Caso Felix Moncla

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Monalien.jpg ┘¶Æ╦Ù⌂ï◙ Ð˧©Î©£ØÞѮÐÎÅ !!!

Este artigo contém altas doses alienígenas! Provavelmente o governo dirá que este artigo não passa de um balão meteorológico. Se vandalizar, um gray enfiará uma sonda em você!

Alienwantyou.jpg
Zorak.jpg Você está entrando em um mundo desconhecido nas imensidões da escuridão, onde
ninguém pode ouvir seus gritos!

Agora, viajar pelo espaço ficou mais fácil depois que inventaram a Coca-Cola.
Se aconchegue em sua nave e vá tomar um "chazinho" com o E.T. de Varginha.

Cquote1.png Você quis dizer: Caso do Gato Felix? Cquote2.png
Google sobre Caso Felix Moncla

Cquote1.png Experimente também: Willy Wonka Cquote2.png
Sugestão do Google para Caso Felix Moncla
Cquote1.png Escapem, ele está agarrando! Cquote2.png
Chapolin Colorado sobre UFO
Cquote1.png Nem ví! Cquote2.png
Stevie Wonder sobre destroços do avião de Felix Moncla
Cquote1.png Mais um já foi! Cquote2.png
OVNI sobre avião de Felix Moncla e tripulação

Apresentação[editar]

Assim como muitos outros casos ufológicos existentes no mundo, o Caso Felix Moncla é mais um que ainda não tiveram vergonha na cara de revelar por completo o seu ocorrido (por medo de histeria da população menos agraciada de coragem), ou pelo menos de assumir uma grande falha da Força Aérea Mundial com relação aos OVNIs alienígenas que qualquer lugar do espaço sideral, que sempre humilharam qualquer um que desejasse chegar próximo a eles, pelo menos para bater uma foto para postar no Orkut.

Da mesma forma que ocorreu com o sobrevivente de guerra, Thomas Mantell, que foi morto ao caçar um OVNI em algum lugarzinho do mundo (putz! sobreviveu à uma guerra mundial e morreu por um OVNI? sacanagem isso), a mesma história se repete com Felix Moncla, que teve o mesmo destino ao sair em busca de um OVNI que resolveu pisar aonde não deveria e, por pouco, não tinha um destino tão trágico quando o do ET de Varginha (bom, pelo menos para os tripulantes do OVNI, o destino não foi cruel).

O fato[editar]

Felix Moncla e Wilson. Até hoje ninguém sabe o porquê do nome do caso ser somente do Felix e não dos dois como eles sumiram.

Entre os Estados Unidos e o Canadá, encontra-se uma área de fronteira conhecida como... bom... "área de fronteira entre os Estados Unidos e o Canadá" (O RLY?). Por se tratar de um pedacinho de terra localizado entre dois países podres de ricos, ela sempre é vigiada pela Polícia Montada e a CIA, seja de um modo terrestre, aquático ou aéreo, afim de evitar invasões do que quer que seja, principalmente de pobres, que adoram invadir tais lugares para ver se consegue abrir uma feirinha de camelô, ou mesmo um puteiro de quinta.

Porém, o que apareceu por essas terras na noite de 23 de novembro de 1953, ninguém até hoje sabe ao certo. Nessa noite, o radar do Comando da Base Aérea americana de Truax deu um tilt qualquer e começou a apitar anunciando um invasor em algum objeto voador por alí. Prontamente o Alto Comando da Força Aérea Norte-Americana, com toda a sua pompa, obrigou que um jato fosse imediatamente para aquelas bandas, afim de interceptar o intruso e o levar para a prisão, ou pelo menos perguntar o motivo dele estar alí.

Um potente caça parecido com o que foi usado por Felix e Wilson no dia do sumiço, sem tirar nem por.

Porém, antes de qualquer exaltação, achou-se melhor enviar um simples caça de reconhecimento, somente para saber de que nave se tratava, já que poderia ser somente um noob que não sabia que aquela área é protegida. O caça enviado para investigação estava sendo pilotado pelo aviador de mais de oito mil horas de viajens o Primeiro Tenente (olha a moral do cara, não era somente um Cabo - ui - qualquer) Felix Moncla, junto com o seu co-piloto o Segundo Tenente (ou seja, o vascaíno tenente) R. Wilson, que nem sequer o primeiro nome teve divulgado (provavelmente era o Senhor Wilson, ou mesmo a bola Wilson, do Náufrago).

Se os caras identificassem o avião, bastava retornar para a base e passar as informações para que pessoas mais competentes o interceptassem, mas o avião (ou o que quer que fosse) resolvesse fugir, aí eles poderiam encher os peitos e derrubá-lo com toda a força que deviam tinham. Porém, mal todos sabiam que aquilo seria o último passeio dos dois pilotos do caça F-86.

Será que os ETs levaram Felix, Wilson e todo o caça para o seu planetinha?

Demorou muito para os caras encotrarem um Objeto Voador Não-Identificado, simplesmente por ele não aparecer no radar do avião. Por esse motivo, eles tiveram que manter contato com o Comando da Base Aérea, afim de que, com o radar deles, eles pudessem identificar onde, mais ou menos, estaria o objeto a ser perseguido. Seguindo as ordens dos controladores de voo, eles finalmente acham o objeto, mas em nenhum momento relatam o que estavam vendo.

O UFO estava parado, mas, ao perceber a movimentação, sai em disparada, sendo perseguido pelo caça. Da mesma forma que A Noite Oficial dos OVNIs, o caça levou uns belos dribles do UFO, mas conseguiu se aproximar dele, a ponto de seus sinal no radar do comando aéreo ficar junto com o outro ponto que seria o do invasor. Infelizmente, depois desse contato, somente um ponto seguiu viajem, até ter o seu sinal perdido mais uma vez. Com isso, concluiu-se somente uma coisa: o que quer que tenha sido o objeto perseguido por Felix e Wilson, provavelmente foi a mesma causa de seu desaparecimento (O RLY?).

A busca[editar]

Para feliz foi montado um lindo memorial, para Wilson não foi feito nada, NADAAAAAAAA, já que quem era o Primeiro Tenente era Felix e Wilson pouco importante era.

Depois do sumisso total dos dois, incluindo o do caça F-86 (que era o que realmente importava, já que era um caça caro), a Força Aérea Americana saiu em busca dos caras, com esperanças de que eles ainda pudesse estar vivos (ou pelo menos com o avião intacto). No local do último sinal que o caça aparentou ainda estar no ar, eles não encontraram absolutamente nada, nem mesmo um simples destroço ou uma caixa preta afro-descendente que fosse.

Por esse motivo, acredita-se que o que eles realmente tenham encontrado em seu caminho tenha sido um OVNI, já que nenhuma das outras desculpas esfarrapadas poderiam se encaixar nesse fato além dessa.

A Força Aérea ainda tentou passar a imprensa para trás, dizendo que o sumisso de Felix e Wilson pode ter sido com um simples problema do próprio piloto, que tinha uma mania de sentir-se mal durante os voos, principalmente quando ia muito rápido. Mas isso não foi o suficiente para ninguém, já que Wilson, o co-piloto, poderia muito bem assumir o comando da nave se o piloto estivesse passando mal.

Outra desculpa esfarrapada foi de que eles tivesse apresentado algum problema na aeronave e tinham retornado para a base, mas antes de chegarem o avião caiu, todos morreram e não sobrou um destroço sequer para contar a história, mas isso também é conversa para boi dormir, já que em nenhum momento Felix ou Wilson avisaram de algum problema no caça.

Os Estados Unidos ainda tentaram botar a culpa no Canadá, dizendo que tinham mandado um Disco voador liquidar com o caça deles, mas o país com a folha de maconha na bandeira negou tudo, falando que não sabia de nada. Bom, verdade ou não, o caso é que os caras desapareceram e até hoje não foram encontrados e provavelmente NUNCA SERÃO. MWAHAHAHAHAHA!

Ver também[editar]