Carmésia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Carmésia é um bairro, uma província, uma vila, uma favela, ou nem essas coisas que fica no pseudo-litoral de Minas Gerais, em Minas Gerais SmileySmall.png A cidade tem somente 2 mil habitantes e acha que está na posição de receber turistas que estão visitando a "estrada real". Um fato sobre a estrada real é que somente as cidades de real importância recebem visitantes, e Carmésia não recebe.

História[editar]

Típica carmesiense, símbolo da beleza e da jovialidade presente em cada carmesiense!

A história da cidade é grande pra cacete. O primeiro prefeito local, para mostrar como amava a cidade, fez um livro de 120 páginas falando como eram os primeiros dias dela. Um fato que deve ser levado em conta é que esse tal livro a fonte das letras estava no "20", em negrito e o livro era bem pequeno, como um livro de bolso.

Conta-se que Carmésia surgiu quando caipiras de outras cidades resolveram se estabelecer naquela região, fortificando a cultura caipira no vale.

A prefeitura de Carmésia começou uma forte campanha no turismo após descobrir que D. João tinha passado pela cidade por 20 minutos, não contaram que foi por 20 minutos mas sabiam que agora era parte da estrada real. Na realidade, isso só aconteceu porque um bando de ladrões resolveu tentar assaltar o rei, aí desviaram para Carmésia, conhecida como o fim do mundo, e ficaram esse 20 minutos.

Na realidade, praticamente em toda a estrada real foi assim: evitando que ladrões assaltassem o rei, evitando caipiras mendigando por dinheiro ou parando para ele dar uma cagada no mato ou algo assim. Com esse artifício, o de ser "importante" por causa dos ladrões, fez com que a cidade tivesse motivo para se emancipar.

E foi assim que fizeram, criando uma cidade pequena pra cacete e com um nome tosco.

Turismo[editar]

Pelo setor agrícola estar com tanta qualidade e quantidade quanto o setor industrial em Carmésia, eles apostam no turismo, que é pior ainda. É mais fácil plantar bonecos do Batman e surgir uma árvore de bonecos do batman do que tentar fazer o turismo dar certo em uma cidade que fede a esgoto, como sua cidade Carmesiense!

  • Estrada Real: Começa no esgoto da cidade e termina na prefeitura, que foi aonde os cavalos da carruagem de Dom João cagaram, por esse motivo histórico, o brejo onde está localizado a prefeitura virou local de decisões políticas importantes (ou nem tanto).
  • Rio do peixe: Ou rio da renascença, não tem peixe e jamais algo renasceu lá.
  • Cachoeira da renascença: A cachoeira de 20 centímetros que dá origem ao brejo da renascença ou rio do peixe, o proprietário comprou a cachoeira por 50 centavos e um clipes do prefeito e se arrependeu.
  • Área de proteção renascença: Mas que merda tem essa cidade com a renascença?

Ver também[editar]