Campeonato Brasileiro de Futebol de 1997

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Corcovado.jpg Ordem para os pobres, progresso para os ricos.

Aê, meu, este artigo é verde-amarelo, mano! Só fala de futebol, come feijoada, exporta diplomatas e prostitutas, puxa o saco de políticos e de picaretas em geral, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela enorme quantidade de buracos no asfalto das ruas da cidade.

Aviso importante: Futebolismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o Palmeiras, o Santos ou o São Paulo. Seja engraçado e não apenas idiota.
Cquote1.png A gente levou muita gana para que a Gana possa ganhar! Cquote2.png
Juízes do futebol sobre o titulo do Vasco da Gana

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 1997 foi vencido pelo Vasco da Gama, que conquistou assim o seu terceiro título nacional, repetindo as campanhas de 1974 e 1989, além das propinas de sempre pra que possam ter vantagens sobre os pobretões.

O que rolou neste ano?[editar]

Foi o primeiro campeonato em que a decisão foram dois jogos com placar em branco: Vasco e Palmeiras ficaram no zero a zero tanto no jogo do Morumbi quanto no Maracanã, e o Vasco conquistou o título por ter somado mais pontos ao longo de todo o certame além de da uma boa quantidade em propina para os juízes na partida.

O campeonato de 1997 foi também marcado por mais uma "virada de mesa" da CBF: Fluminense e Bragantino, os dois últimos colocados do ano anterior, uns perdedores fudidos que deveriam disputar a Série B, mas em vez disso o número de participantes aumentou para 26, incluindo o campeão e o vice da Série B de 1996, (União São João e América-RN), sem que nenhuma equipe fosse rebaixada, pois nessa época foi muito gordo as propinas aos juízes, em destaque pelo juiz Ivens Mendes o principal arbitrário do jogo. O Escândalo Ivens Mendes, que estourou pouco antes do início do campeonato, foi utilizado como pretexto para a mudança no regulamento ou não.

No caso do Fluminense, a decisão da CBF apenas adiou o rebaixamento, já que o clube voltou a ficar entre os últimos em 1997, desta vez sem apelação, não tinham mais dinheiro para propinar os juízes. Já o Bragantino escapou do rebaixamento na última rodada, ao levar um chocolate amargo de 7 a 0 pelo Internacional, já que ao mesmo tempo o Bahia empatou com o Juventude e ficou com as honras de serem rebaixados para a Série B.

A fórmula da disputa[editar]

  • Primeira Fase: Os 26 clubes jogam todos contra todos, em turno único, tendo muito rala-rala e ganha-ganha. Classificam-se para a Fase Final os 8 primeiros colocados que pagarem melhor o juiz no campo.
  • Segunda Fase: Os 8 classificados são divididos em 2 grupos de 4. Jogam todos contra todos dentro dos grupos, em 2 turnos tendo que fazer meia nove cada time. Classifica-se apenas os que fazerem essa viadagem toda, ou não.
  • Final: Dois jogos, sendo que o mando de campo do segundo jogo e a vantagem em caso de duplo empate e de quem paga mais ao juiz que apita o campo.

Campeão[editar]

Campeão Brasileiro de 1997
Série A
Escudo do Vasco da Gama.png

Vice campeão
(3º título)