Carey Mulligan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Jenna Haze.png
Carey Mulligan
Carey-Mulligan-Dark-Brown-Pixie.jpg
Nascimento 28 de Maio de 1985
Bandeira da Inglaterra Inglaterra
Ocupação Atriz da BBC
Com sua miguxa Keira Knightley.

Cquote1.png Você quis dizer: Michelle Williams Cquote2.png
Google sobre Carey Mulligan
Cquote1.png Quem? Cquote2.png
Você sobre Carey Mulligan
Cquote1.png Roubou meu penteado! Cquote2.png
Winona Ryder sobre Carey Mulligan
Cquote1.png Roubei Me inspirei nela para criar meu estilo. Cquote2.png
Emma Watson sobre Carey Mulligan
Cquote1.png Não mostra os seios nem a bunda? Não quero! Cquote2.png
Punheteiro sobre Carey Mulligan
Cquote1.png Ou não. Cquote2.png
Ou não sobre citação acima


Carey Mulligan é uma atriz britânica, demasiado talentosa para ser gozada aqui na Desciclopédia, mas como estamos cagando e andando para o politicamente correto sambamos na cara dela, na mesma. Ficou conhecida mundialmente (Ou não), em 2009, pelo filme Educação, onde faz da protagonista, Jenny Miller, e recebeu sua única nomeação ao Óscar de Melhor Atriz (2010), mas Sandra Bullock passou-lhe a perna.

Infância[editar]

Carey sendo um exemplo de elegância e graciosidade.

Nascida em Londres e filha de um irlandês e de uma galesa, sempre foi discriminada por ser "filha de emigrantes", e isso criou um trauma tão grande em seu irmão mais velho, Owain, que esse se alistou no Exército Britânico para ir combater para o Iraque e Afeganistão e provar-se cidadão inglês. Aos 3 anos, a guria mudou-se com a família para a Alemanha, onde esteve a comer salsicha e beber cerveja até aos 8, altura em que regressou à Inglaterra.

Durante a adolescência, envolveu-se no teatro amador da sua escolinha, e, quando tinha 16 anos foi ver uma peça estrelada por Kenneth Branagh, que a marcou tanto e desenvolveu o desejo de se tornar uma atriz profissional, na esperança, de um dia, poder pegar o cara no palco, no cinema ou na televisão. Cheia de vontade para dar se tornar atriz, mandou uma carta ao ator implorando para fazer o teste do sofá, mas ele lhe respondeu que ela era muito nova e que isso seria pedofilia.

Carreira[editar]

Tristinha por não ter conseguido que lhe bancassem um papel mais relevante em Orgulho e Preconceito.

Seus pais não queriam que ela fosse atriz e forçaram-na a entrar para a faculdade, mas a guria candidatou-se a três escolas de teatro em Londres em vez de faculdades, mas não foi aceite em nenhuma. Já a desesperar, entra em contato com Julian Fellowes, um dos cabecilhas do teatro/televisão britânica, implorando por ajuda: o velho sabido concorda em fazer-lhe o teste do sofá e a guria apanhou carona na fama do cara, que logo tratou de lhe arranjar o papel de quase-figurante no filme Orgulho e Preconceito (2005), estrelado por Keira Knightley. A partir daí, vai lançada para a televisão inglesa, onde trabalha sobretudo para a BBC naqueles telefilmes bregas e seriados entediantes.

Depois de ter entrado em muita porra sem interesse e sem proveito, sua grande oportunidade chega em 2009 ao interpretar Jenny Miller, a protagonista do filme Educação, que lhe valeu a nomeação ao Óscar de Melhor Atriz em 2010, por intepretar uma guria retardada britânica hipster adolescente, cujo maior sonho é viver em Paris e que perde a virgindade com um cara de 40 e tal anos. Mas, mesmo depois de ser nomeada ao Óscar, sua atuação em Hollywood é ofuscada em seus dois filmes seguintes Inimigos Públicos (2009) e Entre Irmãos (2009); onde Marion Cotillard e Natalie Portman lhe sambam na cara, respectivamente. Só se volta a tornar relevante em seus próximos papéis com Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme (2010) onde apanha carona na fama de Shia LaBeouf, e em Nunca me Deixes Ir (2010), onde faz da protagonista sofrida dessa porra.

Em 2010, mostra tudo o que há para mostrar no filme indieota Shame, onde interpreta Sissy, uma dependente química, irmã do protagonista que é ninfomaníaco e a quem está determinada a arruinar a vida, até tentando o suicídio. Em 2013, interpreta Daisy Buchanan em O Grande Gatsby, adaptação cinematográfica do livro de F. Scott Fitzgerald, levando todo o hipster e indie à loucura com suas roupas "super brechó", "vintage-arrojado".

Porque as actrizes talentosas não necessitam descer a calcinha para verem o seu trabalho reconhecido...
...Ou não...

Filmografia[editar]

Televisão[editar]

Telefilmes[editar]

Seriados[editar]

Vida Pessoal[editar]

Pagando pau de Indie.
A prova que Shia LaBeouf escolheu Carey à puta paga, Megan Fox.

Em 2009, roubou Shia LaBeouf a Megan Fox, o que a deixou furiosa. O cara pegou Carey forte e feio até 2010, altura em que levou um pontapé na bunda e foi trocado por Tom Sturridge.

Em 2011 pegou Eddie Redmayne, mas a coisa só durou 1 mês, pois Carey reencontrou seu miguxo de infância, Marcus Mumford, vocalista da banda indieota Mumford & Sons, com quem casou e de quem pariu um filha em 2015.

Além de ter requintes indies, Carey ainda paga-pau de Madre Teresa de Calcutá, participando em várias acções de caridade: revelando seus tiques feministas, em 2010 participa numa campanha contra o tráfico sexual, em 2012 tornou-se embaixadora de uma qualquer associação de apoio a doentes com Alzheimer do Reino Unido, esqueci agora o nome da tal associação e, em 2014 tornou-se embaixadora da Criança da Guerra, que faz caridade de criança em zonas de confronto militar, o que lhe valeu uma viagem paga ao Congo, qual Angelina Jolie.

Afiliados[editar]

{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/1/1c/Hollywoodpedia.png}}