Cevada

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bismarckpre.jpg
Frauleinpre.jpg
Desciclopédia über alles in der Welt!!!

Esta arrtigö é alemön!!! Issö querr dizerr que ele suschtenta ö gerraçön interra com bratwurst e sauerkraut ou é parrte dö conspürraçön gerrmänica parra inwadir ö Frankreich por trrás outrra wez.

Nón faça scheiße, ou te porremos de quatrro nö Berliner Mauer.
Ö autörr voi comerr uma fräulein e já volta...
Bandeira-da-Republica-Checha.jpg
Mulher
ESTE ARTIGO É DA TCHECA!!!


E com certeza não é confiável, como tudo que sangra por cinco dias e não morre! -->

Habita em castelos de contos de fada, puxa o saco de alemães, bebe mais cerveja que eles, odeia os eslováquios, possui uma grande crise de identidade, mas no final resolve tudo com muita putaria e libertinagem!
Cquote1.png Cevada é bom dimais! Cquote2.png

Cevada é um dos 3 alicerces fundamentais da humanidade, se Jesus popularizou o trigo, Satanás foi o responsável pela popularização da cevada. A cevada é um cereal, é tipo um trigo do mal, pena que não exista sucrilhos de cevada, seria um sucesso.

O fato é que você não sobreviveria sem a cevada, você aliás nem nasceria se não fosse a cevada. Você realmente acredita que sua mãe dormiria com seu pai sem a ajuda da cevada malteada e fermentada com lúpulo? Ou que você conseguiria reproduzir a espécie sem essa combinação? Louve a cevada até morrer de cirrose hepática.

Tabela de conteúdo

[editar] Biologia

Quem diria que esses grãozinhos seriam tão importantes!

A cevada é uma espécie sagrada e maligna de grama, é um trigo amarelado e azedo usado em poções e outros componentes tóxicos, venenosos e malignos.

O seu formato é de um capim cheio de pequenas espigas, na natureza parece inofensivo, mas espere para você ver o que uma pessoa é capaz após a décima latinha de cerveja para conhecer o verdadeiro efeito da cevada.

A cevada é um vegetal conhecido por suas propriedades químicas psicotrópicas, alucinógenas, psicodélicas, antidepressivas e energéticas, que podem causar dependência química. Por conter glúten não é recomendável para quem sofre de doença celíaca, para quem não sofre disso, terá que se contentar com uma pequena cirrose mesmo.

[editar] Usos

Bares, botecos, boates, cirrose, tudo isso não existiria sem a cevada.

Cevada faz a cerveja!! Precisa de outros usos? O resto é resto. Sabe-se que os Estados Unidos repudiam o uso da cevada, e substituem em suas cervejas a cevada por milho.

É até possível fumar a cevada, fazer um chá ou triturar e fazer sucrilhos, mas quem se lembra disso enquanto está ficando bêbado por causa da cerveja?

A cevada se consumida pura terá gosto de feno levemente amargo e fará mal a seu estômago a menos que você seja uma vaca.

Sabe-se que alguns pokémons tem habilidades especiais de soltar pó de cevada para paralisar o cérebro de seus oponentes, mais ou menos como a cerveja também faz nos pinguços.

[editar] História

A história da cevada se confunde com a história da humanidade, cereal criado por Satanás a 17.000 anos atrás, durante muito tempo agiu como um essencial meio da humanidade se reproduzir e se propagar.

Os primeiros registros de cultivo da cevada remontam o Jardim do Éden, ou você achou que para o Adão pegar a Eva bastou uma maçã? A bebida feita da cevada teve que fazer parte do esquema para dar aquela coragem.

A partir daí já viu, os humanos plantaram mais cevada por aí que maconha e coca para você ter noção como o povo gosta desse cereal. Na Assíria surgem os primeiros registros do cultivo da cevada, aquele povo que vivia na desgraça precisava desesperadamente do "mel" para afogar as mágoas.

A cevada também era cultivada no Antigo Egito para a confecção de pão e cerveja, tudo que os operários precisavam para continuar construindo pirâmides sem reclamar da vida, até as suas mortes.

Platão pedindo uma cerveja para perder a timidez antes de mais um de seus discursos.

A cevada foi um cereal sagrado da Suméria, uma das primeiras civilizações a largar o nomadismo, e com isso veio a necessidade de cerveja e petiscos nas noites de sexta-feira, e com isso a necessidade da agricultura de cevada e amendoins.

Na África antiga, a cevada não chegou a ser cultivada porque aquele povo estava se preocupando mais com não ser devorado por um leão do que em beber cerveja. Todavia, pais de santo de inúmeras tribos usavam as espigas da cevada na natureza para utilizarem em seus rituais de hipnose e outras coisas do gênero alucinógena.

No oriente antigo, a cevada era popular na Coreia, já que a China e Japão se preocupavam apenas em plantar arroz, os coreanos que tem uma baita crise de identidade com seus irmãos de olhos puxados decidiu variar no que plantavam e produziram uma arma letal, a temível "Cerveja Oriental"!!! Usada como arma no Japão, a cerveja oriental ao lado de um karaokê consegue a incrível façanha de transformar qualquer nipônico cdf em um ser completamente insuportável. O saquê que mais parece um suco de tamarindo, não é produzido da cevada, por isso só consegue deixar é japonês bêbado mesmo.

Cena do quadro A Última Bebedeira, onde a cevada uma das sete espécies abençoa a terra de Israel.

De acordo com Moisés (Deuteronômio 8:8) a cevada é um dos sete pilares sagrados da sociedade no caminho para Terra Prometida (conhecida como Terra do Metal na Sagrada Bíblia do Metal)

A cevada também era conhecida na Grécia Antiga como uma das criações de Baco depois das uvas. Platão trata da cevada em seu diálogo conhecido como O Banquete, onde é a primeira pessoa do mundo a relacionar o conceito da cerveja ao significado do sexo e sua importância na sociabilização dos seres, e assim dar status quo para a cevada, imortalizando o cereal para sempre.

No Tibete deve a sua existência à cevada, a única coisa que resiste ser plantada naquelas altitudes, a culinária tibetana é quase 100% derivada da cevada, lá existe bolo de cevada, pudim de cevada, lasanha de cevada, leite de ovelha com cevada, sopa de cevada, cevada pura mesmo, cevada com cevada, carne de iaque tempehecarada com cevada e queijo de leite de iaque fermentado com cevada, o que explica porque aqueles monges carecas xaolins são tão loucos.

Na Europa Medieval a cevada era utilizada secretamente por druidas para a confecção de poções mágicas (cerveja). A Inquisição Espanhola condenou a cevada que era atribuída ao diabo, se alguém quisesse ficar bêbado tinham que adquirir vinhos italianos, o boicote aos germânicos e sua cevada durou até a formação do Sacro Império Romano-Germânico. Com o iluminismo ficou evidente que para se embebedar e fazer merda tanto faz se era da uva ou da cevada.

Hitler comemorando a conquista da cerveja polonesa. Agora eles tinham um vasto quintal para plantar cevada. Mas isso não durou por muito tempo...

A cevada teve um grande papel nos eventos que se deram na Segunda Guerra Mundial, inicialmente o cereal foi utilizado pelos nazistas como uma potente arma biológica superior ao temível Gás Letal de Alcachofra inventado pelos britânicos. Pó de cevada era jogada por aviões sobre os inimigos que sofrendo de alucinações tornavam-se alvos fáceis para os alemães. Sem contar o uso tradicional da cevada na fabricação da cerveja, o exército e povo alemão ficariam desmoralizados se não pudessem tomar sua cervejinha.

Dizem que os Aliados venceram a guerra graças ao Dia D, mas claro, foi naquela oportunidade única que os americanos entraram na Normandia e destruíram as plantações de cevada do Eixo. Depois disso só ficou faltando mesmo resgatar o Soldado Ryan. A Convenção de Genebra realizada em 1949 condenou o uso militar da cevada, todavia, na atualidade o Irã planeja cultivar largas plantações de cevada para fins pacíficos, mas a ONU ameaça explodir aquele país para roubar seu petróleo caso os iranianos façam isso.

Nos dias atuais, a cevada é conhecida e adorada no mundo inteiro! Graças à cirrose.

[editar] Oração da cevada

Se não fosse a cevada nada o que você conhece existiria. Louve-a!

Cevada amarelada que estais a fermentar,
Aguardando a sexta-feira chegar.
Venha a nós o copo cheio.
Seja feita a nossa farra,
Assim na sexta com no sábado (e feriados).
O álcool nosso de cada dia nos dai hoje,
Perdoai as nossas bebedeiras,
Assim como nos perdoamos
A quem não tenha bebido.
E não nos deixeis beber suquinho
E livrai-nos da água...
Amén...doins

[editar] Cultivo

Bendita cevada...

Atualmente, a área de cultivo da cevada ocupa 5 trilhões de quilômetros cúbicos do Planeta Terra. É tudo uma questão de procura e oferta, por incrível que pareça sempre vai existir alguém querendo se embebedar, fazer coisas idiotas, ter uma noite de farra e orgia e no dia seguinte não lembrar disso e só saber que está com dor de cabeça, ressaca e outras dores desagradáveis... Se existe gente que adora isso, é necessário a cevada, é muitas pessoas gostam de ficar fora de si, então precisamos de muita cevada.

A cevada cresce bem em regiões de clima temperado, em outras palavras, só na Europa, mas é melhor para a Ambev só comprar a cevada mesmo e vender a sua água com açúcar já industrializada.

Lideram o rank de produção de cevada a Rússia, Canadá e Ucrânia. O Brasil só não se destaca na produção de cevada porque usa todo seu espaço para cana-de-açúcar e soja. Os maiores consumidores são o Brasil, Alemanha e República Checa, povos reconhecidos como cachaceiros profissionais.

[editar] Cultura

Muito cuidado com a terrível combinação de cevada, álcool e maconha.

A cevada é um reconhecido agente sociabilizador internacional. É responsável pelo aumento da auto-confiança, desejo, eloquência e até mesmo apelo sexual unilateral.

[editar] Economia

A cevada tem um importantíssimo papel comercial. Gente para comprar esse cereal não falta mesmo. A Rússia, considerado o maior quintal do mundo é líder na produção da cevada, apesar da cerveja não ser a mais popular, não que eles prefiram a cerveja, eles preferem a grana que ganham vendendo isso para os outros países da Europa ou à Ambev.

[editar] Curiosidades

  • O gênio da abiogênese Helmont descobriu que se misturasse roupa suja de mulher com cevada criaria gambás. Ele se esqueceu que na verdade os bichos eram é atraídos por uma coisa dessas.
  • O chapéu da Carmen Miranda tinha uma espiga de cevada.
  • O criador dos Backyardigans muito provavelmente estava sofrendo algum tipo de overdose em relação à cevada.
v d e h
||Vegetais folhosos (Ou não)
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas