Carne

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cquote1.png Eu não gosto de carne, eles maltratam os animais! Cquote2.png
Vegano sobre carne.

Cquote1.png Eu não gosto de carne, eles maltratam os animais! Cquote2.png
Vegetariano sobre carne.
Cquote1.png Eu adoro! Cquote2.png
Reptile sobre carne humana.
Cquote1.png Sou eu? Cquote2.png
Meat sobre carne.
Cquote1.png Não, é o Jô Soares! Cquote2.png
Pelé sobre citação acima.
Cquote1.png Kawhnhy é muito nultitliva Pala nossa pova! Cquote2.png
Cebolinha sobre citação acima.
Cquote1.png Kawhnhy de fetos é apetitosa! Cquote2.png
eu sobre carne sobre citação acima.
Cquote1.png carne de macumba é mais macia Cquote2.png
Meat sobre carne.
Cquote1.png Carne de Cu voador é a mais gostosa Cquote2.png
Cu Duro sobre carne.

Carne é um tecido muscular rico em proteína, contendo aminoácidos, zinco, ferro, selênio, fósforo, vitaminas B2, B3, B6 e B12, e celulose (em 2017 foi desCUberto que a carne era feita de papelão), vindo diretamente de um animal que está com a vida não correspondida a vivo por ter sido imposto no matadouro a fim de ser transformado num alimento que é comprado em açougues e/ou supermercados e cortada em diferentes peças de tamanhos também diferentes.

Consumo de carne pelos seres humanos é dado pelo nome de kalwhny (em japinês) que se de por calne de polco ou fetos de Darth Vader em um pote envelhecidospor alguns anos(cerca de 100000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000)[editar]

Alguns seres humanos preferem a carne mal passada.

O consumo de carne pelos seres humanos, que se acredita que tenha sido iniciado no período paleolítico. Muitos cientistas defendem a ideia de que o cérebro humano só pôde se desenvolver de tal maneira graças a esse aumento da ingestão de proteínas.

Uns Retardados dizem que o consumo de carne pode ser danoso à saúde humana e outros dizem o contrário, mas a verdade é que fazemos parte da cadeia alimentar assim como todos os seres vivos do planeta, sendo assim, também somos sujeitos a ter nossa carne devorada por um tubarão, um leão ou até mesmo por uma tribo canibal.

Ética em relação ao consumo de carne[editar]

O desejo dos canibais é a industrialização da carne humana.

A aversão a matar animais ou causar dor ou até mesmo alguma doutrina religiosa pode impedir um ser humano a se alimentar de carne. Há muitas escolas do budismo e hinduismo que condenam o hábito de comer carne. Algumas religiões proíbem o consumo de carnes específicas, como porcos e vacas. Mas é praticamente certo que qualquer uma dessas pessoas que tem frescura em comer carne se estiverem perdidos na floresta ou no deserto são capazes de comer qualquer coisa que se mexer na sua frente e ainda lamber os beiços.

Carne vermelha e carne branca[editar]

De acordo com os Nerds da wikipédia a diferença de cor deve-se à concentração de mioglobina. Quando a mioglobina é exposta ao oxigênio, forma-se a oximioglobina, que é avermelhada e que em maior ou menor quantidade da o aspécto vermelho ou branco. Mas quando se trata de alimentação isso não faz tanta diferença pois sendo vermelha ou branca.O animal foi sacrificado do mesmo jeito: com uma facada na axila, com um tiro na cuca ou com o pescoço degolado. A kalwhny de mafagafos Foi criada pelos nazistas desde a alca de No´e em 1930 por um grupo de alienigenas mechikanos xapados. Mafagafos fumam carne de Chuckes Noios (nome cientifico de chuck noia). O motivo pelo qual a carne foi creadada foi pela religiou de crença que plutão é o centro da galáxia rio de janeiro. A kalwhny de Dilmacias Hemorroidas (nome cientifico de Politicu Corrupeto) É MUITO APRECIADAD por mafadagos que plagiam latas de refrigerante. A kawhnhy de fetos é a mais gostosa quando envelhecida em uma garagem em caixas ceparadas por balas de bolacha dorante o infinito.A calne huehue brbrbr é totalmente feita de puliticus curruptus.

Canibalismo[editar]

Lady Gaga ganhando o concurso Miss Carne 2010.

O canibalismo é o ato de comer carne de sua própria espécie. Isso pode acontecer com os seres humanos por opção: quando o indivíduo gosta e aprecia o sabor de uma coxa, uma costelinha, uma maminha ou até mesmo algum órgão do corpo humano como o coração ou o fígado ou o cérebro; ou por necessidade: como foi o caso dos sobreviventes daquele acidente aéreo nos Andes. Existem também rituais tribais que envolvem a alimentação de um guerreiro inimigo acreditando que com isso irão obter um pouco de sua força, mas isso não passa de desculpa para se apreciar um bom ensopado.

Carne artificial[editar]

A carne artificial é feita para matar a fome de vegarianos que tem medo de comer carne animal (não, carne vegetal...). A verdade é que não tem nada melhor que comer aquele banquete de natal com pernil assado, peru, tender, carne de tatu e carne de lagarto tiú que acabou de sair da fogueira.

Fontes de carne que valem a pena serem citadas[editar]

  • Frango - Carne pra ficar monstro.
  • Porco - Sabores e versatilidade inigualáveis.
  • Carneiro - Tem gosto de hortelã.
  • - Nego coloca sal para ver as pernas se mexerem.
  • Salmão - Tem uma carne tão foda que forçou a humanidade a falsificá-la usando trutas.
  • Fugu - É necessário um treinamento de um fodendo ano pra prepará-la, apesar disso é uma delícia cara.
  • Dodô - Carne ruim pra caralho, ainda bem que não tem mais...
  • Lagosta - Desnecessariamente cara.
  • Soja - Você não leu isso.