Cercle Sportif Fola Esch

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cercle Sportif Fola Esch
Escudo do Fola Esch.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Cercle Sportif Rola Esfolada
Origem Bandeira de Luxemburgo Luxemburgo- Esch-sur-Alzette
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Stade Émo Marisco
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Luxemburguês
Divisão Nationaldivisioun
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Cercle Sportif Fola Esch é o mais antigo time de futebol de Luxemburgo, e só isso que existe de informação relevante sobre este pequeno time.

História[editar]

Fundação[editar]

O clube foi fundado em 1906 por aquele vendedor do barzinho do Porta dos Fundos, que muito animado com sua piada retardada, criou um time com o nome de "Rola Esfolada", que no idioma luxemburguês ficaria posteriormente o atual "Fola Esch". É um time de Luxemburgo, e francamente, não há nada do que se falar, apenas que seu técnico é o Wanderley Luxemburgo, que é também o técnico de todos outros 12 times de Luxemburgo, senão o país não se chamaria Luxemburgo.

Época dos títulos[editar]

O time do Rola Esfolada foi por muitos anos o único time de Luxemburgo, o que é normal levando em consideração a população e o tamanho do país que nem foi invadido direito pelos nazistas durante a guerra de tão difícil de achar.

A década de 20 foi completamente dominada pelo Fola Esch, época em que ganhou todos seus troféus, mesmo que estes na verdade fossem pequenas medalhas recortadas em papel desenhado. O time é considerado um dos fundadores do campeonato luxemburguês, pois ao contrário do time do AS Monaco FC que joga com os times franceses, ou o FC Vaduz que joga o campeonato suíço, o time do Rola Esfolada preferiu não ter que jogar o campeonato belga, no caso, e criar sua própria liga para ganhar sozinho um montão de vezes.

Grande decadência[editar]

Aos poucos, novos times iam surgindo em Luxemburgo, e o Rola Esfolada já não jogava mais sozinho, e como é um time ruim de doer, começou a perder e cair em esquecimento (não que tenha sido um time notável em qualquer época da humanidade).

Não estamos falando de derrotas comuns, estamos falando de derrotas que fizeram o Rola Esfolada cair para a incrível Terceira Divisão de Luxemburgo (isso existe?) e derrotas para times da Terceira Divisão de Luxemburgo. O time foi de grande ajuda aos físicos, pois ficou provado que a natureza permite tamanha aberração das leis da física que é perder na Terceira Divisão de Luxemburgo, tanto que o LHC foi construído na sede do Fola Esch justamente para analisar essas partículas atômicas peculiares que permitem que uma equipe tão ruim exista na natureza.

Retorno[editar]

Como estamos falando de Luxemburgo e de nenhum país de tradição futebolística, o Fola Esch subiu de divisão e voltou à elite (que elite?) do futebol luxemburguês.

A grande contratação foi a do marroquino Mustapha Hadji, com então 40 anos de idade e que para Luxemburgo era um craque de grande nível. Como o mesmo vinha de um país de cultura árabe muito reservada, o time modificou seu nome para "Fola Esch". Graças a tais reformas o time foi campeão luxemburguês de 2012-13 e 2014-15.

Em sua primeira partida internacional pela Liga dos Campeões de 2013-14 perdeu só de 5x0 para o Dinamo Zagreb.

Títulos[editar]