Caviar

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Papel-ricos2.jpg Gostou? Comprei em Cannes...

Este artigo é rico e seu autor só compra coisa chic. Seus advogados estão de olho em você, então não vandalize! Pobre? Tenho nojo de pobre, tudo o que tem é feito de prástico...

Vamos, meu bem, eu cansei dessa roupa.

St Basils Cathedral-500px.jpg ДECCИКЛOПEДИА

Estin artigovski é russki!

Ele já foi comunista no passado.

Smirnoff.gif


Cquote1.png Caviar é uma ova! Cquote2.png
Fanfarrão na internet sobre caviar
Cquote1.png Na União Soviética, o caviar acha ruim VOCÊ! Cquote2.png
Reversal Russa sobre caviar
Cquote1.png Eu amo os ovos do peixão... Cquote2.png
Clodovil sobre caviar
Cquote1.png Na Revolta Eurodata você não come Caviar porque não tem dinheiro pra comprar nem pão... Cquote2.png
Revolta Eurodata sobre caviar
Cquote1.png Voce sabe o que é caviar? Nunca vi, nem comi eu so ouço falar... Cquote2.png
Zeca Pagodinho sobre caviar
Cquote1.png Nunca vi, mas comi. Cquote2.png
Stevie Wonder sobre caviar
Cquote1.png Eu também. Cquote2.png
Ray Charles sobre caviar
Cquote1.png E eu nem comi!. Cquote2.png
Jatobá sobre caviar
Cquote1.png Eu pensei que fosse caroço de mamão.... Cquote2.png
Pobre sobre caviar

Caviar é uma especiaria salgada originada das ovas de um peixe, super chique feito para pessoas de primeira classe e que são riquíssimas. Caviar precisamente são ovas de esturjão (uma espécie de peixe feioso lá que vive nas sete mil léguas submarinas), e é vendido em supermercados e casas especializadas. Vem em latrinas latinhas redondas, como as de atum. A de 100 gramas de caviar de salmão, importada, pode ser encontrada em Brasília por menos de 1.000.000,00 reais - só que nesse caso é o caviar de pobre, pra quem não pode comer, é somente enlatado e vendido.

Como surgiu[editar]

Caviar surgiu na Russia, onde um pescador chamado Canather Viar estava estudando os peixes que ele tinha possibilidade de pescar (lá ele!).

Hmmm delícia.. pra não dizer ao contrário!

Em um momento, Canather viu um belo de um peixão e se apaixonou completamente por ele! Então mergulhou no mar com todos aqueles materiais de mergulho, e encontrou seu amor a primeira vista. Apaixonado pelo peixão, saiu do armário fazendo zoofilia com ele, cenas totalmente contrangedoras que é melhor não imaginar, tão nojentas quanto o próprio caviar. Nascendo assim do peixe várias ovas (não confunda com ovos de galinha) - ovas são os ovos dos peixes (ORLY?).

Um dia Canather provou uma dessas ovas, ou seja, comeu! E achou o gosto muuuuuito bom (ver: Problemas mentais); então pegou todos eles e preparou uma espécie de refeição em casa, que ele primeiramente chamava de ovasãos. O problema é que ele não queria mostrar essa especiária a ninguém, já que era um pobre pescador. Só ia mostrar a sua receita quando surgisse uma oportunidade boa de ganhar muito dinheiro.

Canather coincidentemente era o amigo do presidente da Russia, e em um belo dia chamou ele pra comer na sua casa, resolvendo preparar um caviar, e quando o presidente provou amou as ovas - esse povo que ama ovas eu não sei não...- e quis vender e distribuir para o pais todo, surgindo assim na Russia uma figura gastronomica chamada Caviar, que são varias ovas de peixes juntas, com variadas formas de serem preparadas, aliás, uma tem até no fim do artigo, porque Desciclopédia também é cultura (ou não). Quem deu o nome de caviar foi o próprio prefeito, se inspirando no nome de Canather Viar, isso é meio óbvio não?! Todo mundo gostou da ideia de Canather, menos seu marido peixão que se separou dele, pois matou todos os filhos dele, sendo procurado ate hoje pela policia dos peixes. E também os pobres, já que caviar só era feito em festas especiais ou bailes de luxo. 1 quilo de caviar custa quase 8,475,882 reais, ou seja, é mais caro que você, sua mãe e sua casa juntos (não que isso valha muito).

Receitas[editar]

Pobre achando que pode comer algum dia caviar.

Veja como se faz um lanche de caviar, mas não tente fazer em casa! Só se quiser morrer:

Ingredientes[editar]

  • 4 fatias de pão de forma, sem a casca.
  • 25 gramas de caviar (deeer, não existe lanche de caviar sem caviar!)
  • 1 folha de alface daquelas que tão a 50 dias na geladeira
  • 4 colheres de maionese da lanchonete de esquina
  • 2 tomates maduros embalsamados em um saco escrotal de um Atum
  • 4 azeitonas negras afrodescendentes descaroçadas (essa ingrediente entrou na receita por causa da cota racial)
  • 4 filetes de anchova (que porra é essa?)

Modo de Fazer

Picamos o tomate, o alface podre, as azeitonas pretas e as anchovas. Misturamos os ingredientes com as 4 colheres de maionese. Untamos o pão com essa mistura e cobrimos com caviar. Cortamos as 4 fatias diagonalmente, cada uma em 4 pedaços e adornamos com um pedacinho de limão descascado. Pode provar! Só não entre em crise existencial logo em seguida.