Caraş-Severin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Caraş-Severin, transliterado em Caraço-Severino é um condado transilvânico inóspito romeno e parte vampírica de seu condado vizinho a Vâlcia.

História[editar]

Paisagens severinas-caraşianas típícas daquela brancura que contrasta poeticamente com o vermelho frequentemente derramado.

Como qualquer região florestal de qualquer lugar do planeta, Caraş-Severin não possui história certa, apenas lendas e contos sinistros que permeiam suas matas.

É praticamente impossível uma pessoa normal sobreviver mais que meia hora no território de Caraş-Severin, mesclando o frio, com a falta de comida, falta de água, falta de suporte à vida e presença massiça de vampiros rudimentares, todos que entram em Caraş-Severin rapidinho ficam com o pescoço esguichando sangue.

Clã[editar]

O clã vampírico que rege Caraş-Severin são os Gangrel, uma espécie de vampiros caipiras e roceiros, acostumados com a mata. Ou seja são mineiros naturalizados romenos transilvânicos que ao beberem seu sangue falam "Eita trem bão esse sanguim!". O nome desse clã vem por causa do frio da região que causa muita gangrena.

Geografia[editar]

Caraş-Severin é uma planície gelada formada por muitas florestas e cenário de filmes como Drácula vs. Lobisomen. Na região há o maior número de morcegos por metro quadrado do mundo, assim como numerosas cavernas e quantidade de árvores mortas e desfiladeiros. Perfeito para lutas de vampiro e coisas sinistras.