Carroça

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

A Carroça é um veículo amplamente difundido principalmente em cidades do interior; é o meio de transporte mais barato, eficaz e versátil que já foi criado pelo homem. É uma das diversas alternativas frente ao uso de combustíveis fósseis, simplesmente por ser movida a capim. Além de salvar o planeta, o usuário da carroça economiza o suficiente pra entrar no seu orkut a partir da Lan House. Devido a sua enorme variedade de modelos e tamanhos, este veículo é capaz de fazer tão bem o transporte de passageiros quanto o de cargas pesadas ou até mesmo ser usada como carro de corrida.

Esse tipo de transporte geralmente é puxado por uma animal mais burro que o bicho homem e guiado por um animal absurdamente mais burro ainda. Antes mesmo da existência desses animais, já existiam as carroças - que tinham um outro tipo de tração, denominada escravo (estes foram extintos logo após a sanção da Lei Áurea).

História[editar]

Algumas redes de fast-food se adaptaram para trabalhar com carroças pra carga

A carroça foi inventada pelo pai de Doutor Roberto quando o velho queria impressionar sua então namorada Dercy Gonçalves. Desde então o veículo propulsionado por dois burros na frente e um pilotando é usado em prol da humanidade transportando pessoas, animais e objetos além de zelar pela adubação das ruas.

Modelos[editar]

Modelo de luxo vendido apenas na região sudeste do Brasil

Como dito no início deste artigo, a carroça é produzida em vários modelos diferentes. Na verdade não há uma norma padrão de construção de carroças, a ABNT tentou uma vez tal feito em 1947 mas não obteve sucesso pois os carroceiros são todos analfabetos e não compreenderam meia palavra do que estava escrito no relatório dos engenheiros da associação.

Os modelos mais comuns são os de tração humana (onde o único burro é o que pilota), e os luxuosos equipados com motor 1.0 (um burro puxando) e 2.0 (dois burros)e um novo modelo será lançado, o 4.5 (quatro burros e um pônei).

Carroça x Automóvel[editar]

No início do século XX(iiii) Henry Ford tava puto da vida e já não aguentava ver os cavalos de sua carroça cagando pelas ruas. Foi então que inventou a tal da carroça sem cavalos, que anos depois virou mania mundial e todo mundo quer ter um.

Porém a invenção de Ford se tornou um mal ao meio-ambiente. Enquanto a única poluição que a carroça produz é o barro, o automóvel libera toneladas de gases tóxicos revelando-se como um grande vilão.

Importância socio-econômica[editar]

Mesmo sendo um veículo seguro e eficiente, a carroça é sujeita de acidentes por excesso de carga

Mesmo com a invenção dos caminhões, a carroça não perde seu posto de veículo de transporte multi-uso. Em muitas regiões, o simples veículo é responsável por toda a logística do comércio, principalmente de produtos agrícolas. A carroça ainda é usada como alternativa em cidades onde não há ônibus, carro, caminhão, caminhonete ou até mesmo fusca.

Desse modo, a carroça mantém-se como grande integrador nacional e meio de transporte preferido do cidadão brasileiro.

v d e h
*Automóveis, atropelamento e fuga