Catador de latinha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Alficina.jpg Esty artygo é dy pobry!

Esty artygo é sobry koyzas dy póbry, peçowas póbrys y o dono
taméyn dévy dy sê un pobretãwn do karáy!

Icon tools.png Catador de latinha
Sucateiro

Mindings.jpg

Catador de latinhas aproveitando suas férias batendo papo.
Lema Amasse as latinhas para que caiba tudo na Kombi.
O que faz Recolhe latinhas espalhadas pela rua.
Utilidade Médio-cre Média - Só serve pra reciclagem.
Popularidade Celebridade nas favelas.
Salário Baixo, ruim, pobre... Eles não sabem o que é isso
Empresa Não tem.
Sindicato Sindicato da Mendicância.
Profissionais Ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Regina Casé e Mendigo do Direito
Ex-Profissionais Mark Zuckerberg, Bill Gates e Tom Cruise
Na ficção Eles não sabem o que é ficção.
Animal Fuinha
Planta Cannabis sativa
Padrinho da Profissão
Male Icon.png
Bill Gates
Madrinha da Profissão
Female Icon.png
Susan Boyle



Cquote1.png Chapéu, sapatos, roupas usadas, quem quer? Cquote2.png
Tripa Escorrida sobre quando era catador de latinha.
Cquote1.png Nunca fico desempregado! Cquote2.png
Catador de latinhas sobre ele mesmo.
Cquote1.png Essa gentinha é cafona e sem-vergonha. Cquote2.png
Geisy Arruda sobre catador de latinha.
Cquote1.png Quer uma lata de cerveja? Deixei umas vinte pra tu! Cquote2.png
Bêbado de esquina sobre catador de latinha.
Cquote1.png Os catadores de hoje não seriam nada sem mim! Cquote2.png
Tom Cruise sobre ser o pioneiro nesse ramo.

Catador de latinha é uma das muitas profissões que o Governo brasileiro não reconhece, mas que causa um grande impacto na sociedade. O trabalho consiste em catar latinhas (Não me diga!) e depois vendê-las em ferros velhos para ganhar no máximo quatro reais. Todo mundo pensa que os catadores são pobres, contudo muitos se aproveitam dessa crendice popular para manter seus patrimônios milionários em sigilo. Um dos primeiros catadores de latinha que se tem conhecimento foi Tom Cruise.

História[editar]

Tom Cruise muito antes de ser ator pensou num jeito de fazer um serviço comunitário e se livrar de uma detenção de três meses por fazer uso abusivo de bichanos em local público e incitar os jovens ao vício, a única saída que Cruise viu pela frente era vender algum tipo de sucata para algum tipo de local. A irmã de Tom falou: "Mano... você não tem culpa de ter cheirado aquele bagulho... afinal, o bagulho era de qualidade, como eu mesma provei. Por que você não vai catar latinha para deixar de ser um desocupado?"

Tom assim o fez e no primeiro dia conseguiu arranjar incríveis -5 latinhas! (Ele tinha duas, achou mais três e no final perdeu todas as dez latinhas que possuía) Com o tempo Tom Cruise foi pegando o jeito da parada e espalhou o negócio de catar latinhas para o mundo todo, e ele ainda escapou da detenção e como o ator que é hoje pode cheirar quantos bichanos quiser sem ser incomodado.

A rotina de um catador[editar]

Um catador levando bens para aposentadoria.

Um catador acorda ás três e meia da madrugada para preparar o café, achar o outro par do chinelo e verificar se o morro onde mora está em guerra. Ás cinco horas da manhã o catador sai de casa e pega seu carrinho ou bolsa e sai andando pela neblina da manhã, como se fosse um zumbi, e é constantemente confudido com um mendigo Tom Cruise, o catador original. Ele vistoria cada bueiro, cada lixeira, cada formigueiro, cada esquina, cada Casa da Mãe da Joana, cada arbusto e até nas copas da árvore ele procura por latinhas. Depois de conseguir umas quinze ou vinte latinhas ele se dirige até o ferro-velho e pega o que merece pelo seu trabalho (R$ 3,50. Sendo cinquenta centavos de gorjeta) e recomeça a caçar latinhas até o final da tarde. Obviamente as latinhas são amassadas para poderem caber no bolsão do catador ou no calhambeque do mesmo. Na noite o catador regressa para casa e garante o sustento de seus dezessete filhos, esposa e amantes desdentadas.

O paraíso dos catadores: muitas latinhas.

Ossos do ofício[editar]

Pensa que é fácil ser catador de latinhas? Nananinanão! Os catadores atuais não seguem o exemplo do mestre Tom Cruise, e por isso enfrentam diversas dificuldades no exercício de suas funções. Muitos catadores profissionais reclamam da dura jornada de trabalho e o peso dos sacos cheios de latinha que levam. Para dar uma solução a isto o Sindicato resolveu levar todos os catadores brasileiros para o Pólo Norte com o intuito de cursarem um curso intensivo com ninguém mais ninguém menos do que Papai Noel! O curso era sobre como carregar sacos cheios e não esbarrar com eles em ninguém, só três catadores foram reprovadas no curso pois eram fracos e raquíticos.

Outra reclamação comum é que o ato de amassar as latas toma muito tempo dos catadores, e tira o foco da visão empresarial que esses profissionais têm. A solução foi criada pela multinacional Polishop que foi batizada de Hyper Mega Super Fashion New Smasher of Cans que era nada mais do que um amassador de latinhas feitas com rodinhas de skate, asas de urubu e pedais de bicicleta (Não há fotos disponíveis desse dispositivo no momento).

Um último problema seria o da própria remuneração desses honoráveis profissionais, eles não ganhavam um preço justo pelas latinhas que vendiam... os donos dos ferros-velhos davam 0,2424 centavos por cada latinha (ou seja menos de um centavo), o que não era vantajoso para os catadores. O Sindicato mandou os profissionais para mais um curso, dessa vez com o Merchant; onde aprenderam técnicas de negociação e a dizerem welcome stranger! com a voz do Cid Moreira. Depois do curso os catadores fizeram os donos de ferro-velho aumentarem o preço da latinha para 2 centavos cada.

Tom Cruise chorando de rir ao lembrar do seu passado por causa desse artigo.

O futuro dos catadores[editar]

Um catador que conseguiu mudar de profissão "subir na vida".

Apesar da maior parte da sociedade brasileira não reconhecer os catadores de latinha eles trabalham de uma forma digna e honrosa, trazendo benefícios ao Meio-Ambiente por tirarem as latas da rua e ajudarem na sua posterior reciclagem. Tom Cruise pensa em retornar para suas origens humildes, mas os filmes que ele faz lhe tomam muito tempo. Escute isso: os catadores ainda dominarão o mundo e você sentirá um impulso para exercer essa profissão! MWHAHAHA!

Catadores de latinha também são artistas plásticos.

Profissões análogas, porém diferentes[editar]

Catadores de latinha por vezes são confundidos com profissionais do mesmo ramo, mas que não fazem as mesmas coisas que um bom catador de latinha faz. São eles:

  • Lixeiro - Eles podem acabar pegando latinhas no meio da lixarada, no entanto eles pegam qualquer coisa, inclusive aqueles vibradores de cinco velocidades que a sua mãe usava quando solteira.
  • Catador de papel - Esses daí preferem se envolver com uma boa celulose papelínea do que se envolver com o alumínio perigoso das latas. Catadores de papel ganham menos que os catadores de latinha.
  • Mendigo - Essa profissão ainda não foi regularizada tampouco reconhecida pelas senhoras autoridades. Por este motivo se diferencia dos nossos nobres catadores de latinha.