Campeonato Brasileiro de Futebol de 2015

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Futebolismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o Botafogo-SP, a Ponte Preta, o Paulínia ou a Portuguesa. Seja engraçado e não apenas idiota.
Hoe.jpg Ordem para os pobres, progresso para os ricos.

Oxi, meu rei, este artigo vem do Brasil, visse? Só fala de futebol, come feijoada, exporta diplomatas e prostitutas, puxa o saco de políticos e de picaretas em geral, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela sua incompetência.

Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Campeonato Brasileiro de Futebol de 2015.

Cquote1.png Você quis dizer: Roubo? Cquote2.png
Google sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 2015
Cquote1.png Os favoritos ao título são o Sport, o Atlético-MG e o Atlético-PR. Cquote2.png
Jornalista esportivo sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 2015.
Cquote1.png PERDEU, PREIBÓI!! Cquote2.png
Corinthians sobre título do Atlético-MG.
Cquote1.png Só ganhou porque não caí junto! Cquote2.png
Palmeiras sobre título do Botafogo.
Cquote1.png Finalmente vou ser bi-campeão de alguma coisa! Cquote2.png
Atleticano iludido de ambos os times sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 2015.
Cquote1.png Agora vai! Cquote2.png
Palmeirense iludido sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 2015.
Cquote1.png O respeito voltou. Cquote2.png
Vascaíno iludido sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 2015.
Cquote1.png Eu escolhi acreditar... Cquote2.png
Outro vascaíno sobre citação acima.
Cquote1.png Acabou o caô, o Guerrero chegou! Cquote2.png
Flamenguista iludido sobre Paolo Guerrero.
Cquote1.png Flechamos! Cquote2.png
Chapecoense sobre adversários derrotados no campeonato.
Cquote1.png Que merda, hein. Cquote2.png
Marinho sobre jogar no Cruzeiro.
Cquote1.png O time jogou bem, tudo dentro do pojeto. Cquote2.png
Vanderlei Luxemburgo sobre derrota do Cruzeiro por 3x0 para o Joinville.
Cquote1.png FILHO DUMA PUTA!! Cquote2.png
Portuguesa, Fortaleza e Juventude sobre classificação do Brasil de Pelotas.
Cquote1.png Pegou minha vaga e não chegou nem nas oitavas... Cquote2.png
Brasiliense sobre desempenho do Gama na Série D.
Cquote1.png Não se preocupe, amigo, vingarei sua eliminação! Cquote2.png
Botafogo-SP sobre citação acima.
Cquote1.png Tão se achando muito... Cquote2.png
Qualquer um sobre torcedores que fizeram piadas com o Rio Branco-ES.
Cquote1.png Foda-se de novo essa merda! Cquote2.png
Icasa sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 2015.
Cquote1.png Depressão é foda... Cquote2.png
Portuguesa e São Caetano sobre citação acima.
Cquote1.png Aiii que tudo, vou ter mais 6 clássicos garantidos ano que vem! Cquote2.png
São Paulo sobre clássicos, sua principal fonte de pirocadas em 2015.
Cquote1.png Mete com força! Cquote2.png
Fluminense sobre gol do Figueirense que rebaixou o Vasco.
Cquote1.png Ei, e minha goleada de 5 a 0? Cquote2.png
Duque de Caxias sobre este artigo.
Cquote1.png Desculpa? Cquote2.png
Treze, Corinthians, São Caetano, Internacional, Vila Nova e Santos sobre citação acima.

Placar de São Januário pedindo calma aos torcedores do Vasco da Gama ao ler esse artigo.

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 2015 foi um campeonato de futebol de várzea disputado no Brasil em 2015. É o campeonato brasileiro com mais times ruins desde a Copa João Havelange, demonstrando a decadência do futebol tupiniquim. Mesmo assim, continua sendo melhor que o lixoso Campeonato Espanhol, pois o Brasileirão tem sempre uns 10 times favoritos à taça, enquanto essas merdas da Europa tem os mesmos 3 times com chance de levar o tão sonhado título.

Divisões[editar]

Série A[editar]

Os sacos de porrada do campeonato.
Resumo da rivalidade entre Vasco e Flamengo.
  1. Gayvotas - Foi um dos favoritos também, ficou invicto na temporada por um bom tempo, até perder pros Bambis na Libertadores (porém no fim das contas foram as monas que se foderam, tomando de 6-1 pros reservas dos gambás no último clássico da temporada). O Corinthians no início deu a entender que mais uma vez representaria a retranca no Campeonato Brasileiro, inclusive inovando e colocando 2 goleiros (Cássio e Uendel) em campo no clássico contra o São Paulo, porém, logo após que virou líder (com 4 jogos com arbitragem polêmica, pra variar), o mago técnico Tite resolveu largar a retranca e com isso, o Corinthians passou a bater em quase todo mundo, inclusive enfiando 3x0 no seu concorrente Patético Mineiro. Com isso, foi campeão com 171 rodadas de antecedência.
  2. Clube Atlético Eu Acredito - Após ser campeão mineiro roubado em cima da Caldense, o Galão da Massa busca finalmente conquistar o bicampeonato, e com isso alcançar times varzeanos como Bahia e Grêmio. E é óbvio que não vai conseguir, pois apesar de ser o líder e favorito ao título, o Gaylo é cavalo paraguaio e nunca será bi de absolutamente nada, como diz o hino("uma vez até morrer"). Eu avisei. O sonho do bi-campeonato continua para o Patético! E não vale chorar falando que o campeonato "está manchado" porque vocês perderam as duas pro Corinthians, inclusive tomando uma surra em pleno estádio do Mequinha(caiu no Horto, tá morto!).
  3. 14 anos sem títulos - Com certeza não vai ganhar o Brasileirão, nem Copa do Brasil, nem porra nenhuma, já que essa merda não ganha nem Campeonato Gaúcho. Eu avisei. Mas acho que todo mundo já sabia. Se fudeu na briga por vaga na Libertadores em 2014, mas dessa vez conseguiu a tão sonhada vaga, o que de qualquer forma já é muito melhor do que se esperava, considerando que todo mundo achava que o tri-rebaixamento vinha, porém o Grêmio teve a consciência de demitir o técnico do 7x1 e contratou para o seu lugar Roger, o lateral esquerdo do time na Libertadores de 1995 a.C., o último título que o clube ganhou em sua história. Roger então organizou o time e conseguiu aliviar a situação dele no campeonato, inclusive brigando por vaga na Libertadores(sempre vagas e nunca títulos). O Grêmio ainda fez cosplay de Chapecoense e tocou 5 no rival Internacional.
  4. SPFW - Com o novo uniforme da Under Armour, era também um dos favoritos a levar a taça, por isso encomendou uma taça em formato de pênis para os jogadores poderem brincar com ela, mas o troféu foi pro Corinthians, outro gay. O camisa 10 dessa porcaria é o Gansono e o goleiro ainda é o Ceni, então se conseguir alguma coisa vai ser na mais pura cagada. Depois de 24 trocas de técnicos, os Bambis ao menos estão conseguindo encaminhar a classificação pra Liberta, principalmente após um jogaço onde bateu o Atlético Mineiro por 4-2 no Morumbicha, que inclusive ajudou a garantir o título do rival Corinthians. E não bastava garantir o título do rival, ainda tomou um pau(Uiiiiiiiiiiiii) dos reservas do Corinthians.Com rivais como esse, quem precisa de arbitragem amigos, né?
  5. Chorolado - O eterno favorito que nunca leva poderia estar melhor se não tivesse poupado os titulares por meio campeonato para uma Libertadores que acabou em baile e eliminação no México e não tivesse demitido Diego Aguirre para contratar o idiota do Argel Fucks. Mesmo que a campanha com Argel seja melhor, o técnico continua sendo retranqueiro e fraco. Se por acaso for pra Libertadores, o que não vai acontecer, vai ser na maior cagada mesmo. Fez parte de duas das três maiores goleadas do campeonato: 6x0 sobre o Vasco e 5x0 sofridos pro rival Grêmio.
  6. Moreninha - campeão do Pernambucano e Nordestão em 2014, esse ano se fudeu em ambas as competições, sendo eliminado pelo Bahia rebaixado e pelo fantástico Salgueiro. Até tem um time decente, mas no início foi só decepção e tristeza para a torcida, porém o Sport surpreendeu e chegou até a ser líder (nas 10 primeiras rodadas, também, qualquer um consegue) e brigar por vaga na Libertadores (que óbvio que não conseguiu), por incrível que pareça.
  7. Robinho +10 - Campeão Paulista de 2015, é aquele time que sempre humilha no estadual e daí chega no Brasileirão e o máximo que consegue é uma sétima posição. Ainda mais considerando que um time que perde pro Palmeiras e pra Ponte Preta não merece ser campeão de porra nenhuma. E o momento financeiro também não ajuda, com o time devendo até as calças e com o cu cheio de processos trabalhistas de ex-jogadores. Chegou a estar no Z4 gols do Goiás, porém conseguiu escapar temporariamente, mas com Werley na zaga, todos sabem que o sonho da Série B ainda vive. apesar do Werley(que se tornou reserva, para a alegria do asilo), o Santos conseguiu fazer uma campanha digna no Brasileiro, concorrendo por uma vaga na Libertadores, e ainda chegando à final da Copa do Brasil, graças à benção do Pastor Artilheiro, aka Ricardo Oliveira, e os talentos de Gabigay Gabigol e Lucas Laranja Lima.
  8. Maria - Campeão nos últimos anos, entrou em fase de reestruturação, porém continuava sendo favorito até o péssimo começo no campeonato, que coincidiu com a eliminação da Libertadores para o River Plate, vencendo na Argentina, mas tomando 3 em pleno Mineirão. Logo fez a burrice de demitir o técnico Marcelo Oliveira e contratar o ex-técnico em atividade Vanderlei Luxemburgo, que poderia muito bem ter rebaixado o time se ficasse até o fim. Logo trouxe Mano Menezes, que após um cursinho na Zoropa decidiu deixar a retranca de lado e conseguiu mandar as Marias pro meio da tabela e se não fosse o Luxemburro, provavelmente pro G4.
  9. Peppa Pig - Joga como nunca e perde como sempre. Depois de quase ser rebaixado em 2014, comprou Deus e o mundo graças a ajuda dos otários sócios-torcedores e se tornou um dos grandes candidatos ao título (depois de 21 anos sem essa merda). Apesar da campanha no Brasileirão ter sido medíocre e abaixo da expectativa dos sofredores torcedores (além de ter tomado 5x1 da Chapecoense), ao menos o Palmeiras conseguiu ser campeão da Copa do Brasil em cima do freguês rival Santos. De qualquer forma, já é uma baita evolução para o Parmera levar a Copa do Brasil sem ser rebaixado no mesmo ano.
  10. Atlético Paraguaiense - Chegou como candidato ao rebaixamento depois de campanha pífia no estadual, chegando a disputar G4 e até mesmo ser líder (se bem que nas 10 primeiras rodadas qualquer um consegue, até mesmo o Goiás, que foi rebaixado). Terminou no meio da tabela, o que já é surpreendente considerando as expectativas iniciais.
  11. King Kong - Essa porra nunca vai ganhar títulos mesmo, então não vou perder muito tempo, só vou avisar mesmo que a Ponte pode surpreender nesse Brasileirão, uma vez que no estadual derrotou os dois finalistas e quase passou do Curintia, não fosse um belo ROUBO do juiz. E de fato a Macaca surpreendeu, porém apenas no início, quando ainda tinha Renato Cajá. Depois que ele foi vendido, a Ponte voltou ao seu lugar habitual, ou seja, abaixo da décima colocação. Oscilou, chegou no G4, chegou perto do Z4, mas no final é isso, meio da tabela.
  12. Mulambada - Se ano passado o Flamerda brigou pra não cair, esse ano já tem as ambições um pouco mais altas, ainda mais com as superestimadas bombásticas contratações de Marcelo Cirino e Armero, e, mais recentemente, Guerrero e Emerson Sheik. Antes desses dois últimos chegarem, brigava pra não cair, mas conseguiu iludir os torcedores com 6 vitórias seguidas e algumas rodadas no G4, até acabar perdendo de 2-0 pro Coritiba no jogo em que bateu o recorde de público do campeonato.
  13. FlorminenC - Perdeu a mamãe Unimed e com isso se foram jogadores importantes como Conca, o que indica que o FluminenC pode finalmente pagar a Série B depois de tantos anos devendo o Fluzinho não quer pagar a Série B de jeito nenhum, tanto que até contratou o Ronaldinho Gaúcho pra enganar seus torcedores. E de fato chegou a enganar, chegando a terminar o primeiro turno no G4, mas depois fez uma das piores campanhas do segundo turno, porém não caiu graças aos advogados à boa pontuação obtida no primeiro turno. E continua freguês da Chapecoense.
  14. Chapecada - Outro catarinense que sabe-se lá como chegou até aqui. Conseguiu se manter na primeira divisão em 2014 e prolongou até 2016. Fez de Grêmio e Palmeiras suas novas putinhas, virando uma partida contra o primeiro em Porto Alegre depois de estar perdendo de 2-0 e goleando o segundo por 5-1, e manteve Inter e Fluminense na freguesia (mas dessa vez não os goleou). Ganhou um processo contra o Grêmio por plágio, após o clube gaúcho meter 5x0 no Internacional (mas se fosse por isso, então o São Caetano deveria processar ambos, já que ele fez isso bem antes, em 2003), assim dando aval para a Chape torná-lo em seu mais novo freguês.
  15. Coxinha - Outro time bosta, conseguiu perder o estadual para o grande Operário de Ponta Grossa(ui!), tomando um baita chocolate em casa. Só foi escapar realmente do rebaixamento na última rodada ao empatar com o Fiasco da Gama, que caiu.
  16. Brócolis - Brigou pra não cair ano passado, mas esse ano deve navegar em mares mais tranquilos(muito devido ao fato de terem muitos times piores que essa merda na primeira divisão). É um dos muitos clubes catarinenses que disputam a Série A graças ao sistema de cotas.
  17. Avaíbis - Mais um catarinense que subiu na cagada, é um dos grandes candidatos ao rebaixamento uma vez que disputou o torneio da morte no estadual (HAHAHAHAHAHA). As suas únicas chances de vitória são contra Vasco que é freguês e que inclusive tomou 5x0 pro mesmo Avaí, ano passado, na segundona. Nem do Vasco conseguiu ganhar, porém sua situação na primeira divisão permanece incerta, afinal, o campeonato não foi tão ruim quanto se imaginava. Nem André Lima, que marcou mais de 10 gols no campeonato, conseguiu salvar o Avaíbis da degola, para a alegria dos torcedores do Figueirense.
  18. Respeito FC - Voltou da Série B e finalmente foi campeão carioca, depois de 12 miseráveis anos. Mesmo assim, o anão Gigante da Colina não tinha tanto time pra ir atrás de título, aliás, não teve nem time pra se manter na Série A. E depois o Eurico ainda quer dizer que o respeito voltou. Sem contar que ainda conseguiu tomar a maior goleada do campeonato (6x0) pro Inter. Seu único consolo (ui!) foi ter sido o terror dos rivais, em especial do Flabosta.
  19. Erik +10 - campeão do Goianão 2015(grandes bostas), goleou Santos e São Paulo (esse em pleno Morumbiba)... só pra no final do campeonato cair na vice-lanterna.
  20. JECa - Outro catarinense cagado que conseguiu levar o título da Série B porque seus concorrentes, Vasco e Ponte Preta, não estavam afim. Esteve na zona de rebaixamento desde a primeira rodada e foi o primeiro rebaixado da Série A, após uma campanha ridícula.

Série B[editar]

E de novo isso?

Na série B tivemos como campeão o Botafogo, que se fodeu em 2014 e caiu pra Segundona. Também temos o Bahia, que também se fodeu em 2014 e parecia ser um grande candidato a voltar à elite já esse ano, só que acabou prolongando sua estadia na B até 2016 e pior, assistindo a volta do rival, que também se fodeu em 2014, para a primeira. Outros são o Paysandu, que dessa vez jogou de forma decente e parecia que iria subir, o CRB, por enquanto, e o Luverdense, que está lá só pra encher linguiça mesmo. Além dos já citados, o América Mineiro e o Santa Cruz foram os outros sortudos que também subiram só pra voltar para a Série B em 2017. Os que caíram foram o Mogi Mirim, que fez uma campanha podre pra caralho, pior que a do Vasco, diga-se de passagem, seguidos do deprimido Boa Esporte e do ABC.

Quem subiu: Botafogo (campeão), Vitória, América-MG e Santa Cruz (vice).

Quem caiu: Mogi Mirim, Boa Esporte, ABC e Macaé.

Série C[editar]

Sim, até o proletariado do campeonato tirou onda com eles mesmos.

Nessa divisão temos o Fluminense a Portuguesa, que se recuperou da crise emocional do ano passado, mas não conseguiu a promoção e ainda foi rebaixada no estadual em 2015, de novo. Temos também Londrina e Brasil de Pelotas, protagonistas de cenas lamentáveis na semifinal da Série D do ano passado (e que subiram para a B em 2015), e o Tombense, campeão da Série D. Também temos os namorados rivais Juventude, que arregaçou o cu do Guaratinguetá pra tentar passar de fase, e Caxias, que caiu no estadual e agora para a D também, e o Fortaleza, que novamente se classificou com glória pra segunda fase e perdeu pro futuro campeão (ou não).

Quem subiu: Vila Nova-GO (campeão), Londrina (vice), Brasil de Pelotas e Tupi.

Quem caiu: Icasa, Caxias, Madureira e Águia de Marabá.

Série D[editar]

A Série mais várzea do Brasileirão, contém os 4 piores da Série C 2014, como o São Caetano, que já foi vice-campeão da Libertadores e hoje está nessa merda, e mais um bando de timecos que se deram bem no estadual, como o Operário de Ponta Grossa, o Ypiranga de Erechim e o Clube do Remo. Essa série é tão lixo que não dá pra falar muito dela sem deixar você com sono.

Quem subiu: Botafogo-SP (campeão), Ypiranga de Erechim, Remo e River-PI (vice).

Campeões[editar]

Campeão Brasileiro de 2015 - Série A
Globorinthias.jpg
Curintia
( 6º título)
Campeão Brasileiro de 2015 - Série B
Buatafogo escudochorao.jpg
Não fez mais que a obrigação
(1º título)
Campeão Brasileiro de 2015 - Série C
Escudo do Vila Nova.png
Vila Rosa
(2º título)
Campeão Brasileiro de 2015 - Série D
Escudo do Botafogo de Ribeirão Preto.png
Botafogo Caipira
(1º título)