Carlos Villagrán

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Carlos Villagrán Eslava
Chaves Kiko.jpg
Nascimento 12 de janeiro de 1944
Cidade do México, Distrito Federal
Nacionalidade Mexicana, Bandeira do México México

Cquote1.png Gentalha, gentalha! Cquote2.png
Carlos Villagrán sobre você
Cquote1.png Sinônimos como mula, burro e... qual seu nome mesmo? Cquote2.png
Chapolin sobre Carlos Villagran
Carlos Villagrán é um ator come cu cômico mexicano cujo personagem mais famoso (para não dizer o único) é o Kiko do seriado Chaves. Ele poderia ter feito muito mais sucesso se não tivesse passado metade de sua vida brigando com Roberto Gómez Bolaños pelos direitos autorais do personagem.

Carreira[editar]

Carlos Villagrán em seu filme pornô secreto antes da fama.

Sua carreira teve início como fotógrafo profissional dos principais jornais do México. Com o salário que ganhava, mal conseguia sustentar a família e por isso era obrigado a dormir no mesmo colchão vagabundo que seus seis irmãos remelentos. Não aguentando mais tanta pobreza, Villagrán pediu demissão do jornal e foi tentar a sorte atuando no teatro.

Carlos Villagrán é simpatizante do movimento LGBT.

Quando Villagrán tinha 23 anos de idade, o já consagrado comediante Rubén Aguirre foi assistir a uma peça sua em que ele interpretava os personagens Pirolo e Kiko. De tão ruim que era sua atuação, Aguirre achou-o perfeito para fazer parte do Chespirito e convidou-o para integrar o programa, onde ele continuaria a interpretar o Kiko.

Em 1979, Villagrán brigou com Bolaños porque o mesmo estava com ciúmes do grande destaque que Kiko vinha alcançando e queria reduzir sua participação. Muito puto, Villagrán então pediu demissão da Televisa e preferiu seguir carreira solo. Mas Bolaños, em um ato extremamente filho da puta, registrou o personagem Kiko como se fosse criação sua e assim tornou-se legalmente proibida a interpretação dele por Villagrán em território mexicano, o que obrigou-o a ir para a Argentina, o Chile e a Venezuela só para fazê-lo.

Pessoal[editar]

Até parece que Carlos Villagrán brigaria com o próprio chefe só pela merda de um personagem como o Kiko... Na verdade, a briga entre os humoristas foi por causa do amor de Florinda Meza, que na época era uma puta gostosa. Antes de Villagrán ser famoso, Meza havia sido sua namorada, mas ela trocou-o por Bolaños devido a motivos óbvios. Só que ela jamais imaginaria que seu ex poderia ser um páreo duro para seu atual... Após 20 anos sem se falarem, eles enfim fizeram as pazes em 2000, já que Villagrán acabou casando com uma mulher bem melhor que Meza.

Atualmente, ele continua interpretando o Kiko (inclusive no México), mas não mais na televisão e sim no circo.