Carteira Nacional de Habilitação

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Carteira de habilitação)
Ir para: navegação, pesquisa
Atenção.jpg Este artigo se trata de eventos desatuais, então larga de preguiça e faça o favor de dar uma atualizada nesta porcaria!

Se for o caso, retire parte da merda colocada pelos vândalos pré-históricos aqui e crie piadas novas para que o artigo volte a ser engraçado e não apenas idiota. Os descíclopes agradecem!

Carnaval3.jpg HUEHUEHUEHUEHUEHUEHUE

Aí, mermão, este artigo aqui, ó, é brasileiro, tá ligado? Só fala de futebol, come feijoada, exporta diplomatas e prostitutas, puxa o saco de políticos e de picaretas em geral, paga imposto pra caralho e põe a culpa no governo pela ausência do Prêmio Nobel.

60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Carteira Nacional de Habilitação.

Cquote1.png Pô meu, hoje vou finalmente tirar a minha carta! Cquote2.png
Paulista sobre CNH

Nova CNH, emitida desde 2006. Note o cabelo horrível da condutora, apesar de estar conservada para quem nasceu em 1900.

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) brasileira é um documento emitido pelo Detran que autoriza o indivíduo que a porta a cometer barbaridades no trânsito.

O Detran ainda premia com pontos os motoristas capazes das maiores proezas possíveis.

Como conseguir[editar]

Método barato[editar]

O método mais difícil e mais barato (em termos[1]) é, ao completar 18 anos, ou ao conseguir provar de alguma forma que tem pelo menos essa idade, matricular-se em uma auto-escola, ou usando o termo mais politicamente correto, Centro de Formação de Condutores, uma instituição semelhante à pré-escola que vai te "ensinar" coisas óbvias como para que serve o volante de um carro ou em que cor do semáforo você deve parar, seguir, ou acelerar para passar logo.

Também vai te ensinar macetes de como passar no exame psicotécnico (fazendo-o se passar por são), exame de baliza (exceto para mulheres) e exame de fezes.

Método simples[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Suborno

O método mais simples e, circunstancialmente mais caro[1] consiste em presentear algum funcionário do Detran (não um aleatório, procure saber a quem presentear) com uma gratificação pela simplificação burocrática no processo de aquisição da CNH.

Esta gratificação é tabelada na maioria dos estados da federação, e a tabela pode ser encontrada no site oficial do Detran.

Por meio do método simplificado o Brasil vem garantindo maior eficiência na prestação de diversos serviços a população, e, em especial no caso da aquisição da CNH, promovendo a inclusão de milhares de desfavorecidos que antes não tinham a oportunidade de conduzir um automóvel. Este método visa ainda cumprir com a demanda crescente de motoristas gerada pela expansão do setor automobilístico brasileiro na última década. Fato esse evidenciado nas grandes concentrações de veículos nas principais avenidas, ou mesmo vielas das grandes metrópoles da nação.

Aliás, tais concentrações são o principal argumento dos defensores do método simples, uma vez que não seria necessária demonstração de tanta habilidade no volante uma vez que na maior parte do tempo o condutor fica parado.

Permissão para dirigir[editar]

Conquistada a CNH, o novo motorista recebe uma licença provisória, válida por um ano. Com essa licença provisória o condutor novato pode cometer as mais terríveis atrocidades como bater atrás de outro carro, atropelar o meio-fio, derrubar postes e placas de sinalização, arranhar outros carros ao estacionar ou sair de estacionamentos de supermercados ou shoppings, etc., pois nenhuma dessas coisas o fará perder a carteira. Mas se o condutor novato por duas vezes deixar de dar seta (ou pisca) para fazer uma manobra de conversão em uma ruela qualquer, terá sua permissão cassada e precisará voltar para a auto-escola.

Para os cagões, a permissão para dirigir não passa de um documento simplificado que resume o RG e o CPF em uma única cédula. E é até bom que seja só isso.

Pontuação[editar]

Com o bom e velho Novo Código de Trânsito Brasileiro, o motorista pode agora colecionar pontos em sua carteira, permitindo-o disputar com seus colegas e familiares para ver quem consegue atingir o maior número de pontos no menor período de tempo.

Abaixo, uma tabela com as infrações e seus respectivos valores em pontos:

Infração Nível Pontuação
Dirigir na contra-mão Falta branda 1/2 ponto
Estacionar em local proibido Falta branda Sujeito a Guincho
Furar um sinal vermelho ou preferencial Falta suave 1 ponto
Dirigir sob o efeito do álcool Falta irrisória 2 pontos
Dirigir vandalizando a Desciclopédia Falta de vergonha na cara perde 42 pontos
Dirigir lendo a Desciclopédia Falta um artigo 5 pontos para criar uma conta
Dirigir editando a Desciclopédia Falta do que fazer 3 pontos por artigo criado

O recordista mundial de pontos na CNH é o ex-deputado federal paranaense Luiz Fernando Carli Filho, com mais de 8000 pontos. Por conta disso ganhou saída livre da prisão quando matou dois rapazes em Curitiba.

Jeremias José do Nascimento, com o 4200 pontos é apenas o terceiro colocado, por isso não ganhou a saída livre.

Ver também[editar]

Referências

  1. 1,0 1,1 Depende de quantas vezes você reprovar. Se reprovar mais que uma vez é provável que o Método simples seja também o método mais barato