Capelinha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Capelinha é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Todos os habitantes usam a mesma operadora de celular. Isso quando existe alguma.

Sciences de la terre.svg.png
Va-a-merda-porra-(Luiz-Carlos-Alborghetti).gif Este artigo pretende ser ofensivo!
Se não se sentiu ofendido, edite-o até se ofender.
E se você se sentiu ofendido, VÁ A MERDA, PORRA!!!
Cquote1.png Deus que me livre Cquote2.png
Velhinho que comeu e não pagou sobre Capelinha

Cquote1.png Sai daquí, Sai daquí Cquote2.png
Nova Serrana sobre Capelinha
Cquote1.png Sou capelinhense com muito orgulho. Cquote2.png
Capelinhense idiota sobre Capelinha
Cquote1.png Eu já me escondi lá. Cquote2.png
Foragido de qualquer lugar mostrado no Linha Direta sobre Capelinha
Cquote1.png [email protected] Cquote2.png
Capelinhense criando msn
Cquote1.png [email protected] Cquote2.png
Capelinhense "+" criativo criando msn
Cquote1.png Vou te mandar pra Capelinha. Cquote2.png
Pai ameaçando filho maconheiro
Cquote1.png Obaaaaaaa. Cquote2.png
Filho Maconheiro sobre citação acima
Cquote1.png Capilinha. Cquote2.png
Tua mãe pronunciando Capelinha corretamente
Cquote1.png Província de Minas Novas. Cquote2.png
Prefeito bêbado de Minas Novas sobre Capelinha
Cquote1.png Fui eu quem fiz essa "Capelinha", portanto a missa termina na hora que eu quiser! Cquote2.png
Padre da paróquia local sobre Capelinha
Cquote1.png Ordináaaaaaria! Cquote2.png
Velhinho que comeu e não pagou sobre mulher de Capelinha
Cquote1.png Viado é Você! Cquote2.png
Luciano do Zezé di Camargo sobre Capelinhense

Capelinha é uma cidade barroca do "inferior" de Minas Gerais.Popularmente conhecida como ânus do mundo, por seu formato de "U".

História[editar]

A história da cidade remota da era Paleozóica, dizem os astros estudiosos da região. Curiosamente o esconderijo cidade foi fundada devido a brigas de torcidas rivais de times de futebol. Manoel Luiz Peido, (que nunca foi pêgo) descendente de portugueses, o que explica a grande inteligência dos nativos do lugar, fazia parte da turma do "bri" sexual que já vinha se desentendendo a algum tempo com a turma Gayrreiros da Tribo disputando lindos jogadores de futebol para atuarem em seus respectivos clubes na copa regional. Perseguido pelos torcedores índios Aranãs, Manoel Luis Peido percorreu lugares horrorosos tentando se esconder (Turmalina, Minas Novas, Chapadinha, Maracujá, Angelândia) em cima de uma charrete puxada por cabritos desnutridos, não conseguindo achar um lugar melhor pior pra se esconder, acomodou-se por ali mesmo. Seguro de que estava seguro e com o seguro da charrete vencido, e bem longe do Brasil, talvez perto do Acre, se instalou no local e começou uma procriação desenfreada com suas cabritinhas (sem o uso da camisinha), onde aconteceu uma miscigenação, gerando a beleza peculiar do indivíduo capelinhense.

Atividades Econômicas[editar]

Agricultura 50% da economia de Capelinha é derivada das lavouras de de café, maconha, carvão vegetal, maconha e qualquer outro entorpecente que se plante.

Granjas Em pelo menos 50% das residências você encontra a criação de galinhas e porcos dentro de casa, o que eleva o número de doenças sexualmente transmissíveis em todos os ânus.

Piscicultura É um dos pólos de criação de piranhas da região, perdendo apenas para Veredinha e Turmalina.

Informática Tem crescido a inserção da mulher no mercado de trabalho, graças às garotas de programas de computador que usam o msn (pronúncia: mshomi) ou orkú para conectar-se a seus clientes através de uma internet bunda larga ou à rabo, ganhando o seu pau pão de cada dia, o que explica o reduzido nível de desemprego do sexo feminino no local.

Prefeitura O grande sonho da maioria dos adolescentes capelinhenses não é passar no vestibular, e sim ser agraciado por um parente com uma vaguinha na Prefeitura da cidade, para que estudar? Se você pode ficar rico, sendo laranja do prefeito ou entrando em alguma fraucatua, estudiosos já estudam Capelinha, por ser a cidade com mais mágicos no mundo,eles conseguem dormir pobres e acordarem ricos, Mistereme aqui é fichinha.


Nota: Sabe aquela sua parente capelinhense que você desconfia que é uma prostituta? Pois é, eu já comi aquela safada! hehehe!

Sociedade[editar]

A sociedade Capelinhense se divide nas seguintes classes:

Lucaspelinhenses = Acostumados com a desgraça do mundo. Vivem sem dormir e sem comer procurando a desgraça alheia para fotografar e publicar na internet.

Comerciantes = Porcos Capitalistas que paga um salário miserável aos seu funcionários que ficam levantando as bolas bola deles devido a escassez de emprego, são donos de qualquer buteco comércio que movimenta o povoado. São chatos pra caramba e quando morrem, o dia vira feriado. Seus filhos são "metidos" a, e por Playboys e as Patricinhas, que...

Metidos a, e por Playboys = Filhos de comerciantes, são jovens com baixo nível de criatividade e carisma, deficientes de inteligência e com forte tendência homossexual hereditária que andam de Uninho, Paliozinho, ‘’Gol’’, ‘’Vectra’’, ‘’Golf’’ do papai e na primeira oportunidade que têm colocam um som nojento de Funk bem alto em suas carroças para poder preencher o vazio que possuem em seus cérebros, geralmente vivem de álcool, viadagem, festas, drogas, sexo e viadagem.Como os viadinhos da escada do vasco ou no ponto de drogas cascata.

Patricinhas = Putas Filhas dos comerciantes. Vivem nas festas exibindo roupas e celulares de antepenúltima geração camuflando a sua baixa quantidade de neurônios, se tornam tão chatas que acabam namorando um playboyzinho de outra cidade para perderem a virgindade porque não se misturam com a gentalha do lugar. Possuem mais inimigos que amigos e são anoréxicas. Além de falar errado e serem pernósticas, e falarem coisas como: "meu pai é adévogado".

PseudoPatricinhas = Putas Filhas da classe popular e que dão no duro trabalham o ano todo para exibir suas roupas nas festinhas.

Classe popular = O resto da população (pedreiros, pintores e funcionários da prefeitura) que morcega trabalha para gastar sua merreca com apostas em mesas de baralho ou em jogos de loterias, apostando os números que deu a uma outra pessoa um grande prêmio todas as semanas porque acham que podem ser sorteados algum dia, sabendo que essa sequência se repetirá somente uma vez em cada 73.815 anos, perdem tudo que têm não têm, revoltados, enchem a cara nos butecos, chegam em casa e espancam a esposa e os filhos que não têm nada haver com a alta do preço do petróleo que faz com que a cesta básica fique mais cara.

Bairros Aglomerações[editar]

Buracão = É um dos bairros mais antigos da cidade e também um dos mais feios. O clima é super-aquecido, nos dois sentidos. É que eles costumam resolver suas diferenças na base da porrada, assim como no Piedade, diferente dos Bairros Aparecida e Vista Alegre, onde é na base do tiro. Inclusive este bairro ficou no inicio da lista e o Piedade por último para não ter nenhum conflito, no buracão concentra-se o maior número de vagabundos por metro cúbico da cidade, a proporção é de 3 pedreiros para cada pintor por habitante, aglomeram-se o dia inteiro depois do expediente no banquinho da esquina na entrada do bairro onde ficam falando mal da sua vida e desejando a bunda do teu tio gay, da tua mãe, da sua irmã, da tua tia, e até da sua cachorra quando elas passam pelo local (lembrando que estou falando aqui do seu animal de estimação do sexo feminino e não a cachorra da sua mulher ou da sua namorada).

Água Santa = É uma ramificação do Buracão, os imigrantes da zona rural se escondem lá, comumente conhecido por ter as mulheres mais feias e barraqueiras da cidade, é o bairro mais limpo da cidade, pois acontecendo alguma briga de vizinhos (que é rotina), seus moradores costumam aparecer com uma vassoura fingindo estar limpando a porta da rua pra poder ficar por dentro da confusão, além de ser, junto com o Buracão, o bairro onde fica o cemitério da cidade.

Bela Vista = 99% dos habitantes não sabem onde o bairro se localiza, mas curiosamente ele tem uma vista para o cemitério da cidade, bela vista, não?

Vista Alegre = Os moradores desse bairro, geralmente lutam capoeira (ou com a poeira) pois as ruas são de terra e as casas de palha. O povo anda armado de facão e se vestem estilo rapper como se estivesse na favela da rocinha e não se tocam que usam chapéu, fumam cigarro de palha, tomam cachaça e assim como no resto da cidade resolvem suas desavenças com armas arcáicas como , pedras, pedaços de pau, garruchas usadas na época do cangaço, latas de lixo ou qualquer outro objeto que possa ser arremessado à distância.

Piedade = É um pouco mais evoluído, seus moradores bebem cachaça o dia todo e brigam com facas importadas compradas na feira em barracas de camelôs. Terceiro bairro em Ocorrência de Pancadarias, Dá acesso ao Bairro Jardim Aeroporto, que nem veio como bairro porque apesar de ter iluminação, meio fio e até coreto, não tem gente, nem casa, nem asfalto.

Aparecida = Esse aloja goticuzinhos, traficantes, assassinos, excomungados e outros seres sem definição, além de ter o segundo maior índice de pancadaria.

Acácias = Como já diz o nome, é o bairro das flores (só tem flor), onde se encontra a classe alta da cidade (devido a altitude), busca a emancipação, e é por isso que está com um espaçamento maior de parágrafo, seus moradores VIP´s (Vasoective Intestinal Person) diferenciados da comunidade, alegam ter suas ruas asfaltadas e serem o cartão postral da cidade relativo à próstata, além de ficar em lojas experimentando roupas, as mulheres do bairro, com sua cúsciência social "dão" sua cutribuição aos jovens carentes da cidade. Uma de suas Ruas tem o cartão postal de uma de suas admnistrações políticas (os coqueiros), já que os prefeitos preferem coqueiros a postes de luz, deixando a população sem ilumninação pública. Nessa mesma rua existe uma fonte, e fontes seguras fofocam dizem que nela há uma passagem para o acre, tendo como caminho a caverna do dragão.

Centro de Butecos Comercial = Cortado pelo mar de bosta córrego areão, onde corre o esgoto da cidade, é o local onde se encontram os melhores butecos comércios das e salões de beleza que só servem pra quemar(falar da vida dos outro) as pessoas da cidade . Maravilhosamente projetado pra não ter onde estacionar, dirigir nele é um caos. Abriga também a suja e minúscula maravilhosa e bem planejada Rodoviária de Capelinha, que lota depois da festa do Capelinhense Ausente com todo mundo doido pra ir embora todos magoados por dar adeus à cidade.

Maria Lucia: É um bairro onde só tem vagabundo,e onde se aglomera boa parte dos marginais da cidade ... por um lado é bom porque tem muita mulher mas por outro é uma bosta porque elas são todas vagabundas e feias. Esse nome foi dado pelo prefeito da época, em homenagem a sua puta esposa, que ele achou lá naquelas bandas. É o bairro onde o povo detesta trabalhar ! Ao contrario do que sepensa,eles fazem parceria na venda de droga e são amigos dos canelas sujas do Vista Alegre e Aparecida onde pelo menos os traficantes vendem maconha e as putas mulheres bastante trabalhadeiras

Educação[editar]

Em falta... Todo mundo bando de mente limitada,cuzões e so sabem bancar o esperto.

Hospitalidade e Cu-linária[editar]

Capelinha é conhecida como cidade hospedeira de insetos hospitaleira visto que visitando a casa de seus moradores, você é muito bem recebido pelas mulheres que te oferecem uma rosca no verão e um caldinho de feijão e de buceta bem quentinho no inverno, já os homens lhe oferece um pau pão de queijo e um sucuzinho, um caldo "caldo" de linguiça com dois "bagos" de feijão da ora mano! Sem falar no tradicional prato de calango com batatinha, típico do agreste mineiro.

Artistas que aprovou a [Cu]-linária Capelinhense


A criatividade Capelinhense não tem fim, comprovaram isso os cantores João Bosco e Vinícus que quando vieram tocar em Capelinha, receberam uma sopa em um pote de margarina Delícia, logo entenderam o raciocínio do restaurante: "Nossa, vamos mandar a sopa em um pote de margarina Delícia pra mostrar como estar uma Delícia essa sopa, nossa como somos gênios"

Eventos mais esperados de Capelinha[editar]

Arquivo:Farras.jpg
Patricinha após uma noite do Capelinhense Ausente

Capelinhense Ausente Depois do carnaval, o capelinhense ausente é a festa mais esperada do ano, a euforia toma conta do lugar, pois os aborígenes capelinhenses ficam alegres em saber animais da espécie homossexuais homo sapiens conseguiram achá-los sem a ajuda do google earth e afinal vai poder comentar com os vagabundos amigos que viu um carro importado "doido demais". É a época em que a viadagem cordialidade rôla, digo, rola solta. As putinhas capelinhenses mais excitadas costumam colocar nicks com alguma frase sobre o capelinhense em seus mshomens (msn) 11 meses antes da bosta festa que contrata uma grande variedade de estilos musicais sertanejo todos os dias, ou seja, música pra corno boi dormir, confortando os cornos impotentes que só sabem "comentar sobre cerveja e beber futebol" e trair atrair os playboys branquelos de BH ou os de Capelinha que fingem estar fazendo faculdade de alguma merda em outra cidade que por motivo de indecisão sexual foram mandados para outra cidade pra não passar vergonha nos papais.

Carnaval O caranaval acontece todos os ânus em Minas Novas, mas veio parar na página de capelinha porque SÓ DÁ CACHACEIRO CAPELINHENSE NAQUELA JOÇA! É um evendo idiota com um trio elétrico velho que desce numa ladeira horrorosa, única rua que presta da cidade e que deu aos moradores título de 'Rola Bosta'

Política Dois meses e meio de festa, onde o povo come do boi bom e do melhor, com atrações variadas geralmente com nomedocantor + dos teclados (ex: fulano dos teclados), agitação total com gincana onde vence aquele que conseguir comprar mais votos e distribuir mais cestas básicas. É a época que os puxa-sacos são claramente reconhecidos, estão em cada esquina mais enfeitados do que palhaço de circo, batendo boca com amigos ou parentes em defesa daqueles que os conhecem apenas de "4", em quatro ânus que apesar de ter um candidato que o seu gabinete fica na feira municipal de capelinha no bar do seumadruga onde passa se o mair tempo alcoolizado e assinado cheque para seus patrões que quer dizer a gangue dos miora seu filho lu e apenas mais um socios das bocas de fumos da cidade sua mulher dona conceição viera e dona de uma fundação onde 4 anos atras era o hospital do povo capelinhense agora com mais quatro anos pela frente seus bezzeros e bezzeras estarão todos manando!