Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Futebolismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o Cruzeiro, o Atlético Mineiro ou o Ipatinga. Seja engraçado e não apenas idiota.
Protesto-das-coxinhas.jpg Passa a certeira! Perdeu, preibói!

Aê, meu, este artigo é verde-amarelo, mano! Só fala de futebol, come feijoada, exporta diplomatas e prostitutas, puxa o saco de políticos e de picaretas em geral, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela dificuldade de conseguir a mais nova versão do PlayStation ou do iPhone.

60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016.

Cquote1.png Os favoritos ao título são o Botafogo, o Fluminense e o Cruzeiro. Cquote2.png
Jornalista esportivo sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016.
Cquote1.png SURPRISE, MOTHERFUCKA!! Cquote2.png
Palmeiras sobre citação acima.
Cquote1.png Rumo ao tetra! Cquote2.png
Colorado iludido sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016.
Cquote1.png Cheirinho de hepta... Cquote2.png
Flamenguista iludido sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016.
Cquote1.png Ainda dá! Cquote2.png
Outro flamenguista, após estar mais de 8000 pontos atrás do Palmeiras com três rodadas faltando sobre citação acima.
Cquote1.png Que merda, hein... Cquote2.png
Marinho sobre quase cair para a Série B com o Vitória.
Cquote1.png Que merda, hein... Cquote2.png
Bahia sobre o "quase" da citação acima.
Cquote1.png Série B? Isso é coisa de gremista, time grande não cai! Cquote2.png
Colorado, antes da última rodada.
Cquote1.png Vamos acabar logo com isso... Cquote2.png
Vasco sobre outra disputa na Série B.
Cquote1.png Agora vai! Cquote2.png
Vascaíno iludido antes do título do Atlético Goianiense.
Cquote1.png Tá de sacanagem?! Cquote2.png
Qualquer vascaíno sobre o Atlético Goianiense levar o título no finalzinho.
Cquote1.png Puta que pariu, outra vez... Cquote2.png
Papaco sobre outra campanha bosta de um ano do América Mineiro.
Cquote1.png E daí? Cquote2.png
Chaves sobre outro rebaixamento do Figueirense.
Cquote1.png Todo mundo morreu! Cquote2.png
Patrick Estrela sobre Chapecoense.
Cquote1.png Escapei, tomara que ano que vem eu não caia... Cquote2.png
Vila Nova sobre Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016.
Cquote1.png Figueira na Série B de novo? Caguei, tô caindo fora! Cquote2.png
Joinville sobre Série B de 2016.
Cquote1.png Que que eu tava fazendo aqui? Cquote2.png
Tupi sobre Série B de 2016.
Cquote1.png MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Juventude sobre ver o Inter na Série B.
Cquote1.png Acabou essa desgraça!! Cquote2.png
Guarani sobre sair da Série C.
Cquote1.png Mais um pra lista... Cquote2.png
Fortaleza sobre outro campeonato esculachando na primeira fase e arregando nas quartas.
Cquote1.png E o prêmio de maior foda-se vai para: Mogi-Mirim! Cquote2.png
Homenagem à proeza do Mogi-Mirim de ficar preso no sétimo lugar do grupo B da Série C antes da última rodada da fase de grupos.
Cquote1.png Cagada, hein... Cquote2.png
América de Natal sobre o rebaixamento na última rodada.
Cquote1.png Desgruda de mim, cacete! Cquote2.png
Série D sobre OUTRA participação do Metropolitano.
Cquote1.png Por que tem tantos times? Eu fui rebaixado?! Cquote2.png
Águia de Marabá sobre entrar na Série D.
Cquote1.png Agora somos só nós 2, CSN! Cquote2.png
Volta Redonda sobre final da Série D contra o CSA.

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 2016 foi um campeonato de futebol de várzea disputado no Brasil em 2016. Essa edição trouxe umas vagas a mais na Libertadores com a saída daqueles mexicanos e aumento das vagas na competição. Por isso, o que era G4 virou G6, e mais Gaymio e Chapemerdense, campeões da Copa do Brasil e da Sulamericana (a segunda por pena, após aquele kamikaze da LaMia matar 71 pessoas, inclusive a maioria do elenco da Chape), acabaram indo para a Libertadores de 2017 passar vergonha.

Divisões[editar]

Série A[editar]

Televisão de um flamenguista quando o Flamengo saia do G4.
  1. Palmares - Após se fuder no Campeonato PAUlista, inclusive levando uma goleada de 4x1 para o estreante e rebaixado Água Santa (mesmo tendo pago 13 MILHÕES NUM JOGADOR DO GOIÁS!), o Palmares trocou Marcelo Oliveira por Cuca Beludo e iniciou o Brasileirão enfiando o pau no cu uma goleada de 4 (ui!) a 0 no Patético Paraguaiense. Foi campeão na penúltima rodada, na última partida que aquele time da Chapecoense enfrentaria antes de virar presunto, mas todos que não fossem flamenguistas ou santistas iludidos já sabiam que a porcada ia ganhar quando o campeonato chegou na metade.
  2. Sardinha Futibol Crubi - Após ser campeão paulista em cima do Audax, o Peixe busca finalmente conquistar uma vaga á Libertadores, após ficar fora da competição desde que Neymar saiu do time. O peixe conseguiu a tão esperada vaga pra libertinha, contrariando as expectativas de que terminaria no famigerado G-Santos de novo, mas no final do campeonato, quando começou a sonhar com o título, acabou pagando vice mais uma vez para o Palmeiras, sendo assim bi-vice do Amarelão Verdão. Aquele trecho do hino ("campeão absoluto desse ano"), ESTAVA BEM ERRADO! O sonho do tri enea brasileiro continua para a Sardinha! Porém, ainda bateu as expectativas, já que todos que não fossem flamerdistas, já que esses achavam que o vice seria a Peppa achavam que o vice seria o Flamerda.
  3. Cheiro de Hexa - Se fudeu no Brasileiro de 2015, após achar que conseguiria o sonhado hexa hepta campeonato naquele mesmo ano depois de ganhar 6 partidas seguidas no campenato (tudo pra perder jogando de mandante para o Coritiba e entrar numa sequência de derrotas, e terminar o campeonato no meio da tabela, seu lugar de sempre). Porém, em 2016, o Flamengo teve a consciência de liberar o ex-técnico dos Bambis e colocou em seu lugar Zé Ricardo, o assistente. Zé Ricardo então organizou o time e conseguiu aliviar a situação dele no campeonato, inclusive brigando pelo título pelo menos era o que os torcedores iludidos achavam, porque todo mundo já sabia que o título iria pra porcada. O Flamengo contratou o ex-Santos Diego, o outro ex-Santos Leandro Damião e mais um porrete de ex-jogadores do Santos, ficou se achando que era um bonzão e dizia que era CHEIRO DE HEPTA, mas não passou de uma bosta mesmo que é PENTA e não hexa. Depois de se achar bonzão, perdeu o título pro Palmares e o vice para o Sardinha (O Fla nunca vai muito longe no Brasileirão de pontos corridos pra conquistar um título, é só vaga, com exceção daquela insanidade de 2009).
  4. Gaylo - Outro fracassado que achava que ia ganhar o título, o Gaylo contratou Marcelo Oliveira no início do campeonato, achando que conseguiria repetir a campanha de seu rival Cruzeiro nos anos de 2013 e 2014. Na primeira partida com o novo técnico, porém, já veio um presságio do que aconteceria no final do ano: as frangas tomaram 3x0 em casa pro Grêmio. Após isso, porém, o time ainda conseguiu iludir a torcida com algumas vitórias seguidas, mas como todos sabem, bicampeonato e Patético Mineiro não combinam, e o clube terminaria o campeonato na quarta posição. O camisa 10 dessa porcaria é o Dátolo que nem jogou nenhuma partida, e o goleiro ainda é o frangueiro do Victor, então pra achar que essa merda ganharia algo, só sendo muito iludido mesmo. No final, o Gaylo perdeu o Brasileiro pro Palmares, a Copa do Brasil pro Gaymio, e foi eliminado da Libertadores pelos Bambis, que seriam eliminados pelo campeão Atlético Nacional.
  5. Bostafogo - O eterno humilhado era O PIOR TIME no início do campeonato, merecendo ser rebaixado e conseguiu no final ir pra Libertadores. Como isso aconteceu? Simples, demitiu o suposto técnico Ricardo Gomes e trouxe pro seu lugar o filho do Jairzinho, um dos maiores ídolos desse clube fracassado, e começou a chorar para outros times vender seus jogadores e contratar eles. O jogos em que o Bostafogo se deu bem foi na ida e volta contra o Gaymio, no primeiro um golaço de bicicleta de um tal Camilo que ninguém se importa, e no segundo 1x0 dando a vaga pra Libertadores. Pois é amigos, por incrível que pareça, o Bostafogo não se fudeu em um Brasileirão. Quem diria!
  6. Atlético Paraguaiense - Após ganhar o estadual enfiando uma grande rola no meio do cu do seu rival, o Coxinha, o Patético fez uma campanha surpreendentemente boa para um time com um elenco tão ridículo. O segredo para isso? O gramado sintético da Arena rebaixada da Baixada, que fez com que os poodles tivesse uma das melhores campanhas como mandante, apesar de sempre se fuder jogando fora de casa.
  7. Cúrintia - Após o desmanche do time que foi campeão duvidosamente na temporada passada, o Curintia, apesar de começar bem o campeonato, logo teve seu técnico aliciado pela CBF após a campanha ridícula da SeleDunga na Copa América. Contratou pro seu lugar o pseudo-técnico Cristóvão Borges, e apesar de um início promissor, chegando mesmo a ser líder do campeonato, o pseudo-técnico queridinho da mídia acabou fudendo a organização tática do time e acabou por mostrar a verdade sobre aquele elenco medíocre, e que o time só ia bem por causa dos árbitros do Tite mesmo. O Curintia conseguiu, inclusive, perder de goleada para seu rival e eterno freguês São Paulo, após vencer por 6x1 no ano anterior, e no final acabou se fudendo e perdendo a vaga na Libertadores pra times do naipe de Bostafogo e Patético Paranaense, provando assim ser um verdadeiro fracasso sem a ajuda do Tite e da arbitragem.
  8. Bosta Preta - Até que fez um bom campeonato, terminando em oitavo (O RLY?). No início a Bosta Preta era favorita pra cair pra segunda, mas uns tais de Pottker e Roger salvaram essa merda. E esse tal de Pottker foi um dos artilheiros junto com Fred (Cone) e Diego Souza, provando assim a decadência do futebol de várzea brasileiro.
  9. Gaymio - O Gaymio só se fudeu até a chegada de Renato Gaúcho como técnico (porque, aparentemente, Roger Machado não era o Pep Guardiola que todos imaginavam) e do argentino quebrador de canelas Walter Kannemann (pois antes Geromel, o único zagueiro decente da equipe, tinha que fazer dupla com pseudo-zagueiros como Bressan e Wallace Gays Reis). Tomou no cu no Gayuchão Gauchão, sendo eliminado na semi pelo Juventude e vendo o rival levar o título. Na mesma época, levou uma surra dos argentinos do Rosario Central pela Libertadores e foi eliminado também. Depois, no Varzileirão, chegou até a ser líder por uma mísera rodada, tudo pra no final do primeiro turno e início do segundo jogar todas as chances de título fora, empatando com times varzeanos como América Mineiro e Santa Cruz, e perdendo de 4 a 0 para o lixo do Coritiba. Pelo menos conseguiu vencer a Copa do Brasil e encerrar o jejum de 15 anos sem títulos.
  10. Bambis - Só foi vergonha o ano todo, eliminado pelo Audax no Paulistão (com direito a goleada de 4 a 1!), eliminado pelo Atlético Nacional na Libertadores e pelo Juventude na Copa do Brasil (Time da Série C! Se bem que já é natural os Bambis se fuderem nessa competição). Perderam seus PIORES melhores jogadores e no final é lógico, não iria tão longe e ficou aqui na 10 posição.
  11. Chapebostense - No final do ano ganhou a Sulamericana por causa de terem caído de uma avião para homenagear o Internacional por causa de uma falha técnica no voo e babacas que não tinha nada para fazer muitas pessoas decidiram homenagear esta merda este time, e no final acabou nem jogando a última rodada afinal, mortos não podem jogar futebol e terminou no 11º lugar.
  12. Marias azuladas - Apesar de ter conquistado 2 títulos inexpressivos brasileiros em 2013 e 2014, fez igual ano passado: teve a burrice de contratar um técnico burro português (após cometer a burrice de colocar um interino que nunca havia treinado um time para ser seu técnico) e logo depois demitiu-o para contratar novamente Mano Menezes para foder com tudo ajudar a tentar melhorar esse time das Marias mineiras. Chegou a pensar em G-6, mas ficou em 12º lugar.
  13. FlowernenC - É um mero figurante que não faz porra nenhuma no campeonato por isso que foi rebaixado para a série C mas conseguiu o grande feito de ajudar a rebaixar o Inter para a Série B pela primeiríssima vez, pois mesmo estando umas 666 rodadas sem vencer quando a partida ocorreu, o Flor ainda conseguiu segurar o empate (também, contra um time horrível como o do Inter, não seria muito difícil).
  14. Ixpórti - Mais uma vez não conseguiu vencer o estadual, desta vez perdendo para o seu rival Santa Cruz, e lutou para não cair o campeonato inteiro, só conseguindo escapar na última rodada. Se não fosse por Diego Souza e a entregada do Gaymio para ajudar a rebaixar o rival Inter, provavelmente cairia na lanterna.
  15. CUritiba - O Coritiba perdeu o estadual para o seu arquirrival Atlético Paranaense (após o Atlético ficar uns 300 anos sem ganhar essa porcaria) e, como o esperado, lutou para não cair como em todos os outros anos. Só não caiu porque tinha times piores nessa merda.
  16. Marinho+10 - Brigando pra não cair o campeonato inteiro, o Vicetória conseguiu se salvar do rebaixamento graças a existência de Marinho (que merda hein...) na sua equipe. Apesar de tentativas (sem sucesso) de processo do Inter por causa da contratação de Victor Ramos, o Vice se manteve na Série A de qualquer jeito, já que o único time que consegue se salvar pelo tribunal desportivo é o Florminense mesmo.
  17. Intra-Anal - Apesar de ter conquistado o seu trecentésimo título gaúcho, o Chorolado foi rebaixado pela primeira vez em sua gloriosa história. Começou liderando o campeonato e achando que ia ser campeão, mas depois disso ficou 15 jogos sem vencer, acabando na zona de rebaixamento. Sua diretoria acabou se provando uma das mais burras da história, pois, além de contratar supostos técnicos como Falcão é gay, Celso Arroto e Lisca doido, ainda achou que poderia se salvar no STJD e ainda achava que sua grande tragédia de cair para a Série B era pior que a tragédia da Chapecoense, que também caiu, porém de avião.
  18. Brócolis - Ficou sem ganhar estadual mais uma vez e lutou para não cair igual nos anos anteriores mais não aguentou e finalmente o timeco time do Figueirense caiu para a segunda divisão.
  19. Keno+10 - Mesmo ganhando o estadual pelo segundo ano consecutivo e a sua primeira Copa do Nordeste, o Santa conseguiu ser rebaixado para a segunda divisão após ter subido no ano anterior. Assim como o Inter, começou empolgado vencendo as partidas com muitos gols do atacante Grafite, chegando até a estar na liderança(WTF!?), mas foi caindo na tabela até chegar ao seu lugar ideal na zona de rebaixamento. Só não foi o lanterna porque, por incrível que pareça, o América Mineiro conseguiu ser pior.
  20. Mequinha - Subiu apenas com a missão de iluminar o campeonato, sendo o famigerado lanterna durante a maior parte da competição.

Série B[editar]

Nessa divisão temos o vice Vasco da Gama, que sofreu para subir de divisão e que novamente não conquistou o título da Série B, além de perder o vice pro Avaí. Além desses dois, o Atlético-GO e o Bahia também subiram de divisão.O Náutico brigou até o fim para tentar subir, mas terminou em quinto lugar após perder em casa para o lixo do Oeste, que brigava para não cair. Os clubes que caíram foram o Joinville, que em 2015 estava na Série A e agora está a um rebaixamento de igualar o Santa Cruz no quesito "rebaixamento da série A para a D em três anos consecutivos", e os azarados Bragantino, Tupi e Sampaio Corrêa.

Quem subiu: Atlético-GO (Campeão), Avaí (Vice), Bahia e Vasco da Gama.

Quem desceu: Joinville, Tupi, Bragantino e Sampaio Corrêa.

Série C[editar]

Nessa divisão temos o Fortaleza que se classificou com glória para a segunda fase e não conseguiu o acesso para a série B (novidade?), os rivais Juventude e Ypiranga já que o lixo do Caxias caiu no ano anterior brigando para avançar a segunda fase (e o Juventude acabou subindo); o Guarani que finalmente conseguiu sair da série C e, na semifinal, precisando reverter a vantagem de 4 a 0 do ABC no primeiro jogo para ir a final, acabou arregaçando goleando o ABC por 6 a 0 com show do idoso Fumagalli, mas na final acabou ficando com o vice para o Bruno Esporte; e a Portuguesa, que em 2013 estava na série A e foi rebaixada por causa dos advogados do Fluminense que são amigos do STJD ter escalado um jogador irregular, acabou rebaixada para a Série D em uma crise sem fim.

Quem subiu: Boa Esporte (Campeão), Guarani (Vice), ABC e Juventude.

Quem desceu: Portuguesa, América-RN, Guaratinguetá e Ríver-PI.

Série D[editar]

A divisão mais lixo do futebol brasileiro começa com os times que mais se foderam na série C de 2015 e que se deram bem no estadual desse mesmo ano, e os que chegarem nas semi-finais conseguem o acesso para a Série C. Essa série é tão lixo que não dá para falar muito dela sem deixar você com sono.

Quem subiu: Volta redonda (Campeão), CSA (Vice), Moto Club e São Bento.