebol havia chegado à sua maturidade institucional, o que não ocorria desde a era do Rei Pelé, o que enrabou a Xuxa. Mas a queda do Grêmio para a Série B[2] acabou provocando uma "virada de mesa" entre 1992 e 1993, com direito a violencia dentro e fora dos campos de futebol.

A fórmula da disputa[editar]

Agora com uma quantidade bem minima de times, não foi muito dificil para fazer a equação organização dos jogos de ida e volta.

  • Primeira Fase: 20 clubes jogando todos contra todos em turno único. Classificam-se os 4 primeiros que conseguirem fazer mais de 8 mil pontos, ou próximo disso.
  • Fase Final (já na final?): Sistema eliminatório, com jogos em ida e volta, tendo a vantagem do duplo empate o clube com melhor campanha e a melhor penentração, o que não foi desta vez ao time dos Bambis, já que o Paysandu tava arrasando nas partidas.

Campeão[editar]

Campeão Brasileiro de 1991
Série A
Panetone.jpg

Gaiola das Loucas
(3º título)