Campo Azul

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Campo Azul é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
A única rua asfaltada é uma rodovia estadual (provavelente esburacada).

Sciences de la terre.svg.png


Campo Azul é uma cidade caipira no interior de Minas Gerais. Conhecida por ninguém conhecer, tanto que não chamam Campo Azul pelo nome mas sim de "coisa" ou "bairro" ou só falam do lugar que estão se referindo "Aquele que nóis pescô aquele butiá grandão, sô!".

História[editar]

Prefeito e o vice-prefeito atolados mais uma vez nas vias de ótima qualidade de Campo Azul.

Fundado por Bolivianos que vieram procurar condições de vida melhor em outro lugar, eles tinham pensado "Como nós somos melhores acho que se formos para um lugar pior que o nosso nos daremos bem melhor!" e isso deu certo, na década de 30, após a proibição de camisinha no município, vários bolivo-brasileiros nasceram em Campo Azul.

O povoado cresceu até virar um distrito falido de uma cidade qualquer do norte mineiro, então, um primo "da cidade" resolveu abrir o bico para o filho do futuro prefeito e ele iria impulsionar a emancipação do município.

Cquote1.png Que cidade mais atrasada, vocês poderiam ser um município de verdade se emancipassem essa joça! Cquote2.png
Primo da cidade

O prefeito, confiando na sabedoria do guri, pagou um boquete para um juiz que emancipou o distrito com o nome mais maneiro que ele tinha na lista "Campo Azul", que se referia ao céu do município que segundo alguns cegos era mais bonito que os de outras cidades (apesar de que todos nós dividimos o mesmo céu).

O município se declarou "Campo Azul, a cidade com o céu mais bonito" (título já de Franca e de outras mais de 8000 cidades, sim até Osasco tem esse título!) e hoje vive a vida de caipira.

Cidade[editar]

A cidade é composta por um posto de gasolina, uma igreja e algumas casinhas todas amontoadas onde provavelmente seu avô e sua avó moram. É fato que os idosos morem nos lugares mais remotos do planeta, talvez por preferirem um lugar quieto e sossegado (mas em Campo Azul tem playboys que põem o som no máximo e ficam se exibindo com aquele Uno do cacete... Vamos desconsiderar isso) e monótono como Campo Azul.

Enfim, maiores hobbies dos habitantes são: atualizar o facebook, fofocar sobre a vida de alguém da província, digo, vila, ir a padaria, ir a uma cidade vizinha ( Brasilia de Minas ou Moc City) comprar algo (geralmente são roupas e sapatos) e assistir o Faustão para completar um domingo entediado.

Festas[editar]

Campo Azul é conhecida por ter as melhores festas (só não se sabe explicar por que todo ano, vem sempre as mesmas pessoas), a grande maioria é recolhida nas cidades vizinhas por uns onibus velhos.


10/01 a 20/01- Festa Religiosa de São Sebastião.

19/01- Festa do Pequi(a festa do pequi é feita com muita competência e criatividade(kkkk) preparam panelas com arroz e pequi que são servidas aos convidados ao som de músicas consagradas de forro).

20/01- Festa Campoazulense Ausente.

20/01 - Aniversário da cidade (Dia de festa muito animada, com shows e também tem uma grande queima de fogos(coisa de uns 15 segundos).

20/01- Festival de Cerveja (Uma espécie de Bloco que se reúne no unico Poliesportivo da cidade, onde o passaporte para enchera cara(inclusive os menores de 18 anos) é um abadá (geralmente de péssimo gosto).

12/07 - Vaquejada

Curiosidade: No último evento do aniversário da cidade só 7 pessoas compareceram (secretário da educação, a secretária da saúde estava lá mas se pegando com um que deve ter achado na rua, havia três pobres assaltando a mesa de comes e bebes mas indo embora logo em seguida, o prefeito, o vice não compareceram e o zelador fazendo os fogos de artifício chochos).