Campo do Tenente

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Campo do Tenente é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Bois são mais comuns que carros aqui.

Sciences de la terre.svg.png


Campo do Tenente é uma cidade do Paraná em que até hoje há uma espécie de coronelismo, tudo porque o tenente que agora já foi pro caixão mas, em vida apavorava todo mundo e mandava mais do que o prefeito (e prefeito manda alguma coisa?) mas, o caso é que ele comandava tudo assustando todo mundo com seus capangas.

Assim sendo...

Aí está a bibinha invocada.
O sonho do tenete era ser miss.

Ninguém sabe como foi a verdadeira história mas, agora a Desciclopédia leva ao seu conhecimento a verdadeira história da, agora pacata e singela cidade de Campo do Tenente que, tem esse nome porque os moradores têm até medo de reclamar, mesmo eles nem sendo do tempo do tal tenente mas, o pavor ficou gravado no mainframe do sítio.

O tenente que tinha inspiração em nada mais nada menos do que Adolfinho queria fundar no meu Paranã uma especie de Alemanha nazista tupiniquim, desta forma ele começaria com o povoado de Campo do Padre que era, até então o nome do local, o que desagradava ainda mais o tenente doidão porque ele era Protestante e abominava a Igreja Católica, principalmente os adeptos, tipo Ku Klux Klan o homenzinho era feroz mesmo, até mais vermelho do que o restante da população da cidade. Ele tinha devaneios com uma sociedade ideal e perfeita na visão dele mas, tocava o terror na base da porrada, do chumbo, do espeto, do pau... de onde desse. Era um baixinho invocado, tipo Napoleão Bonaparte e achava que havia encontrado a receita da ordem e prograsso mas, era uma especie de coroelismo com até hoje anda acontece no Nordeste. O regiem era o seguinte:
Mirante da cidade após a morte da tenete louca.
Quem fosse contra algo não era convencido mediante tortura, tipo a ditadura militar, não, simplesmnete morria na hora e, ele conseguiu antes de tudo o respeito de todo mundo, já que era uma bichinha carismática mas, depois passou a mandar mais do que o necessário, mediante ter boa liderança e conseguiu muitos capangas que o apoiavam. Os habitantes tinham medo até de olhar pela janela e quando saiam em família andavam em fila, garlmente com a véia atrás quando ela ia junto, isso fazia mesmo perderen-se velhinhas por Campo do Tenente, assim as veinhas passaram à frente da fila, e eram então pisoteadas.

E a bichinha rodopiava e seu gabinete achando que havia conseguido seus intentos, só rsicando vários nomes em uma lista de morte, até que um cabra-homi coseguiu pegar a mona sem seus capangas e mandou porrada na biba que morreu segurando um lencinho cor de rosa. Acredita-se erroneamente que ele foi um importante tenente durante a Revolução Farroupilha mas, não é nada disso. Essa foi uma desculpa do governo para o vacilo de passar despercebido o que ele fazia por tanto tempo.