Canguaretama

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Canguaretama é uma cidade dominada por um regime ditatorial, bem parecido com o de Cuba, na qual reina pessoas sem cabelo algum. É um raro exemplo onde o distrito sede é pior que os distritos circunvizinhos, sendo que muitos consideram o distrito de Barra do Cunhaú um município a parte sem nem imaginar que um lugar bonito daqueles pertence a uma cidade feia como Canguaretama.

História[editar]

A prefeitura de Canguarepenha, repare a quantidade de gatos nas fiações elétricas, local que marca o fim da ilusão que este município é só uma praia bela.

Tudo começou por ali em 1645, quando holandeses massacraram um bando de vagabundos que ali viviam sem fazer porra nenhuma de bom para um progresso. Mas comos e sabe, os holandeses jamais conseguiram ter controle daquelas terras, e os mortos foram elevados a santos padroeiros da preguiça e da vida mansa.

Ao contrário de Barra do Cunhaú que não percebe como Canguaretama os atrasa, a praia de Baía Formosa fez bem e desmembrou-se de Canguaretama em 1958, por isso o município vizinho é tão mais próspero.

Canguarepenha foi fundada oficialmente somente em 16 de abril de 2007 pelo decreto da não mais importante Familia Albuquerque Maranhão. Sua população se orgulha do fato de um dia ter sido uma boa notícia no Jornal Nacional (que na verdade falou bem é de Barra do Cunhaú) e de pessoas que morreram 400 anos atrás, que hoje são santas e trazem algum dinheiro para a cidade.

Geografia[editar]

Canguarepenha é um manguezal município que possui uma população de aproximadamente 32 mil Caranguejos pessoas, e esta localizado na Microrregião do Litoral Sul (onde só é possível vê-la com a ajuda de um microscópio). Está sob o domínio do Protetorado Comunista Escandinavo do Rio Grande e sua sede fica no interior, bem escondida para ninguém encontrar, sendo melhor acessível apenas o distrito de Barra do Cunhaú, que é a única coisa bonita por lá.

Economia[editar]

Na sede de Canguarepenha a população não tem nada pra fazer, a única fonte de renda da cidade é a prefeitura. Quem sustenta o município é a praia de Barra do Cunhaú, onde os estabelecimentos praticamente assaltam os turistas cobrando preços absurdos para fritar singelos camarões.

População[editar]

Cidade grande para os padrões potiguares, com mais de 30 mil habitantes, embora pareça que tenha apenas 1000, mas é cheio de distritos que ninguém nunca ouviu falar e lá sim está a massa populacional do município, sem contar que as putarias que ocorrem na Barra do Cunhaú ajudam a alavancar a taxa de natalidade do município, não há uma quenga nessa região que não engravide.

Turismo[editar]

A única parte bonita do município que merece ser visitada é a praia do Baía Formosa Barra do Cunhaú, que na verdade é outro município a parte que só esqueceu-se de desmembrar-se ainda. Visitar Canguarepenha em si é algo que não é aconselhável para ninguém, pois não existe nada de bonito ou legal por lá.