Cana Alberona

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Shermie kof.jpg Este artigo trata de uma Hentai Girl

Ela é gostosa, mas nón ecziste. Ela participa de algum desenho, jogo ou quadrinhos e usa biquíni do tamanho de um dedal.

Caninha2.JPG Cquote1.png TOMA CACHAÇA, CARAI!! Cquote2.png

Este artigo tem cheiro de porre! O autor está caído na calçada, gorfando álcool puro. Melhore este artigo e ganhará 6 litros de uísque, mas se vandalizar, será obrigado a tomar catuaba selvagem!

Canabrava Alberona

Canacosplay.jpg

Classe Mágica Maga cachaceira
Fairy Tail
Idade 18, já dá pra passar a linguiça
Apelido Corote Girl
Mestre Makarov Dreyar
Parceiros Gildarts Clive, paizão que foi comprar cigarros e nunca mais voltou
Lucy Heartfilia, a BFF
Tipo de magia Trucar com Zap
Técnica(s) Fairy Glitter
Perfil
Roupa Hentai Girl tradicional
Família Gildarts Clive, pai
Sonho Conseguir o Corote de Ouro
Frase Favorita Bota cachaça carai


Cana Alberona é uma maga especialista em truco valido o toba, suas magias consistem em tacar cartas nos inimigos, mais ou menos no mesmo estilo que o Twisted Fate, a única diferença pra ele é que Cana é macho de verdade.

No princípio, ela era apenas uma cachaceira maga secundária da Fairy Tail, que aparecia de vez em quando para falar merda e logo voltava para o seu limbo de origem. Porém, após o arco de Tenrou, o autor botou esta peituda em destaque, com ela sendo uma semi-protagonista da temporada e descobrindo-se que ela é filha de um dos magos mais foderosos da guilda, o desaparecido Gildarts Clive.

Ela é a detentora do Fairy Glitter, uma das magias mais poderosas da Fairy Tail, porém só consegue usar essa parada de vez em quando, nas ocasiões em que o fantasma de Mavis Vermilion permite.

Passado[editar]

Ela é a filha de Gildarts com uma puta qualquer que ele conheceu durante uma de suas impossíveis missões de cem anos qualquer.

Gildarts vivia feliz e sorridente com sua mina, que fazia o tempo passar mais depressa e de maneira mais prazerosa enquanto ele estava em sua missão suicida, mas quando ficou sabendo que seria papai pela primeira vez, em uma atitude sensata, ele disse que iria comprar cigarros e nunca mais voltou, e isso porque ele nem fumava.

Na infância, sem um pai, Cana era zoada pelos moleques pentelhos da vizinhança, e para esquecer do desgosto de ser abandonada como um resto de aborto, furtava moedas dos viajantes e comprava garrafinhas de Corote e misturava com limão, a única coisa que lhe dava algum alívio em sua decepcionante vida.

Nas horas vagas, para complementar a renda familiar, ela atuava como vidente trambiqueira e como apostadora profissional, tendo até derrotado o Rambo e sua sicuri em uma partida de truco valido o toba, vingando assim o toba do tiozinho do truco.

Antes da mãe de Cana morrer, ela disse para a filha que seu pai era um puta dum mago de uma guilda de fadas, e que ela deveria procurá-lo, para cobrar as pensões atrasadas. Não podendo negar dinheiro na situação em que se encontrava, Cana seguiu viagem até Fairytopia, o país da purpurina.

Ao chegar na guilda, mesmo ainda tendo apenas uns oito anos, mas com corpinho de dezoito, foi molestada por um brutamontes barbudo, que depois ela viria a saber que é o teu pai. Não tendo coragem de revelar que era a filha perdida, para não perder a viagem, e mais importante, não morrer de abstinência, Cana começou a trabalhar para a guilda, fazendo pequenos trabalhos obscenos para Makarov em troca de um prato de arroz com feijão e alguns goles de leite, mas um leite peculiar.

História[editar]

Cana com sua roupa de trabalho.

Nos primeiros episódios, Cana era apenas uma maga inútil que aparecia no cantinho das cenas para dar palpite nas missões sem nem saber direito no que elas consistiam. No mais, ela passava os seus momentos de ócio, ou seja, todos, enchendo a cara com cachaça de baixa qualidade e alto teor de álcool.

No arco de Tenrou, o autor do mangá finalmente reconheceu o potencial de Cana para os hentais, com seu corpo que em nada deve para o de Lucy ou de Erza. Então, para dar destaque a maga, foi revelado que ela é a filha legítima de Gildarts, e que possuía poderes tão grandes quanto os dele, ou não, com certeza não. De qualquer forma, foi nesta época que ela ganhou de Natal o "Fairy Glitter", uma das magias mais poderosas da Fairy Tail, capaz de detonar até os Magos Classe-S de guildas das trevas.

No arco do campeonato lá, Cana é uma das melhores secundárias, aparecendo apenas para balançar os peitões e lançar um Fairy Glitter e fazer todo mundo ficar com cara de bunda, por ela ser mais poderosa até do que um Mago Santo.

Magias e habilidades[editar]

A principal magia de Cana é a Fairy Glitter, essa porra é tão OP que mata qualquer inimigo, o único problema é que a cachaceira só pode usar isso quando Mavis permite, ou seja, nunca.

Não podendo estourar o toba dos inimigos com sua magia suprema proibida, Cana faz uso de magias que envolvem um baralho marcado, podendo tacar cartas explosivas e até prender a alma de pessoas dentro das cartas, o que não serve pra nada, digassi di passagi.

A habilidade mais útil de Cana é a tolerância ao álcool, com isso ela pode ficar a noite inteira virando pinga ruim que não dá pt, neste ponto ela perde apenas para Bacchus, mas o cara lá é pinguço profissional também, ele não conta.

Fairy Tail por Hiro Mashima
v d e h