Campestre do Maranhão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Campestre do maranhão)
Ir para: navegação, pesquisa

Campestre do Maranhão é uma vila do interior do Maranhão que ninguém conhece ou se importa.

História[editar]

A pacata Campestre do Maranhão antes de um arrastão feito por "bandidos do mato"

Esta cidade foi fundado em 10 de novembro de 1994, mas já existe á mais de 50 anos.

Economia[editar]

Para aqueles que desejam ver carros de luxo, basta visitar Campestre do Maranhão, mas isso só é possível no dia de pagamento da prefeitura, pois se vier antes ou depois não encontrará nenhum, porque nenhum daqueles carros é da cidade, mas são de pessoas desconhecidas que apenas o prefeito e os vereadores conhecem, aí esse pessoal leva a metade da grana e o prefeito e os vereadores ficam com a outra metade do dinheiro, enquanto isso os funcionários só recebem de três em três meses. A maioria dos funcionários da prefeitura já se acostumaram com isso, até os próprios comerciantes da cidade, porque as maiores empresas da cidade também só pagam de três em três meses também, pois sabem que não adianta pagar nos outros meses se não haver nenhum funcionário público para ir no comércio.

Política[editar]

A cidade sempre foi uma disputa entre políticos da região, onde as mesmas famílias começam a disputa um ano antes das eleições, onde os políticos mandam espalhar panfletos falando mal do seu adversário, eles espalham os mesmos durante a madrugada para quando amanhecer o dia lá estão as ruas além de buracos e lixos, os panfletos espalhados, aí se você quiser, que limpe a frente da sua casa porque os panfletos só são retirados quando ocorrer uma chuva bem forte para arrastar os mesmos para dentro do rio Tocantins.

Não podemos esquecer de falar do prefeito, uma pessoa popular, é claro ele não sai do bar, onde ele reúne seus puxas-saco e ficam o dia inteiro tomando, e aí quando ele fica bêbado se caga e se mija todo, é preciso seus puxas-sacos o levarem para casa aonde quando chega apanha da primeira-dama, coitado está mal visto e mal falado na cidade além dos atos, ele também nunca gastou um real na cidade cada dia que passa está ficando pior, os proprietários de carros já andam de pé na cidade, porque não há possibilidades de carros trafegarem de tanto buracos que há na cidade, e não é buraquim são buracões.

Segurança[editar]

A polícia só trabalha até 15:00hs, ela tem medo dos trombadinhas.

Comunicações[editar]

Mas além disso Campestre tem dois sistemas de comunicação, o primeiro é a voz do Canadá que é usada apenas para anunciar o difunto do dia e em segundo é a rádia que vai ao ar de vez em quando, e só pode das 07:00hs ao 12:00hs, porque ela não é licenciada e se a federal pegar o bicho pega.

O Primeiro Jornal de Campestre do Maranhão, ele foi fundado pelo Cicero Miranda vereador de Campestre e só serve para publicar os folhetos que já foi falado sobre eles, e para o Sr Cicero, proprietário do jornal e vereador, fazer suas campanhas políticas e falar mal dos seus adversários.

Turismo[editar]

O ponto turístico da cidade é conhecido como "Praia do Leleco", também chamada de "Praia da Farofa", onde todo mês de julho aos domingos o pessoal junta sua família, pega seu carro, sua moto, sua bicicleta, seu jumento ou de pé mesmo, e vão para a beira do rio Tocantins, saem de casa 09:00hs e voltam às 16:00hs, porque a partir desse horário a praia passa a ser tomada pelos trombadinha para fazer dela um ringue de lutas e uma sala de filmes pornográficos.

v d e h
SARNEYLÂNDIA MARANHÃO
Bandeira do Maranhão.png