Castelo do Ovo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
O Castelo do Ovo proporciona aos moradores a proximidade com a praia, mesmo se não tiver areia.

O Castelo do Ovo (no italiano: Castelo del Ovo) é um castelo (ou o que sobrou dele) que fica na Itália. Ele foi construído no meio de uma ilha deserta, pois seu morador era tímido e queria manter distância da maioria das pessoas. Sendo a maior construção do local, serviu como base para uns gregos fundarem a cidade de Nápoles enquanto eles enrolavam as obras, só para depois a cidade ficar com os italianos. Ele possui um ovo nuclear que tem poderes irados.

História[editar]

A história real começou quando um riquinho romano chamado Lucius Lucius Luccius Llucius queria fazer uma casa fora da cidade para ficar durante as férias de verão. Como ele era rico, a casa tinha que ser do tamanho de um castelo para abrigar os tesouros roubados conquistados durante anos no exército fazendo guerra. A maior parte desse tesouro foi gasta na construção desse castelo. As obras ficaram incompletas, senão o restante do tesouro iria sumir.

Depois de um tempo, em homenagem ao falecido Lucius Lucius..., o imperador pagou o restante das obras. Isso foi o que apareceu escrito nos jornais, mas o motivo era outro. O imperador romano sabia que o Império estava na merda, e qualquer hora meia centena de povos bárbaros podiam ferrar com o que sobrou. Eles já usavam o território romano como colônia de férias, aonde descontavam a TPM (no caso de mulheres) ou a raiva contra o chefe nas pessoas de lá.

Então os romanos precisavam de um lugar aonde podiam se esconder quando sentirem muito medo. O império caiu, e os bárbaros, com preguiça de destruir o castelo, deixaram o último imperador preso dentro de lá até acabar a comida. Com o prédio abandonado, os religiosos da Igreja Universal compraram o castelo e o transformaram numa igreja e templo. Depois foi abandonado e destruído porque os moradores locais não aguentavam a compra e venda do castelo, que traria vizinhos indesejáveis.

Outro castelo foi construído no local. O motivo só os construtores sabem. Mas com a construção de castelos melhores e maiores, não havia compradores para o Castelo do Ovo, que se desvalorizou. Sem compradores, um vilarejo local se aproveitou e se mudou para dentro do castelo, esperando proteção contra furacões, tsunamis, tornados, erupções vulcânicas, etc.

Características e o ovo[editar]

No castelo, quando terminaram a construção, fizeram passagens secretas, na intenção de criar um atalho para os moradores chegarem rapidamente nas lojas das cidades próximas. O Castelo do Ovo possui no seu centro um ovo mágico. Esse ovo flutua (sem truque ou magnetismo) num reator, e tem um brilho verde forte. Se alguém tocar ou mexer no ovo, ela desencadeará uma reação em cadeia que destruiria a metade sul da Itália. Por isso, é muito visado por terroristas e bandidos. Mas se eles tentarem retirar o ovo, irão junto com a vizinhança para a merda, evitando roubos.