Carolina Ferraz

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Dercynoiva.jpg

Carolina Ferraz é uma ex-gostosa
Ela já inspirou muitas homenagens, mas foi o tempo quem realmente a comeu.

Maria Carolina Álvares Ferraz
Cbfcbadbaccedecb por amor carolina ferraz.jpg
Carolina Ferraz paquerando você
Nascimento 25 de janeiro de 1968
Bandeira do Brasil Brasil - Morrinhos
Ocupação atriz

Carolina Ferrada é uma atriz famosa por suas mais de 8000 atuações em telenovelas exibidas pela Rede Globo. A lista de seus trabalhos é superada apenas pela lista de seus ex-namorados, já que ela coleciona relacionamentos com famosos, talvez para garantir assim que estará o tempo inteiro na mídia, seja pela carreira ou pelas fofocas a respeito de sua vida pessoal.

Juventude[editar]

Nascida em Goiás, Carolina Ferraz vem de uma família muito humilde (leia-se pobre), o que pode ser facilmente deduzido pelos nomes de seus pais: Ladislau e Giselda. Sua própria história em si já parece até enredo de alguma novela, pois seu pai foi morto a tiros por um assassino de aluguel a mando de um empresário a quem prestava consultoria, seja lá o que isso significa. A partir de então, sua mãe também passou a receber ameaças de morte, o que a fez mudar-se com a filha para São Paulo, onde já estavam morando seus outros dois filhos, que foram enxotados de casa ainda crianças para reduzir as despesas familiares. Guilherme, o irmão mais velho, trabalhava como prostituto para sobreviver (e também por ser viado e gostar de oferecer a bunda), o que acabou fazendo com que pegasse aids e também morresse. Por ser alta e aparentar ser mais velha do que realmente era, Carolina decidiu arrumar emprego para conseguir dinheiro e tornar-se logo independente, para livrar-se de uma vez de seus familiares trágicos e problemáticos.

Carreira[editar]

Começou trabalhando ainda na adolescência como professora de dança, dando aulas de balé para crianças carentes, ou seja, não ganhava porra nenhuma fazendo isso. Vendo que sua profissão não tinha vantagem nenhuma para si mesma, Carolina Ferraz desistiu e foi seguir os passos de seu falecido irmão, trabalhando como prostituta. Assim como várias outras putas pagas, ela mentia para os conhecidos e dizia que era modelo.

Aos 18 anos de idade, teve seu primeiro cliente importante, o diretor televisivo Jayme Monjardim, que naquela época trabalhava na Rede Manchete. Ele ficou encantado com a beleza de Carolina, e acabou convidando-a para trabalhar com ele. Assim, ela estreou na televisão em 1987, mas não como atriz, e sim como apresentadora. Somente em 1990 é que começaria a atuar, começando pela novela Pantanal.

Em 1992, a Manchete já começou a dar sinais de que iria falir, então tanto Carolina quanto Jayme migraram para a Globo. Em princípio, ela foi colocada para encher linguiça fazendo pequenas aparições no Fantástico, mas no ano seguinte já ganhou uma ocupação melhorzinha, apresentando o Você Decide.

Ainda em 1993, enfim fez sua estreia como atriz global, interpretando alguma figurante qualquer que apareceu em um único episódio da minissérie Caso Especial. Naquele mesmo ano, também estreou no cinema, fazendo um papel mais insignificante ainda.

Com o passar dos anos, Carolina foi consolidando-se na carreira de atriz e a fama começou a subir-lhe à cabeça. Nos bastidores das novelas Pecado Capital e Estrela Guia, arrumou treta com Francisco Cuoco e Sandy, respectivamente, por considerá-los uns bostas. Não que ela estivesse errada quanto a isso, mas convenhamos que a própria também não é lá grande coisa não.