Cetacea

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cretáceos
Cetácios dos gordos aos obesos
Cetácios dos gordos aos obesos
Classificação científica
Reino: Animal
Filo: Acordados
Superclasse: Quadrúpedes
Classe: Mamadores
Subclasse: Theria
Infraclasse: Placentários
Ordem: Cretáceos

Cquote1.png Você quis dizer: Preta Gil Cquote2.png
Google sobre Cetacea
Cquote1.png Você quis dizer: Tua mãe Cquote2.png
Google sobre Cetacea
Cquote1.png Olha mamãe uma baleia! Cquote2.png
criança infeliz no zoológico sobre baleia
Cquote1.png É UMA ORCA ENCALHADA! Cquote2.png
salva vidas sobre sua avó

Cetacea (ou cetáceos) são a ordem de animais obesos que incluem as baleias e golfinhos, é um bicho que tem caganeira lipídico da infraclasse das barangas - Barangoidae, ou de acordo com alguns estudos de cladística a proposta Tuamãezóidea.

Anatomia[editar]

Os cetáceos são animais como sua mãe, gordos, molhados e que só reclamam e se alimentam de plâncton, exceto a baleia assassina que é revoltada e só não tem topete emo porque cetáceos não tem cabelo, mas improvisam tendo manchas negras. Podem ter dentes e comer peixes ou ser banguelas e engolir navios inteiros, a fome de um cetáceo não tem limites.

Seus inimigos naturais são o espelho (Speculum vitrae), colesterol (Cholestera lipidica), ginástica (Gminasium athletica), roupas de listras horizontais (Tunica laterostriatus) e, principalmente, as anoréxicas (Pauci fames). Os predadores, isto é, organismos dispostos a comê-las, não são abundantes, crendo os cientistas que os ataques sejam ocasionados por desespero de causa - um dos poucos dispostos a encarar uma baleia são os noruegueses e os japoneses (estes com muita coragem enfrentam as baleias com um arpão minúsculo - fruto da avançada tecnologia de miniaturização).

Alimentação[editar]

Seu principal alimento são doces (Dulcur saccharum), feijoadas (Faseolus bufus), bolos (Cake cake), macarrão (Massa spaghetti) e tudo o que houver em cima da mesa inclusive cervejinha e, claro, um cafezinho com adoçante no final para não engordar

Reprodução e Ciclo de Vida[editar]

Uma espécie de baleia criada em cativeiro a base de muito McDonalds

Com frequência, devido às alterações climáticas e a perda de bom senso da humanidade, as baleias vêm dar à praia, onde acabam morrendo encalhadas. Curiosamente a população de baleias vem aumentando ano a ano. A ausência de predadores, aliada ao encalhe tendo como resultado um aumento populacional é fenômeno conhecido como Paradoxo de Senão.

Muitas das baleias morrem em praias encalhadas sem chance de serem salvas por um japonês ou um norueguês.

Temos casos de baleias disfarçadas (Baleiais maritmoaeis inconcientiaus psicologicauis), ou seja, semi anoréxicas, onde psicologicamente são anoréxicas (Pauci fames). Podem trazer sérios riscos a sociedade, como cegueira (Cegaus gorduraenseiais), traumas psicológicos ( Traumaestimoeis mentalicius gordureuanseiais) e também levam a pessoa que avista a baleia disfarçada e os disfarces delas são Mariah ao suicídio (Mortais precoceais baleianus).

Baleias e Meio Ambiente[editar]

Há alguma controvérsia no meio acadêmico a respeito da tese de que as baleias seriam uma das principais fontes de gases estufa. Análises espectrográficas indicam uma importante presença de gás metano na mistura gasosa expelida por sua abertura proctonasal. Esse gás seria formado por processos metabólicos a partir de substâncias comumente ingeridas pelas baleias: talos de Brassica oleracea var. capitata e pratada de Faseolus bufus. Mas alguns cientistas acreditam que a quantidade emitida não seja preocupante.

Além disso, recentemente foi descoberto que uma baleia adulta tem cerca de 6 relações sexuais por dia, ejaculando o equivalente a 1.500 litros de esperma. Só que de todo esse líquido sexual excretado, somente 10% chega ao seu destino, logo, teremos cerca de 1.350 litros de esperma por relação sexual despejados no mar todos os dias (isso para apenas uma baleia). Agora você sabe porque ao sair do mar, sua pele fica grudando, e todo esse tempo você jurava que era sal né?

Famílias[editar]

Hoje em dia existem mais de 30 especies de baleias, incluindo as Estado Unidenses (Nortenais americanenses morbicharus) e as Canadenses (Gordurais Bracolianus). Algumas delas estão em extinção por falta de comida e por procura de sua carne super estimada em países como Japão e Noruega. Seu corpo tem varias finalidades, como utilizar dois assentos em transportes coletivos e cinemas, comer mais que o permitido em restaurantes com vale refeição e etc.