Chicago

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Este artigo é sobre a cidade. Se procura o filme, consulte Chicago (filme)

Cquote1.png Você quis dizer: Belo Horizonte dos Estados Unidos Cquote2.png
Google sobre Chicago
Cquote1.png Cadê os cabaréts, as prostitutas, os casinos? Cquote2.png
Turista recém-chegado sobre Chicago
Cquote1.png When you are good to Mama, Mama is good to you! Cquote2.png
Mama sobre habitantes de Chicago
Cquote1.png XI... Cagô! Cquote2.png
Caipira sobre Chicago
Cquote1.png Isso não fica no canadá? Cquote2.png
Francês sobre Chicago
Cquote1.png Onde? Cquote2.png
Americano sobre Canadá


Chicago é a capital de Ohio, Massachussets, Texas, Illinois e do Canadá. Junto de Boston forma o Shit Ring do meio leste americano. Chicago notabilizou-se por ser a cidade de Al Capone e Al Bundy e de Al qualquer outra coisa, além de ter sido a cidade que inventou a violência urbana no mundo, tendo rapidamente sido desbancada pelo Rio de Janeiro, Los Angeles e Bagdá. Antigamente, muitos filmes era feitos na cidade, sempre envolvendo máfica: a máfica Chicaguiana, ou máfica Chi-cagada.

Nome[editar]

O símbolo oficial de Chicago, representa a receptividade de seus habitantes.

O nome Chicago deve-se ao founding father Joaquim dos Santos, apelidado Joaquim Si Cagô, o único founding father americano nascido em Portugal. Aparentemente os americanos não entenderam o apelido do português e ficou Chicago. O apelido pegou num evento curioso durante um Thanksgiving day em que o peru caiu muito mal ao amigo luso.

Segundo informações controversas passadas pela Wikipédia, esta cidade teria ganhado o nome por conta de ser uma das áreas onde houve as maiores cagadas dos Estados Unidos e a residência oficial de gente como Al Capone, Daniel Dantas, Paulo Maluf, Fernandinho Beiramar e outros tipos pouco convenientes, sendo que a mesma ganhou importância pelos porres homéricos patrocinados em plenos tempos de Lei Seca.

Como podemos ver, esta era uma cidade perigosa, como viria a ser Brasilia e Rio de Janeiro em tempos amis recentes (ou não).

Habitantes de Chicago, é comum eles saírem cantando à toa.

Personalidades[editar]

A visão dos nova-iorquinos sobre Chicago.

Não se sabe por enquanto de que personalidade teria nascido em Chicago, sendo que a única nota é um musical da Broadway que fez sucesso não se sabe por qual motivo usando este nome.

O fato é que é um lugar tão perdido no mundo a ponto de fazer fronteira com a morada dos esquimós do Canadá, que controlam o maléfico Servidor da Desciclopédia, que permite que pérolas como essa sejam exibidas (ou não).

Geografia[editar]

Os rios de Chicago, sempre limpos e claros.

Como já foi dito, está perto da fronteira com os esquimós que cuidam do nosso odiado amado Servidor da Desciclopédia. Com isso, o clima é muito doido, às vezes está sol e quando você pisca seus olhos, está nevando mais do que na Noruega. Morre de inveja da sua vizinha e irmã menor Detroit, que apesar de ser menor, é bem mais rica. A máfia Chi-cagada já planejou vários planos de ataques terroristas e execuções a políticos de Detroit, mas nunca foi muito eficaz. Chicago é uma cidade conhecida mundialmente, mas você pode entregar um mapa dos Estados Unidos para a pessoa mais inteligente do mundo que ela não vai saber apontar no mapa aonde essa porra fica.

Detalhe curioso: de um lado da cidade está o lago Michigan, do outro o Rio Chicago, conhecido pela água extremamente barrenta, no outro lado está o rio Calumet, ou seja o local é um verdadeiro balde d'água, ou melhor um vaso sanitário.

O clima da cidade é ameno, as temperaturas variam entre -23°K até Mais de oito mil°F, sendo, portanto, um ótimo local para se viver, acolhendo desde esquimós da patagônia até os árabes da caatinga nordestina.

Esportes[editar]

Chicago é conhecida mundialmente por suas (não tão) grandes equipes esportivas.

Chicago Cubs[editar]

Todo time tem um século ruim, né?

Atual detentor do maior jejum de títulos por qualquer equipe esportiva que já tenha ganho alguma coisa na vida: 101 anos. Ah sim, é um time (ou quase isso) de beisebol. Seus torcedores são conhecidos por uma estranha adoração a cabras.

Meias brancas de Chicago[editar]

O time mais famoso (?) de beisebol da cidade raramente encontra seu vizinho em uma temporada regular (apenas 3 jogos em 160). Recentemente perdeu a corrida com os Cubs para ver qual é o time americano com maior jejum de títulos. A derrota aconteceu em 2005. Seu técnico é conhecido por sua grande gentileza.

Ursinhos de pelúcia de Chicago[editar]

Apesar do nome ridículo, é um time de futebol americano. São conhecidos como ursos, pois sofreram mutações que os deixaram super-peludos, para assustar os adversários. Foi pioneiro na integração racial, sendo o primeiro time da história da NFL a deixar uma geladeira jogar.

Touros chifrudos de Chicago[editar]

Um timinho de várzea de basquete que ainda hoje é conhecido pelo seu próprio fenômeno Michael Jackson Jordan, sendo que ainda hoje o time é reverenciado por este passado, ainda que o mesmo possa ter tido o mesmo destino da companheira do Ronaldo.

Chicago black alguma coisa[editar]

O time de hóquei da cidade, eterno saco de pancadas do Detroit Red Wings. Apesar de ter contratado um boneco vudu amaldiçoado, foram campeões em 2010 com um gol de um pai de santo. Após isso, desmontaram o time inteiro e só deixaram o boneco.

Fogo em Chicago[editar]

É um time de futebol inglês (se existe americano, o outro é inglês) da cidade. Como por lá ninguém gosta de soccer, foda-se esse time, ninguém liga pra ele. Tem esse nome, pois seus torcedores, muito cordiais, botam fogo em toda cidade quando o time perde (ou seja, os departamentos de bombeiros têm que ter um salário astronômico pra aceitar trabalhar por lá, pois o time é um saco de pancadas).

Coisas de Chicago[editar]