Capitais e Túmulos do Antigo Reino de Koguryo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
DESCICLOPEDIA MANSE!!
Flag korea dog.jpg Este artigo é sul-coreano! Ele é nerd, odeia o Brasil e comunistas, come bulgogi e kimchi, luta Taekwondo, anda de Hyundai e briga com os japoneses por causa de duas ilhas. O autor pode ser um viciado em Pump it Up ou uma fã doida de K-Pop.

Park Geun-Hye, Yi Sun Shin e Kim Kaphwan estão de olho.


Pastel chines original.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


As Capitais e Túmulos do Antigo Reino de Koguryo é um patrimônio mundial localizado na Coreia do Norte e recentemente roubado pela China. Esse sítio representa a importância do Reino Koguryo, um histórico exército que defendeu a fronteira contra as invasões norte-coreanas à Manchúria até hoje.

Capitais[editar]

Um dos heróis de Koguryo defendendo o Império dos japoneses.

O Reino Koguryo, assim como o Brasil, teve três capitais, mas nada que mudasse alguma coisa, era só uma questão de mudar de local após a destruição da atual capital.

Cidade-montanha de Wunu

A primeira capital do Reino Koguryo, era para onde eram enviados os criminosos de Moscou e/ou Pequim.

Ficou famosa pela fabricação de componentes eletrônicos em massa e zona de refugio religioso para ateus, capitalistas e similares.

Cidade de Guonei

Depois que os japoneses criaram a Coreia, a capital do Reino Koguryo se mudou para a cidade ninja e perdida de Guonei onde os orientais revoltados poderiam planejar secretamente golpes contra o governo.

Ficou famosa por ser um grande centro de todo o tipo de pornografia ilegal.

Pyongyang

A última capital do Grandioso Reino Koguryo, foi fundada como comemoração, depois que os Koguryos derrotaram os japoneses, os russos, os chineses e os sul-coreanos fundando oficialmente a Manchúria. A etnia do Koguryos é formada pela mistura de japoneses, russos, chineses e coreanos.

Esse capital também marcou o fim do Reino Koguryo e o início do Império Norte-Coreano depois que a União Soviética financiou os bandidos locais. A cidade parou no tempo e ainda acha que é 1970.

Túmulos[editar]

Importantes figuras da cultura do Reino Koguryo também são lembrados e seus túmulos tomabdos pela UNESCO, são:

Túmulo de Bruce Lee

Um dos heróis do Reino Koguryo, libertou o povo chinês da opressão dos piratas e canalhas japoneses, junto com Rambo combateu os soviéticos no Vietnã, e matou mais bandidos que Jackie Chan e Jet Li juntos.

Túmulo de Kim Jong II

Um túmulo construído por fanáticos do Reino Rival do Império Sul-Coreano, Kim Jong II o mais famoso ditador sanguinário rei do Reino Koguryo.

Veja Também[editar]