Cargo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Monalien.jpg ┘¶Æ╦Ù⌂ï◙ Ð˧©Î©£ØÞѮÐÎÅ !!!

Este artigo contém altas doses alienígenas! Não estranhe se encontrar uma sonda no cu dedão do seu pé ao terminar de ler este artigo. Se vandalizar, um OVNI enfiará uma sonda em você!

Alienwantyou.jpg
250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.


Cargo
Cargoudende.jpg
Nome completo Cargo Pants
Local de Nascimento Morro do Dendê Namekusei
Raça Namekuseijin
Tecnicas Fugir e morrer
Profissão Vagabundo
Hobbies Ser secundário inútil que ninguém lembra
Frases preferidas "Socoorroo, me ajudeem"

Cquote1.png Maninho Cquote2.png
Dendê sobre Cargo
Cquote1.png Huum... BLÉÉÉ Cquote2.png
Grande Patriarca sobre vomitar parir Cargo
Cquote1.png Morra seu inútil Cquote2.png
Dodoria sobre Cargo
Cquote1.png Aaaaaaaaah... Cquote2.png
Cargo morrendo
Cquote1.png Cuidado Cargo Cquote2.png
Dende sobre Cargo perder no Mortal Kombat morrer
Cquote1.png Aaaaaaaaah... Cquote2.png
Cargo sobre descobrir que é um alien
Cquote1.png Aaaaaaaaah... Cquote2.png
Cargo sobre descobrir que o novo Kamisama da Terra é seu irmão
Cquote1.png Aaaaaaaaah... Cquote2.png
Cargo sobre descobrir que não tem pênis
Cquote1.png Aaaaaaaaah... Cquote2.png
Cargo sobre descobrir que é assexuado

Dende .gifDendê Cargo é o irmão mais novo de Dende, é um secundário, serviu apenas para encher linguiça, sendo que no final, poucos se lembram dele.

Historia[editar]

Dende vendo e rindo seu irmão morrer

Tudo começou quando o Grande Patriarca gerou sozinho um ovo, e o vomitou, saindo esse lixo secundário. Dado o nome de Cargo (em homenagem ao caminhão), foi lhe ensinado algumas técnicas de luta, mas como ele era um Namekuseijin emo e não gostava de lutar, ele decidiu que não iria treinar as técnicas ensinadas, perdendo totalmente seu poder de luta. Uma de suas técnicas que ele ainda usa é a arte de voar, que qualquer secundário inútil que só serve para morrer, consegue fazer, além de outras técnicas como: fugir, chorar, morrer, ressuscitar, entre outras...

Sua raiva por Dende[editar]

Cargo já era deixado de lado até em fotos

Muitos não sabem, mas durante os dez dias que Cell deu para os inúteis treinassem para enfrenta-lo no torneio, Cargo fez uma breve viagem à Plataforma Celeste, e espancou seu irmão até ele pedir penico, mas tudo era um plano do Mestre Karin, por causa da habilidade de cura de Dende, Mestre Karin perdia muito dinheiro agora que não podia mais vender seus feijões mágicos, então ele contratou Cargo, e ofereceu 5000 Zinnes para ele espancar Dende e convence-lo à parar de curar, mas de nada adiantou, após a luta, Dendê insistiu em curar, e curou Gohan. Puto da vida, Mestre Karin espancou Cargo o chamando de inútil, e aquilo ficou em sua memória até o fim da série GT, quando a série terminou, Cargo foi se vingar de Mestre Karin e o matou, e resolveu dar uma sova em Dendê por ele ter assumido o cargo de Kami-Sama na Terra, sendo que era seu sonho desde que era criança (agora adulto).

O que aconteceu após isso ?[editar]

Após o ocorrido, Cargo foi morar em uma região desconhecida por nós, para todos seus fãs, se é que ele tem algum, não descobrirem onde ele mora. Há boatos que ele voltou para Namekusei, e que todos os namekuseijins junto com Dendê o espancaram até ele morrer, mas isso é apenas boato. Outros dizem que Cargo foi apenas mais um filler em Dragon Ball e que ele nunca existiu, e há uma possibilidade futura de ele existir.

Dados pessoais[editar]

Cargo quando foi possuido

Nome: Cargo Nameku

Idade: 2

Estado civil: Solteiro

Principal qualidade: Não tem

Principal defeito: Medroso

Família: Grande Patriarca (Pai e Mãe), Dende (Irmão), Mestre Karin (Patrão)

Batalha inesquecível: Nunca teve

Ataques mais fortes: Fugir

Objetivos: Superar Dendê, embora isso não seja retratado no anime

Como morreu: Dodoria o matou

Ver também[editar]